Jennifer Hoffman – Os pais e a energia do masculino divino – 19.06.2017

Jennifer Hoffman – Os pais e a energia do masculino divino – 19.06.2017

jennifer-hoffman

Que semana difícil foi com o sofrimento, a raiva e a tristeza mundial em relação às milhares de vítimas da Torre Grenfell, em Londres, os parentes dos mortos e desaparecidos, e as pessoas que morreram no inferno. E há a luta na Síria, a corrupção e a fraude que estão agora sendo reveladas, e assim as pessoas estão decepcionadas, irritadas e ultrajadas. Tudo isto faz parte do despertar e o final do Karma sobre o qual estive escrevendo por mais de uma década, que é também parte deste ciclo da ascensão.

Você está se sentindo um pouco oprimido? A diversão está apenas começando.

À medida que avançamos com mais velocidade, a necessidade de liberar a bagagem se torna clara. De fato, quanto mais rápido avançarmos, mais perceberemos isto. Ao celebrarmos o Dia dos Pais neste último fim de semana nos Estados Unidos, teremos o Solstício nos próximos dias e uma lua cheia. O Dia dos Pais nos Estados Unidos sempre coincide com o Solstício e o Sol representa o pai na astrologia. Isto pode ter criado muitos problemas em relação à energia do pai para você, especialmente se o seu relacionamento com o seu pai não foi tão maravilhoso. Nossos pais podem não ter sido a pessoa que queríamos que fossem, mas eles tiveram os seus problemas com que lidar. Durante séculos, a energia do pai foi traumatizada e carrega uma enorme impressão de pesar. Podemos liberá-la agora quando perdoamos os nossos pais e liberarmos qualquer bagagem emocional que tenhamos em torno deles. Sinto que conheço o meu pai agora melhor do que nunca, e ele morreu há quase 30 anos. Este é o tema da mensagem desta semana.

O Dia dos Pais foi em 19 de Junho nos Estados Unidos, um dia em que celebramos o nosso relacionamento com os nossos pais. Alguns não têm muito a celebrar, pois os nossos pais podem ter sido ausentes, desconhecidos ou tão emocionalmente distantes que não conseguimos encontrar uma razão para celebrar o nosso relacionamento com eles. Meu pai morreu há quase 30 anos e embora eu tenha passado grande parte de minha vida irritada com ele e imaginando se ele se importava comigo, sob qualquer condição, eu agora entendo muito mais sobre ele e posso realmente ser grata pelos presentes que ele me deu, em vez de me concentrar em como ele ignorou tantas oportunidades para mostrar o quanto ele me amava e se preocupava comigo.

Os pais refletem as nossas lições de poder e de amor, muitas vezes, através de suas limitações em vez de suas habilidades. Meu pai foi, como foram muitos dos homens de sua geração, emocionalmente perturbado. Órfão durante a Segunda Guerra Mundial, aos 4 anos, e adotado por estranhos em um país estranho, aos 7 anos, grande parte de sua vida foi vivida com a questão do que aconteceu a sua família biológica. Ele era quieto, introvertido e emocionalmente desconectado. No entanto, houve algumas vezes, como a primeira vez em que eu fui rejeitada por um menino que eu gostava, ele me confortou e me disse que eu era linda e que um dia iria encontrar alguém que me amasse e me apreciasse, amoroso e solidário.

Eu queria que ele fosse forte e poderoso, para me proteger e me mostrar que ele me amava, para que eu pudesse saber que eu era amada. Mas ele não se amava e nem se sentia digno do amor, com base em suas experiências de vida, assim ele não conseguia dar este tipo de amor para mim.

Meu pai, como muitos homens de sua geração, foi consumido pela dor, raiva, tristeza, impotência, e não tinha ideia de como expressar as suas emoções. Para a sua geração, as emoções eram para as mulheres, e “meninos grandes não choravam”. O que eu sei agora é que ele não poderia me dar o que ele não tinha; ele, simplesmente, não tinha as habilidades ou o conhecimento para estar emocionalmente presente para si mesmo, assim ele não poderia estar lá para mim, também.

Sinto que conheço o meu pai agora melhor do que nunca, e estou em paz com a pessoa que ele era, em vez de estar irritada com a pessoa que ele foi ou não, pois eu aprendi a aceitar o que ele nunca conseguiu ser. Foi necessário muito tempo para eu descobrir isto. Tive muitas expectativas em relação ao meu pai e fiquei muito zangada porque ele não as satisfez. Não conseguia reconhecer a sua dor, porque eu queria que ele diminuísse a minha, que me mostrasse que eu era poderosa e digna de amor. Ele viveu comigo durante os últimos meses de sua vida e isto me deu a oportunidade de ver a intensidade do seu sofrimento emocional, os sentimentos de desmerecimento, a profunda dor por ter sido separado de sua família, a tristeza que ele mantinha dentro dele e como o seu coração estava fechado. Momentos antes de sua morte, ele me disse que me amava, que estava orgulhoso de mim e se desculpou por não ter sido um pai melhor. Foram necessários mais de 30 anos para que ele dissesse isto para mim e isto foi a cura e a prova do amor que eu precisava.

Isto também foi um ponto de escolha para mim: eu conseguir aceitá-lo e seguir em frente, ou ficar com raiva e rejeitar este presente porque era muito pouco e demasiado tarde. Eu escolhi aceitá-lo (não imediatamente, contudo), grata por ele me amar o suficiente para encontrar a coragem de dizê-lo, mesmo que isto ocorresse nos últimos momentos de sua vida. Agora eu sei, com o entendimento que vem com a experiência, com a sabedoria que vem com a idade, e a compaixão por ele ser um pai, que as limitações emocionais de meu pai foram o seu presente para mim. Eu poderia escolher ser como ele, ou eu poderia optar por ser tão emocionalmente aberta quanto possível, e acabar com o legado do sofrimento, da mágoa, raiva, impotência e distância emocional, que foi o legado daquela geração.

Escolhemos nossos pais, mesmo os nossos pais distantes, ausentes ou feridos, de modo que possamos nos curar. A crença de que os pais deveriam ou não ter sido ———————————— (preencha o espaço em branco), coloca o ônus de nossa cura sobre eles e limita a nossa capacidade de aprendermos e nos curarmos de nossa jornada compartilhada.

