Métodos para superar situações difíceis… – 10.04.2017

Métodos para superar situações difíceis… – 10.04.2017

A vida é uma série de montanhas e vales, uma mistura de momentos felizes, acontecimentos normais do dia a dia e situações difíceis. Às vezes você se sente eufórico, e outras vezes, é como se o mundo tivesse acabado. E, embora a tendência natural do ser humano seja procurar a felicidade, realmente são as situações difíceis que nos testam e nos fazem crescer.

A maneira como encaramos estes tempos difíceis é o que realmente define quem somos e que nos faz valorizar profundamente todos os acontecimentos da vida. Quando uma pessoa é capaz de superar estas situações difíceis não só cresce interiormente, mas também aprende a valorizar a felicidade de outra forma, o que lhe dará força interior e sabedoria.

“A vida não é da forma que acreditamos que deva ser, ela é o que é. A maneira como você a enfrenta é que faz toda a diferença”. – Virginia Satir

Mesmo na situação mais desesperada, há esperança. É mais fácil falar do que agir, mas é possível sair do buraco e superar as dificuldades. Não é fácil, mas ninguém disse que seria. Mas, apesar de tudo, muitas pessoas conseguem. Aqui estão algumas dicas que podem ajudá-lo a superar estas situações sufocantes que, em um primeiro momento, você acha que não vai superar.

— Isto também passará

Você já sabe por experiência própria que tudo passa, que nada dura para sempre. Esta situação de dor e angústia que está sentindo também passará. Não importa o quanto esmagadora ou intensa ela seja, também passará. Portanto, não se agarre a sua dor para superá-la. Sinta, deixe fluir, mas sem apego.

Não se sinta culpado por sentir dor ou tentar buscar a responsabilidade, dentro ou fora de você. Buscar culpados não resolverá nada, só aumentará a raiva. Sinta a sua dor, ela é sua, e depois a deixe fluir. Mais cedo ou mais tarde, ela irá, mas só quando você a deixar fluir. Dessa forma, você encontrará a saída.

— Você é forte, tão forte quanto quiser ser

Existe muita força e coragem dentro de você. Se você ainda não percebeu o quanto é forte, é porque não precisou usar essa força trancada dentro do seu interior. Diante de uma situação difícil, você tem a oportunidade de liberar essa força interior.

Você não sente essa força? Isso é porque você sente medo, um medo paralisante que pode fazer você pensar em atrocidades. Mas, tudo o que o seu medo lhe diz é mentira. Você pode superar esta situação, porque tem dentro de você as ferramentas necessárias para fazê-lo. Busque essas ferramentas e coloque-as em prática.

Faça com que a sua vontade se imponha sobre a sua mente, e a razão se imponha sobre o coração. Aceite o fato de que você precisa encontrar essa força, mesmo que doa. Seja corajoso para tomar a decisão de controlar os seus pensamentos.

“A vida é 10% o que acontece com você e 90% como você reage a isso”. – Charles Swindoll

— Não deixe que ninguém dite a sua realidade

A dor e a perda fazem parte da vida; todos nós passamos por momentos dolorosos. Não deixe que os outros interfiram na sua maneira de enfrentar a dor, enfrente a sua própria realidade do seu jeito. Ela é sua e de mais ninguém. Não existe uma maneira correta de lidar com a dor, você não tem que ser politicamente correto. Decida por si mesmo o que deseja fazer. Procure em seu interior o que você precisa fazer para deixar a dor fluir. Descubra onde está a sua força interior e como usá-la em seu benefício. Muitos não entenderão a maneira como você vivencia a sua dor, mas isso não é problema seu. Não deixe que ninguém decida por você como enfrentar as suas situações difíceis.

— Não se concentre no que você não pode controlar

Diante de uma situação difícil, existem muitas coisas que você não pode controlar. Mas nos apegamos a elas, tentamos buscar explicação e encontrar os culpados. E nessa tentativa de controlar tudo, nos apegamos à raiva e à dor. Solte, deixe ir, não se concentre naquilo que é incontrolável. Deixe que fluam as angústias, liberte-se delas, concentre-se na busca de paz interior. Você não pode controlar a situação e nem mesmo as suas emoções. Aceite-as sem apego e não tente dominá-las.

— As situações difíceis têm um significado: procure por ele

Tudo na vida tem um sentido, uma razão, um aprendizado, basta procurar. Acredite que você pode aprender algo de bom com tudo o que acontece com você, mesmo com as situações mais dolorosas. Não tente entender ou manipular a situação. Simplesmente deixe que ela lhe ensine algo que o transformará em uma pessoa mais forte e corajosa.

O escritor Dean R. Koontz disse certa vez que recebemos respostas através das orações, mas é preciso ouvir atenciosamente e acreditar na resposta. Deus não grita, ele sussurra. E o caminho está nos sussurros. É uma ideia igualmente válida, aplique-a em suas crenças.

Visão pessoal…

Proponho uma reflexão sobre esta frase do psicólogo e psiquiatra Maslow, que nos convida a analisar como ficamos “cegos” ao manter a mesma forma de lidar com as situações ou problemas que enfrentamos na vida cotidianamente. Com esta atitude, a impressão que temos é que tudo é muito difícil de ser resolvido ou superado.