Se eles foram terrivelmente abusivos ou extremamente amorosos, houve uma razão por tê-los escolhido e quando pudermos ser compassivos e perdoá-los e a nós mesmos, poderemos liberar existências de raiva e de decepção e aceitá-los pelo que eles são: seres humanos fazendo o melhor que eles podem, com o que eles aprenderam e sabem.

Se você teve pais bons ou ruins, seu pai é parte do seu grupo de almas, um aspecto importante de sua jornada de cura e outro reflexo de sua cura.

O Dia dos Pais acontece geralmente na semana do Solstício, que é uma comemoração do dia mais longo da luz do sol e o sol representa o pai na astrologia. É mais uma razão para nos realinharmos com uma perspectiva mais elevada em todos os nossos relacionamentos, mas, especialmente, com aqueles que nos esforçamos para entender, ou entrarmos em acordo, porque sentimos que eles estiveram falhando de muitas maneiras.

Há outro aspecto a considerar quando decidimos se passaremos as nossas vidas com ressentimento dos nossos pais, pelas suas precárias habilidades de paternidade, ou se iremos superar estas emoções e vê-los com bondade compassiva e compreensão, e este é o despertar da energia do Masculino Divino. Comemoramos a ascensão do Feminino Divino, após eons de supressão, o que foi parte do nosso Legado da Atlântida. A energia do Masculino Divino representa o reingresso do masculino ao seu centro cardíaco, do qual esteve desconectado por tanto tempo, enquanto o Feminino Divino foi desconectado do seu poder.

Através de inúmeros séculos de guerra, morte, domínio e controle, a energia masculina teve o seu coração partido, sendo consumida pela tristeza, que é um produto do seu trauma, e é o momento de que ela seja reconectada ao nível do coração e assim os homens poderão ser íntegros e completos novamente, reunidos ao amor incondicional que faz parte do seu projeto divino. Vemos isto na geração mais jovem de hoje, quando pais são cuidadores e provedores para os seus filhos, de uma maneira que a minha geração nunca foi.

Ao perdoarmos os nossos pais, liberamos esta velha energia e podem ser abertos os portais para que um profundo renascimento energético ocorra, para abençoar as futuras gerações com pais que sejam igualmente amorosos, compassivos, solidários e conscientes do seu poder, de maneiras que lhes permitam expressar todo o amor em seus corações para todos em sua vida. E ao assim fazermos, poderemos terminar com o legado do paradigma masculino do sofrimento, que tem sido uma poderosa limitação a nossa reconexão com o nosso próprio centro divino e uns com os outros.

Autor – Jennifer Hoffman

Fonte – http://enlighteninglife.com/

Tradução – Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Owen K. Waters – Que criou o criador – 18.06.2017

Owen K. Waters – Que criou o criador – 18.06.2017

owen-k-waters

O Tao Te Ching é famoso por afirmações mentais sobre a natureza da consciência final – declarações como,

“Tao é tudo e ainda nada”.

Algumas pessoas, em pânico, com uma sensação de confusão esmagadora de tais declarações, se sentem compelidas a tomar medidas definitivas … muito grandes na direção oposta!

Você deve perguntar, no entanto, como é possível que o estado final de consciência seja tudo e ainda nada?

Bem, e se ele começou como essencialmente nada – apenas um senso passivo de consciência – e então decidiu se tornar ativo e criar O Universo? Então, sua essência estaria em tudo no Universo. O que esta afirmação significa é que o Tao – a consciência original do Tudo que É – encontrou uma maneira de criar O Universo.

Melhor ainda, o Tao Te Ching continua a listar as etapas necessárias para tornar possível essa Criação:

“Tao produziu Um; Um produziu Dois; Dois produziram Três; Três produziram tudo. “

Vamos seguir esses passos por sua vez.

Tao produziu um

Tao, como consciência original, é um estado de bem-estar omnipresente. Este foi chamado de Absoluto, Divindade, Brahman, Espírito Universal e muitos outros nomes. Pessoalmente, eu gosto do termo Ser Infinito para descrever o que existia antes que a consciência original formasse o Criador.

Ser Infinito. Completo, imóvel, ser perfeito que, agitado por uma curiosidade, decidiu formar uma versão ativa de si mesmo, para formar o Criador de todas as coisas.

Um produziu dois

O desafio foi COMO. Como é possível criar o universo como o conhecemos quando trabalhamos com apenas uma ferramenta … a consciência?

Agora, se você dividir a consciência em dois tipos distintos, então você tem o início de algo com o qual você pode trabalhar. Esses dois tipos podem ser descritos como pensamento e sentimento, intenção e atração, yang e yin, ou mesmo expansão e contração.

Você poderia chamá-los de aspectos de pai e mãe, mas essa não seria a melhor analogia, pois os seres humanos têm uma mistura de ambos os tipos de consciência. Estamos falando aqui sobre princípios científicos puros e não misturados. Princípios tão diferentes uns dos outros como a eletricidade é do magnetismo. Duas energias distintas, muito diferentes quanto as energias da barra de um ímã, formam o para raios.

Dois produziram três

Agora você tem dois tipos de consciência separadas e complementares, o que você pode fazer com elas como energias? As barras dos ímãs não fazem nada a menos que você aproxime um pedaço de metal condutor perto deles. A eletricidade estática não faz nada a menos que você lhe dê um canal onde ela pode se descarregar e fazer uma grande faísca. Fazer envolve ação. Você precisa do princípio do movimento para fazer as coisas acontecerem.

Agora, note como todas as energias físicas do Universo viajam à velocidade da luz. Quão conveniente que todos viajem a essa velocidade exata. É quase como se eles fossem projetados para fazer isso … e eles foram.

Não é por acaso que O Universo se está expandindo à velocidade da luz. É assim que o princípio do movimento é criado, e é por isso que as energias físicas viajam exatamente naquela velocidade.

O Universo é alimentado através de seu Sol central, com suprimentos constantes de energia expansiva de yang e energia contrativa yin. Os dois se contra-equilíbram e, se fossem fornecidos em quantidades iguais, O Universo ficaria no mesmo tamanho. Seria estático, e as energias nunca se moveriam em qualquer lugar.

Mas eles não estão em equilíbrio, e esse é o truque inteiro. O Universo é alimentado com uma energia ligeiramente mais expansiva de yang do que a energia contrativa Yin para que ela se expanda com a velocidade cuidadosamente controlada que chamamos de velocidade da luz. O princípio do movimento – a terceira parte da Trindade Criativa – foi criado por este ligeiro desequilíbrio nas duas primeiras energias.

Três produziram todas as coisas

Com os três princípios da Trindade Criativa, tudo mais poderia ser adicionado na criação do Universo. Os reinos da existência poderiam ser criados em diferentes densidades. As energias podem ser usadas para trazer significado para essas camadas de existência. As galáxias podem ser projetadas e criadas, os sois, planetas, todas as formas de vida, uma lista continua ad infinitum.

O Ser Infinito se manifesta como variedades infinitas de si mesmo.

Como detectar o Ser Infinito

O Universo consiste nesse senso subjacente de ser expressado em inúmeras maneiras. Todas as coisas na Criação são feitas a partir da consciência e, portanto, são conscientes de alguma forma. Mesmo uma pedra ou uma partícula subatômica tem senso, consciência e sentimento.

Sua própria consciência básica, o senso subjacente de ser, que faz você saber que você existe, é sua própria experiência da consciência do Ser Infinito.

De onde veio o Ser Infinito?

A resposta à pergunta, “Quem veio primeiro – o ovo ou a galinha?” É fácil. A galinha veio primeiro, e foi criada para ser auto-reproduzida.

Uma pergunta menos óbvia é: “O que veio antes do Ser Infinito?”

Para encontrar a resposta, veja a definição de Ser Infinito. É consciência original. É passivo, perfeito, mas plenamente consciente de todas as coisas. É a consciência em todas as coisas.

É o principal elemento. Que não pode ser nada. Não pode ser um vácuo de nada, porque então, não seria algo.

Como o Criador é composto de consciência, assim como tudo na Criação, isso nos diz que o algo original tem que ser a consciência.

Também tem que ser infinita porque, se fosse finito, então, algo mais existiria além disso.

O termo Ser Infinito encapsula ambas as propriedades – o alcance infinito e a sua natureza como consciência.

Enquanto a consciência do Criador é ativa, a consciência original e subjacente do Ser Infinito é passiva. É o tudo.

O Ser Infinito é o último estado de consciência além do qual nada pode existir. Na quietude silenciosa de sua plena consciência, é a perfeição.

Nada precedeu o Ser Infinito. É o original.

Autor – Owen K. Waters

Fonte – http://www.spiritualdynamics.net /

Tradução – Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Selacia – Escolhendo a esperança em tempos de transformação / Usando o que você sabe intuitivamente – 05.07.2017

Selacia – Escolhendo a esperança em tempos de transformação / Usando o que você sabe intuitivamente – 05.07.2017

selacia

As energias planetárias nestes momentos estão nos impulsionando a nos redefinirmos e o que significa sermos agentes poderosos de mudança. O velho mundo a que estávamos acostumados está morrendo e sendo reestruturado. O novo mundo em que queremos viver permanece em construção. O progresso em direção a uma sociedade mais esclarecida foi feito, e muitas outras mudanças positivas estão em andamento.

Com certeza, continuamos a viver em tempos de transformação. A luz aí está, no entanto. Nosso desafio e, de fato, os nossos meios habilidosos de avançar é ser capaz de testemunhar ambos os extremos. Vê-los lado a lado, sem medo e sem agenda, ajuda-nos a prevalecer. Na verdade, para as mudanças que queremos, não podemos nos dar ao luxo de desenvolvermos a amnésia e nos isolarmos em nossos lares e em comunidades de mentes afins.

O QUE É NECESSÁRIO AGORA

É necessário um envolvimento consciente de forma elevada. O que eu quero dizer por elevada? Estou me referindo à participação ativa que leva em conta a grande cena, em vez do mundano. A grande cena inclui os ciclos de evolução da humanidade ao longo do tempo, bem como as nossas próprias vidas de preparação para estarmos aqui nestes momentos.

As abordagens mundanas incluem a obsessão com as notícias e quem está fazendo o que. Estão também incluídas nesta categoria as respostas reacionárias baseadas no medo. A indignação é uma delas. Não há problema algum em sentir indignação e reconhecer para nós mesmos que estamos indignados com as coisas. É contraproducente, entretanto, ficar preso no modo de indignação.

SUPERANDO A INDIGNAÇÃO

O que é necessário é uma resposta construtiva. Como um agente de mudanças divino, você conhece a diferença entre simplesmente expressar a indignação e realizar ações positivas para apoiar coisas com que você está apaixonado. Parece diferente em seu coração quando você toma este caminho mais elevado. Você se sente bem com isto. Concentrar-se e apoiar as coisas em que você acredita, irá energizá-lo. Agir a partir da indignação irá esgotá-lo.

Para cumprir o propósito de sua alma nesta vida, você deve estar completamente comprometido com a vida e aprimorar a sua sabedoria interior, de modo que tenha um vínculo indestrutível com o espírito. Ao fazer isto, a sua orientação interna irá lhe mostrar os próximos passos apropriados. Muitos destes aparecerão como janelas de oportunidades para atuar de acordo com o tempo divino. Pequenos passos podem levar a grandes passos.

DÁDIVAS DE SUA SABEDORIA INTERIOR

Sua sabedoria interior ajudará a direcioná-lo para a luz, para a verdade e a visão correta das situações. Ela o ajudará a evitar o pensamento fantasioso – como a armadilha de acreditar que tudo ficará bem no final, independentemente do que você faça. Isto o ajudará a manter o foco na esperança, uma energia que permite que desenvolvimentos maravilhosos surjam dos níveis quânticos do desconhecido. Sentir esperança é reconhecer os potenciais que, de fato, existem, e alimentar a sua criação com a sua consciência, seu foco e suas ações.

Ao fazer isto, você se torna a esperança do mundo. Você se torna um trabalhador milagroso que deixa sementes de mudanças positivas para as próximas gerações.