“Para quem só sabe usar martelo, todo problema é um prego.” – Abraham Maslow

Tendemos a manter-nos prisioneiros também pela maneira com que, culturalmente, aprendemos sobre este tema, cultivando nossas crenças, medos e inseguranças. Assim, inconscientemente, vamos repetindo os mesmos padrões de funcionamento, vivenciando decepções e frustrações e justificando e responsabilizando tudo que está alheio a nós, ou seja, projetamos no outro tudo aquilo que acreditamos que nos ajudaria a aliviar tais sentimentos. Portanto, se ampliarmos nossa forma de olhar e perceber o mundo à nossa volta, notaremos que existem outras ferramentas e não só o “martelo”. Certamente, manter o bom humor e sorrir é uma boa saída para estes momentos difíceis da vida, pois as adversidades vão ocorrer, independente do nosso desejo ou disposição para resolvê-las. Por isso, sorrir nos ajuda a enfrentar de maneira mas leve tais situações. Até porque liberamos substâncias que alteram nossa bioquímica e promovem sensações de bem-estar e disposição. Isso facilita a interpretação e, consequentemente, a percepção em relação às atitudes a serem tomadas frente à situação problemática do momento. No entanto, existem momentos em que não sabemos como lidar com determinadas situações. Inesperadamente, todos nós, algumas vezes, somos confrontados com problemas, lutas, desafios, dificuldades e situações difíceis. De acordo com nosso estado emocional, podem apresentar-se para nós como verdadeiros “monstros” diante dos quais nos sentimos pequeninos, com medo e inseguros. Estas manifestações emocionais provocam uma inação e não conseguimos encontrar recursos para resolver os problemas. Nestas horas, o melhor é manter a calma e aceitar. “Olhar” para a situação da maneira como ela apresenta-se para, assim, ser capaz de descobrir de quais recursos precisamos, sejam eles internos, como autoconfiança, coragem e determinação, ou externos, como amigos, parentes, ajuda financeira, entre outros. Nossa condição humana caracteriza-nos como seres dependentes um do outro desde nosso nascimento. Conforme ocorre o desenvolvimento, ficamos mais independentes em muitos aspectos, o que é bom. Porém, se pararmos para pensar, não somos absolutamente independentes. Por isso, há momentos em que precisamos recorrer a algum tipo de ajuda. Especialmente quando temos alguma situação difícil com que temos de lidar. Um dos maiores vínculos afetivos que construímos ao longo da vida é o realizado com nossos familiares, e ainda que tenhamos dificuldades neste campo também, muitas vezes é nele mesmo que encontramos alguém que possa ajudar-nos, de alguma maneira, a superar uma situação difícil, pois o amor do outro por nós dá força e nos ajuda a construir autoestima. As fases ruins vão ocorrer em nossas vidas a despeito do nosso desejo ou da nossa vontade, sem fazer nenhuma apologia ao negativismo ou autocomiseração. Mas o que eu quero dizer é que sempre há a possibilidade de superação caso reconheçamos, em nós mesmos, a capacidade de responder positiva e construtivamente frente a estas fases, que nos põe à prova em muitos momentos da vida. Pense que, à medida que vamos superando as adversidades que surgem, sejam elas grandes ou pequenas, ficamos mais autoconfiantes, seguros e capazes. As melhores consequências disto são o amadurecimento e a sabedoria que vamos adquirir. Há momentos em que o pensamento de que será muito difícil suportar algo surge fortemente em nossas mentes, causando-nos uma sensação de impotência diante das dificuldades. Ficamos perdidos e sem saber o que fazer. Acredito que aceitar os fatos como eles são, sem aversão, sem pessimismo e sem passividade, é claro, pode fazer com que o sofrimento seja menor, pois quanto mais a reatividade e a rebeldia ou revolta estiverem presentes, mais intenso será o sofrimento. Buscar e construir recursos internos favorecerão a construção ou manutenção do equilíbrio emocional, um forte aliado nestas situações difíceis. Isso nos deixará mais fortes e confiantes diante de futuros obstáculos. Cultivar bons relacionamentos com amigos, familiares e companheiros constitui outro recurso. Bons vínculos afetivos são reconfortantes e contribuem para a manutenção da nossa saúde mental. Também estas pessoas poderão ter experiências semelhantes à que estamos passando, o que pode trazer “luz” para nossas mentes. Tudo isso ajuda a preservar nosso equilíbrio emocional e psicológico. Porém, se achar que tais dificuldades estão prolongando-se ou que você não encontra caminhos, procure ajuda profissional, prevenindo-se de transtornos e problemas de saúde psíquica, mental e física no futuro.

Quero terminar  com uma frase do psiquiatra e psicoterapeuta Carl Gustav Jung, para refletir:

“Tudo depende de como vemos as coisas e não de como elas são.” – Carl Gustav Jung

Inspiração…

Conversas Difíceis

Argumentar em Situações Difíceis – PDF

O Lado Difícil das Situações Difíceis

52 Maneiras de Vencer Situações Difíceis – Clene Salles

Recomendo…

Fonte – Monicavox

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s