Autor – Selácia

Fonte – www.Selacia.com

Tradução – Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Brenda Hoffman – Viciados no medo – 28.07.2017

Brenda Hoffman – Viciados no medo – 28.07.2017

brenda-hoffman

Meus queridos,

Muitos de vocês estão percebendo que a cobertura da mídia ou suas interações pessoais estão produzindo em você raiva e palavras diferentes das suas reações usuais. Tal é assim porque você está abordando vidas passadas ou eventos passados ​​que desencadeiam esta raiva dentro de você.

Vocês tem a opção de reviver e limpar esses eventos de sua história pessoal, ou ignorar seus sentimentos de raiva.

Claro, muitos de seus professores e gurus sugerem fortemente que vocês abordem qualquer peça que os tornem irritados, tristes ou com medo. Que vocês enfrentem o dragão, por assim dizer, em vez de negar que haja um dragão na sala.

Tal é verdade para alguns de vocês, mas não todos. Talvez, vocês não desejem abordar essa questão nesta vida, por várias razões, inclusive por que essas questões produzem muitas emoções de medo, que o impedem de ir além.

Embora seja verdade que muitas energias auto-amortizadas e de auto-estima estão flutuando agora, não há nenhuma exigência para que vocês abordem todas as partes que os incomodam, pois vocês já alcançaram muito nesta vida, e vocês foram projetados para conseguir muito mais através da alegria.

Então, como vocês determinam se um sentimento profundo é aquele que desejam abordar agora ou em algum outro momento durante esta vida terrena? Vocês simplesmente precisam se perguntar, ao limparem os cantos do seu ser, se no caso de encontrarem alguns ácaros, se gostariam de não os ter encontrado nesta vida.

Algo que muitas vezes vocês negam ou esquecem, é que vocês têm o poder de parar, iniciar ou pausar a revisão das peças dentro do seu ser. Vocês não serão menores se decidirem não rever medos específicos. Assim como vocês não serão maiores se fizerem isso.

Vocês têm a liberdade de descobrir qualquer peça dentro de si mesmos. Vocês também têm a liberdade de negar essa descoberta agora, mais tarde ou para sempre.

Muitos de vocês estão evoluindo tão rapidamente que sua compensação continua além do que é necessário.

Talvez, tal pensamento pareça contrário à intuição que se vocês não se libertarem da dor, vocês não projetarão um ser mais completo nesta vida? Sim e não. Porque vocês têm muitas áreas de especialização, e muitas áreas que você já escolheu, e você pode estar desnecessariamente tomando aulas extras de compensação. Pois as peças que alguns de vocês estão investigando têm mais a ver com o medo 3D do que a alegria 5D.

Vocês estão bastante à vontade, alguns podem se dizer, viciados no medo e na raiva. Vocês podem estar perdendo o medo do auto-amor, sentem-se novos e, portanto, desconfortáveis. Então, vocês recriam seus medos para retornarem à zona de conforto.

Vocês iniciaram esta jornada como seres 3D repletos de medos, raiva, falta de amor próprio e tristezas, acumuladas por Éons de suas experiências terrestres.

Consequentemente, vocês limparam grandes pedaços de medo e raiva, muitas vezes, também limpando os cantos, à medida em que progrediam nesta transição – e os Universos lhe forneceram um serviço de limpeza através de energias de auto-Amor.

Mas muitos de vocês voltaram a limpar seus seres, ao invés de se mudarem para a alegria, como era o esperado.

Claro, existem peças profundas em vocês que são contraproducentes para uma vida alegre. Claro, existem seres que te lembram ou são uma repetição das interações que tiveram nas suas vidas passadas. Mas ao vocês limparem além do que é necessário para se mover para a alegria, é o mesmo que vocês negarem tudo o que completaram até agora.

Vocês ficam realmente mais confortáveis com o medo do que com a alegria. Talvez a mídia encoraje profundamente sua atual raiva, ou talvez seja a política, um relacionamento, um colega de trabalho, um membro da comunidade, ou assim por diante. Mas antes de se tornarem totalmente enredados na determinação do por que estão bravos, talvez queiram se perguntar se estão com raiva, pois assim não precisam deixar sua zona de conforto – seu último esforço para permanecer com medo. Como aqueles que se agarram a uma borda da montanha com as unhas, antes de cair no abismo.

Você é de 5D, e você está cercado por Amor e não por energias de medo. Então, você deve se perguntar se sua incursão mais recente no medo é para impedi-lo de ter suas novas lições de Amor, ou porque você precisa limpar uma peça específica antes de se amar.

Na maioria das vezes, a intensidade do seu medo ou raiva é o fator determinante. Se um medo parece assumir a sua vida; se seus pensamentos e comentários estão relacionados a essa peça; se é difícil para você imaginar um cenário de alegria porque você está tão temeroso ou irritado, é provável que você esteja tomando aulas extras de medo.

Mesmo que isso não aconteça e permaneçam envolvidos pelo medo, vocês são totalmente capazes de criar uma nova vida de alegria. É hora de sentir, ver e sentir alegria.

Qualquer coisa que os remova desse lugar, é provavelmente alguma lição adicional de medo.

Continuem a sonhar, tanto de dia como a noite – e não pensem em como se livrar de seu atual e irresistível medo, mas sim em como e o que criar com a alegria.

A alegria é sua nova palavra, tanto em termos de uso como de compreensão. Nada acontecerá se vocês continuarem imersos pelo medo, os quais têm pouco a ver com sua alegria.

A resposta óbvia é, “como poderei sentir alegria se eu estiver com medo ou triste?” Como de fato. Esse é o cerne desta mensagem. Vocês não tem nada a temer, porque vocês são mais capazes e habilidosos do que qualquer medo que possam já ter encontrado.

Pois se vocês se concentrarem no medo, em vez da alegria, saibam que você estarão negando seus poderes – e a si mesmos.

Que assim seja.

Amém.

Autor – Brenda Hoffman

Fonte – http://www.LifeTapestryCreations.com

Tradução – Adriano Pereira / http://blogluzevida.blogspot.com.br/

Brenda Hoffman – Bata seus calcanhares – 29.05.2017

Brenda Hoffman – Bata seus calcanhares – 29.05.2017

Meus queridos,

A dor e o medo continuam – não porque tenha que vivê-los, mas porque você ainda está se adaptando a uma vida sem dor.

Aqueles de vocês em profunda dor física ou emocional imploram para superar. Pois o que você cantou, meditou ou acessou, ainda precisa produzir os resultados que você queria. É assim, talvez, o que era esperado de vocês que são novatos em criar uma vida de alegria.

brenda-hoffman

Talvez, pensar em termos do aprendizado de andar de bicicleta possa ajudá-lo a entender. Não era verdade que você desejava montar uma bicicleta sem rodas de treino quando você observava a alegria que seus irmãos mais velhos ou amigos experimentavam segurando livremente o guidão e voando ao vento? Finalmente, suas rodas de treinamento da bicicleta foram removidas. Ah, a alegria, a liberdade, a diversão – até que você tomou o primeiro dos muitos tombos enquanto aprendia a manobrar em duas rodas em vez de quatro. Neste tempo você estava certo de que nunca dominaria as habilidades de seus irmãos mais velhos – até que você as dominou, esquecendo suas primeiras desajeitadas tentativas.

Você está agora em um lugar semelhante. Quando você reconheceu pela primeira vez a sua necessidade interior de encontrar seu novo você, quando você estava, na essência, montando um triciclo. Você recentemente avançou para uma bicicleta de duas rodas em rodas de treinamento. E se você não tivesse feito assim, você não estaria testando agora sua brilhante bicicleta de dois-rodas.

Claro, você vai tomar alguns tombos. Claro, você vai acreditar que todos os outros podem, mas que você também pode dominar suas novas habilidades. Mas você vai negar essas crenças nas horas ou dias de sua primeira corrida de teste.

Então, é hora de você tirar suas rodas de treinamento. Mesmo que esse pensamento possa parecer esmagador, já é tempo. Você é muito grande dimensionalmente para depender de rodas de treinamento.

Nossa definição das rodas de treinamento é uma expectativa contínua de que alguém ou algo vai resgatar ou pegar você toda vez que você cair. Mais importante do que onde cada um de vocês está em sua fase de desenvolvimento, é que você é demasiado GRANDE e PODEROSO para usar rodas de treinamento. Você está crescendo, e por isso seu conjunto de habilidades deve ser redefinido para atender a esse crescimento.

Portanto, é que você está descobrindo novas habilidades sem entender o que são essas habilidades. Você continua a acreditar que você é um ser humano 3D com algumas ideias novas. Em vez disso, você é um novo humano com um número extremamente grande de habilidades que você simplesmente precisa reivindicar.

Assim como o desejo de montar uma bicicleta de duas rodas como as crianças grandes fazem não cria um cavaleiro de bicicleta de duas rodas, assim também você precisa usar suas novas habilidades para criar um mais hábil você.

Teste suas habilidades diariamente. Que habilidades lhe interessam? O que impede você de brincar como as crianças grandes?

Isso é o que você está agora descobrindo e explorando esperançosamente. Muitos de vocês desejam poder canalizar, ter mãos de cura, viajar no tempo, viajar entre dimensões ou frequências e/ou criar o que quiser, sempre que desejar. Tudo isso é agora com você. Você meramente tem que acreditar que tal é assim.

Muitos de vocês são negativos: “Eu cantei isso, meditei sobre isso, fiz uma aula especial e nada funcionou”. Mas você se comprometeu em aprender essas novas habilidades – sem instrutores; sem o conjunto de habilidades de outros? Na verdade, isso é muito semelhante ao ver outros andando de bicicleta de duas rodas sem montar uma para criar sua própria técnica.

Mesmo que outros tenham aprendido a jogar com seu novo conjunto de habilidades, eles o fizeram com base em seus seres físicos, emocionais e mentais – não nos seus. Então, o que eles ensinam é baseado no que é certo para eles, mas não necessariamente para você.

O que nos leva a aceitar quão GRANDE e PODEROSO você é. Você não exige que os outros lhe ensinem nada. Você simplesmente precisa tocar em seu novo conjunto de habilidades. E você fará isso quando estiver pronto. O pensamento de viajar no tempo “agrada a sua fantasia?” Então configure isso como sua intenção e, quando for a hora certa, isso acontecerá automaticamente. Talvez você tenha outras peças para explorar antes de viajar no tempo ou outras dimensões. Basta saber que tudo o que é de seu interesse faz parte de seu novo repertório.

Muitos de vocês estão frustrados por acreditarem que tem que haver um manual ou uma entidade que irá ensiná-los a fazer o que lhes interessa. O que significa que você acredita que alguém fora de você é mais sábio ou mais hábil do que você. Isso não é verdade.

Você é um computador totalmente carregado e novo, com toda e qualquer habilidade que lhe interesse. E a única maneira de NÃO acessar essas habilidades é depender de outra pessoa – seja da terra ou dos éteres – que saiba mais do que você sobre como ser você ou como acessar suas habilidades.

Você é uma entidade completa. Permita-se acreditar até que você o faça, você vai continuar a esperar por algo que você já tem. Um pouco como Dorothy em O Mágico de OZ procurando um caminho para casa só para descobrir depois de muitas provações e tribulações, que ela só precisava bater em seus próprios calcanhares, que ela era um ser poderoso.

Que assim seja.

Amém.

Autor – Brenda Hoffman

Fonte – http://www.LifeTapestryCreations.com

Tradução – Adriano Pereira / http://blogluzevida.blogspot.com.br/

Owen K. Waters – A inspiração da humanidade – Maio/2017

Owen K. Waters – A inspiração da humanidade – Maio/2017

Mensagem de Owne K. Waters – Maio/2017

owen-k-waters

O universo é projetado para ser reflexivo. Tudo o que você manifestar, voltará a você. Isto é chamado de Lei da Ação e Reação, a Lei do Karma, ou como é simplesmente referido ao usar a frase: “O que vai, volta.”

No entanto, no trabalho espiritual, há uma maneira de aumentar o que vem por aí.

O que vem pode realmente retornar como mais do que você deu, e isto envolve um paradoxo.

Em suas práticas espirituais, você pode gerar um profundo sentimento de paz e de inspiração, podendo trazer para si mesmo uma maravilhosa sensação de elevação espiritual. Por exemplo, em sua meditação, você pode ficar inspirado por uma visão de um mundo futuro cheio de paz e de liberdade para todos.

Você pode ver, no olho de sua mente, um mundo futuro onde todos no planeta estão seguros, e onde você pode viajar para qualquer lugar no planeta com facilidade. Neste futuro, você vê que todos estão conscientes da sua conexão do coração com o coração de cada ser humano no planeta. Neste ambiente de apoio, todos têm completa liberdade para expressar a sua exclusiva criatividade como a sua contribuição para uma sociedade amorosa.

Quando você respira profundamente o ar puro e fresco nesta visão do futuro, você sente a sua conexão com a Mãe Terra e com o Sol, doador da vida, que brilha incessantemente em seu mundo. Então, envie o seu amor e gratidão à Terra e ao Sol, e espere em silenciosa expectativa, enquanto estes seres grandes e conscientes enviam em troca, o seu amor e inspiração para você.

Enquanto estiver neste estado de profunda inspiração, ocorre-lhe que a maior parte da humanidade precisa desesperadamente deste tipo de elevação, que a maior parte das almas neste planeta hoje está passando fome, em uma disposição desnorteadora espiritual e autocriticada. Isto lhe traz a percepção de que você tem a oportunidade de ser útil à humanidade através de um ato de autossacrifício, através de um ato de dar aquilo que você tem, a fim de ajudar outros que, de outra forma, não seriam ajudados.

Enquanto neste estado, o sentimento do amor incondicional que você tem pela humanidade praticamente lhe implora que ajude aqueles que ainda não estão preparados para fazer isto por si mesmos. Se você entregar agora este estado, esta energia, este sentimento de inspiração à consciência de grupo da humanidade, então terá criado um vácuo dentro de si mesmo.

Através da Lei da Ação e Reação, este vácuo deve ser preenchido. Entretanto, um ato de autossacrifício em serviço aos outros tem um efeito colateral. Ele eleva a frequência de sua consciência ainda mais do que antes. Assim, quando o vácuo fica preenchido com inspiração e elevação do universo, é preenchido com uma frequência da consciência ainda mais elevada do que antes.

Por causa disto, você se tornará mais elevado e inspirado do que antes.

Através do ato de sacrificar aquilo que você tinha, você realmente irá ganhar mais do que tinha antes.

Este é o paradoxo do amor em ação.

É também a base do antigo caminho do Karma Yoga – o caminho para Deus através da ação e serviço.

Ao dar a energia espiritual à humanidade, você trilha um caminho de ação espiritual. Este poderoso caminho de dar o que você tem, a fim de inspirar outros, é aquele que o leva a estados continuamente mais elevados de inspiração ao longo do seu próprio caminho espiritual.

Fonte – http://www.spiritualdynamics.net 

Tradução – Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Selacia  – Segredos do amor em seu DNA – 27.07.2017

Selacia  – Segredos do amor em seu DNA – 27.07.2017

Mensagem de Selacia – 27 de Abril de 2017

selacia

O poder do amor para unir as pessoas e criar um vínculo duradouro é sem dúvida uma das forças magnéticas mais surpreendentes que operam nos relacionamentos. Alguma vez você já se perguntou como poderia ter sido atraído para alguém, ou ficou com alguém, quando ele não se encaixava na sua ideia de combinação perfeita? Da mesma forma, você já se perguntou por que está ainda solteiro ou por que a pessoa supostamente perfeita para você partiu sem explicação? Continue a ler para compreender alguns dos “porquês” de tais coisas, aprendendo como as respostas específicas podem ser encontradas em seus registros akashicos no DNA.

POR QUE O AMOR MUITAS VEZES NÃO FAZ SENTIDO

Para os iniciantes, saiba que o amor, muitas vezes, não faz sentido quando o seu ponto de referência são normas convencionais do mundo e da sociedade. O Amor pode parecer ilógico e incontrolável a partir deste ponto de referência. O amor não pode ser negociado, sob qualquer condição. Ele não pode ser colocado em uma caixa ou manipulado.

O Amor é uma energia viva que só se pode apreciar plenamente a partir de um ponto de vista holístico da grande cena. Esta visão mais ampla inclui forças sutis que unem duas pessoas. Estas forças são quânticas, vastas e interligadas em um nível de alma.

HISTÓRIA PESSOAL DA VIDA AMOROSA NO DNA

Você sabia que toda a sua história pessoal da vida amorosa está realmente registrada em seus registros akashicos no DNA? Sim, está lá no campo ao redor do seu DNA, que pode ser lido como um mapa por um curador intuitivo treinado de DNA.

Quando você tem um problema específico de relacionamento, ou simplesmente um bloqueio para encontrar o amor, há geralmente uma razão muito boa. Ao investigar isto nos registros akashicos no DNA, a causa poderia ter começado com uma experiência de vida precoce, ou poderia ir muito além disto.

Com muita frequência, há uma associação de fatores em jogo. Poderia ser uma ferida na infância, complementada por padrões ancestrais que você hospeda em seu DNA. Você pode nunca ter encontrado os antepassados envolvidos, mas as suas experiências com o amor poderiam afetá-lo ainda assim. Da mesma forma, seu atual problema poderia estar enraizado em suas vidas passadas – uma experiência que o amargurou, um voto que você assumiu, ou uma traição que destruiu a sua confiança.

Às vezes, o seu problema atual envolve a mesma pessoa com quem você esteve antes em outra vida. Há inúmeros outros cenários, também.

SEGREDOS PARA A FELICIDADE NO AMOR

As dificuldades no amor raramente começam nesta vida. A maior parte vem das inúmeras experiências da alma nos relacionamentos com outros. Uma pessoa que foi o seu pai em uma vida, poderia ser o seu marido na seguinte. Os papéis, às vezes, mudam para que a alma tenha experiências diferentes, cada vez aprendendo mais sobre como amar.

Algumas vezes, as pessoas fazem um acordo de alma de se unirem novamente em um tempo específico. Nem todos estes envolvem uma parceria romântica. Poderia mais ser uma amizade ou uma parceria nos negócios. De qualquer forma, quando os dois se encontram novamente, há um forte vínculo e, talvez, um reconhecimento instantâneo, em um nível telepático e intuitivo.

Quando as pessoas estão conectadas nestes níveis mais sutis, pode parecer misterioso. Uma ou as duas pessoas, muitas vezes, sentem que há algum vínculo maior operando em segundo plano.

Muitas vezes, quando as pessoas entram em contato comigo para sessões privadas, há algum tipo de vínculo de relacionamento envolvido. É normal querer entender a conexão e as raízes a nível de alma do relacionamento.

Desmistificar estas coisas pode significar ter que percorrer um longo caminho para um relacionamento mais feliz. Exemplo: Antes de se casar ou de entrar em um negócio juntos, um ou ambos os parceiros, muitas vezes, querem um tipo de avaliação antecipada sobre possíveis problemas e harmonia. Muito pode ser visto sobre tais coisas nos registros akashicos do DNA. A prevenção pode fazer toda a diferença na criação de uma parceria feliz e duradoura.

DESAFIOS NOS RELACIONAMENTOS EM 2017

Os relacionamentos de todos os tipos estão tendo desafios únicos durante 2017. Estes são tempos estressantes e incertos. As tensões são ampliadas além da norma, e até mesmo relacionamentos relativamente estáveis podem ficar instáveis.

Lembre-se, porém, de que você e todos que você conhece tem o amor em sua essência. Este amor é a sua verdadeira natureza. É a energia que o estimula a continuar quando você fica desanimado e nada faz sentido. É a força de cura que o une novamente com o seu amado após um mal entendido.

Viva gentilmente com você e com os outros. Permita os erros. Permita a grande cena das interações interpessoais e os laços dos relacionamentos. Convide um conhecimento das peças ocultas do quebra-cabeça que ajudem a explicar os problemas quando eles surgirem.

Tenha em mente que as forças e eventos da vida fora de sua consciência – incluindo de antepassados ou de vidas passadas – poderiam estar afetando o seu presente. Investigue estes para a cura no DNA de problemas que impedem a harmonia.

A cada dia, ao percorrer o seu caminho como um agente de mudanças divino, lembre-se de que você está aqui agora com um propósito. A um nível de alma, você escolheu estar vivo agora neste momento crucial da humanidade. Você não é uma vítima. Você está na causa, vivo para dominar a vida de uma maneira consciente, centrada no coração.

Você está aqui para lembrar o amor que você é e como expressá-lo em todos os tipos de situações. Quando este amor é o seu estímulo, sua razão para fazer e ser, você não pode cometer um erro ou perder o seu caminho.

Fonte – www.Selacia.com

Tradução – Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Selacia – Como você chegou aqui / Principais eventos que levam ao agora – 17.05.2017

Selacia – Como você chegou aqui / Principais eventos que levam ao agora – 17.05.2017

Alguma vez você já se perguntou como você nasceu nestes tempos cruciais e auspiciosos? Igualmente importante: Você já pensou sobre os eventos que colocaram em movimento as circunstâncias de vida fortuitas que teria nesta vida? Continue a ler para entender melhor como você chegou aqui, e os potenciais para esta vida, colocados em movimento há muito tempo.

selacia

HORA DE LEMBRAR

Nosso mundo está em agitação agora, com acontecimentos súbitos e intensos se revelando regularmente. Simultaneamente, a humanidade está em um modo de despertar acelerado. Nós acabamos de passar por outro limiar de energia no Wesak, também, catalisando grandes mudanças na consciência e trazendo à luz novas informações.

Seu Eu Superior tem uma sabedoria sobre estes tempos, e a sua jornada pessoal, de alguma forma, foi predestinada por causa de suas experiências passadas na Terra. É o momento de se sintonizar com esta sabedoria – hora de lembrar os eventos fundamentais que levam ao agora.

Enquanto as coisas ao seu redor se tornam mais intensas, você se beneficiará ao aprender mais sobre o seu papel mais amplo para estar vivo agora. É muito mais do que o seu trabalho ou outros papéis tradicionais.

Uma maneira de começar a entender a grande cena de seu ser aqui, agora, é explorar partes principais da jornada de sua alma. Estas incluem vidas de ponto de ignição que aceleraram o seu despertar.

Muito provavelmente, pelo menos uma destas vidas de ponto de ignição ocorreu na antiga Lemúria, na Atlântida ou no Egito. Nestas civilizações, você pode ter dominado múltiplas habilidades e recebido ensinamentos sagrados envolvendo a natureza da vida e da vida após a morte. Uma lembrança do que você aprendeu está ainda em seu DNA hoje.

Outro tipo de vida passada de ponto de ignição é aquela em que você teve a sorte de estudar com um grande mestre espiritual. Tudo o que você aprendeu, então, se tornou sementes para a sua iluminação ao longo do tempo, e levando a hoje.

TRÊS COISAS PARA TER EM MENTE

Aqui estão três coisas para ter em mente enquanto você contempla como chegou aqui e o que as suas vidas passadas de ponto de ignição significam para você hoje.

PRIMEIRO, saiba que houve uma intrincada orquestração de muitos eventos que levaram ao seu ser na Terra agora. Não pense excessivamente nisto, mas compreenda que estar vivo agora é muito proposital.

SEGUNDO, embora seja importante viver no presente, você se beneficiará ao estudar a História – da Terra, as mudanças sociais e algumas de suas vidas fundamentais que abriram o caminho para o seu ser aqui, hoje.

TERCEIRO, saiba que todas as suas vidas antes – incluindo aquelas de ponto de ignição – levaram a sua atual encarnação. Isto inclui o tempo e o lugar onde você nasceu, e as circunstâncias gerais de sua família e educação.

Considere isto. Você não queria perder esta vida, com os seus potenciais e oportunidades. Você queria estar aqui para si mesmo, mas, também, queria vir ajudar o mundo a despertar. Você, em algum nível, sabia que ao despertar, o seu progresso ajudaria os entes queridos e, na verdade, o mundo inteiro.

Isto realmente é o que acontece. Sua energia mais iluminada se torna uma luz brilhante para os outros. Esta luz sai através do tempo e espaço de uma maneira quântica. Não subestime o poder desta luz de tirar o mundo da escuridão.

Autor – Selácia

Fonte – www.Selacia.com

Tradução – Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Preparação – 17.08.2018

Preparação – 17.08.2018

Por Mashubi – 17 de Agosto de 2018

Muitas das mais novas manifestações de luz estão se preparando agora para ancorar nos planos físicos da Terra e na consciência da humanidade e de todas as almas encarnadas na Terra.

flor branca

Neste momento, existem vários desafios, que não podem ser superados por métodos anteriores que podem ter funcionado em outros momentos.

Primeiro, amado, há uma nova matrix energética multidimensional se formando no planeta Terra, que está afetando cada partícula da matéria encarnada, incluindo as estruturas atômicas e subatômicas de seus próprios corpos sagrados.

Na realidade espiritual maior do Um, todo o tempo é simultâneo. Isto é conhecido pelos grandes sábios e também por alguns praticantes espirituais avançados, e para alguns cientistas, contudo este conhecimento não pode ser acessado totalmente pela mente racional.

Em qualquer lugar que você esteja bloqueado emocionalmente ou energeticamente, irá impedi-lo de ver e experimentar a plena natureza da realidade espiritual que está se revelando em sua vida e na vida do planeta Terra.

Os obstáculos e desafios do tempo presente não podem ser enfrentados a partir de uma abordagem unicamente racional e pragmática. O que é necessário é que você se encontre com todo o seu ser … corpo, mente, coração, em todos os níveis de si mesmo.

Acima de tudo, os desafios precisam ser enfrentados a partir do espaço da Unidade … a compreensão de que todos estão conectados e que você é Um com todos, mesmo quando não consegue perceber essa Unidade.

Enfrentar os desafios a partir da perspectiva da Unidade e da conexão pode percorrer um longo caminho para o avanço das energias da luz que buscam incorporar e se manifestar mais no planeta Terra.

Porque toda a vida é Um, e o tempo e o espaço são Um em todas as dimensões, não há nada no momento presente que não possa ser trazido mais plenamente para a luz, o amor e a verdade.

Quando a única opção parece ser o desespero e a desesperança, o Criador Divino continua a manifestar Tudo Que É, para levar adiante toda a humanidade para uma reunião com o amor e a verdade.

As novas energias da luz só podem se manifestar através dos veículos do amor, da verdade e da entrega à vontade divina. Elas não podem ser forçadas ou desejadas a partir da mente ou do nível de opinião ou crença.

Por esta razão, amado, permita-se ser guiado pelo seu coração. Aprenda física e energeticamente como viver a partir deste espaço de verdade interior. É um processo sagrado e do qual toda a humanidade se beneficiará.

Com todo amor e bênçãos, amém.

Fonte – https://www.worldblessings.net

Tradução – Regina Drumond –  reginamadrumond@yahoo.com.br

Sementes das Estrelas, junte-se a nós. Você é Uma!

Sementes das Estrelas, junte-se a nós. Você é Uma!

Locução: Gabriel RL 

Produção de vídeo: Davi Aguiar / https://www.daviaguiartes.com/ Continuar lendo

Gabriel RL – Assumindo a responsabilidade em sua vida: O que você sente é responsabilidade sua

Gabriel RL – Assumindo a responsabilidade em sua vida: O que você sente é responsabilidade sua

Se estou em sofrimento, qual é a causa do meu sofrer? Quem ou o quê está me incomodando? De quem é a culpa? – Essas são perguntas que fazemos quando sentimos angústias, incômodos, tristezas, dores e suplício de toda sorte. A pessoa que está em sofrimento, logicamente quer ficar livre desse infortúnio.  Constatando que, “sim, estou sofrendo”, ela se põe de vítima.  Se há uma vítima, há um réu! A pessoa tende, então, a procurar o “réu”, ou seja, o ocasionador desse sofrimento ou desconforto, pois acredita que afastando a causa, logicamente o efeito desaparecerá. Continuar lendo

Diane Canfield – A continuação da Mudança Dimensional – Atualização de energias – 05.05.2017

Diane Canfield – A continuação da Mudança Dimensional – Atualização de energias – 05.05.2017

Por Diane Canfield

Amada Tribo da Luz,

A Mudança Dimensional que eu postei no meu último artigo ainda continua. Eu aconselho a leitura, para entender o que ocorreu completamente nesta última semana. Muitos ainda estão experimentando sintomas da ENORME transformação que acabou de acontecer. Continuar lendo

Sete maneiras de manifestar maiores recursos e possibilidades na Grande mudança para a 5ª D – Tornando-se um Canal milagroso – 24.05.2017

Sete maneiras de manifestar maiores recursos e possibilidades na Grande mudança para a 5ª D – Tornando-se um Canal milagroso – 24.04.2017

Por Open – 24 de abril de 2017

Em nossa filosofia dos 5 Portais detalhamos as cinco transições chaves que ocorrem dentro desta Grande Mudança da 5ª D. (Aqui). Continuar lendo

Patricia Cota-Robles – Oportunidades poderosas para maio de 2017 – 01.05.2017

Patricia Cota-Robles – Oportunidades poderosas para maio de 2017 – 01.05.2017

Mensagem de Patricia Cota-Robles – 01 de Maio de 2017

Até agora, neste ano, experimentamos ondas de Luz incrivelmente poderosas que movimentaram a energia, vibração e consciência deste Planeta e de TODA a sua Vida para uma mudança quântica na Espiral da Evolução. Estes influxos de Luz começaram durante os primeiros onze dias de 2017, e se intensificaram exponencialmente durante os Eclipses de Fevereiro, o Equinócio de Março, as celebrações da Páscoa em Abril, o que iniciou um influxo das mais elevadas frequências da Chama da Ressurreição e da Chama da Transfiguração do Amor Divino que a Humanidade já foi capaz de receber a nível celular. Durante os primeiros quatro meses de 2017, a Terra também foi banhada pela Luz de vários alinhamentos planetários muito raros e poderosos. Agora, tudo está pronto para a próxima fase do desdobramento do Plano Divino. Continuar lendo

Simplifique a sua vida – 06.05.2017

Simplifique a sua vida – 06.05.2017

Por Lisa Brown – 06 de maio de 2017

Estas frequências cósmicas, galácticas, de dimensões mais elevadas estão reestruturando tudo em um nível mais avançado agora. Continuamente, cada vez mais substancialmente; estas são as nossas palavras costumeiras, porque os processos de Gaia, da Galáxia/Nossa Ascensão não estão diminuindo e não devem diminuir. Nós estamos destinados a ajustar/sintonizar e sustentar mais luz em nossos próprios corpos físicos …. Mais e mais e mais …. Continuar lendo