Pai João de Aruanda – As Senzalas – 27.09.2016

Pai João de Aruanda – As Senzalas – 27.09.2016

Filho, o véio vem de Aruanda trazer algumas palavras para fortalecer seus corações.

Nas senzalas, em meio ao sofrimento, a dor e a revolta que transbordavam dos corações amargurados dos negros escravizados, humilhados e judiados pelos senhorios, donos da vida e da morte destes, Deus nunca deixou os negros escravos desamparados.

Pai João de AruandaDeus colocou em cada senzala, em cada fazenda, um preto velho ou uma preta velha, para curar as feridas físicas e emocionais daquelas almas necessitadas, para que enfrentassem a dor com fé e resignação, pois a única força que restaria a eles, seria a esperança, e nós fomos encarregados desta missão, de manter a esperança e a calma nos corações despedaçados.

Muitas almas das mais elevadas perante nosso Senhor Jesus Cristo se voluntariaram amorosamente, pedindo para vir à Terra em socorro desses sofredores.

Jesus, em sua sabedoria também conhecia muitas almas imperfeitas que suplicavam por uma oportunidade de purificação, de aprendizado, para poderem resgatar inúmeros e pavorosos débitos do passado, para tentarem se superar, para mostrarem para si mesmos que eram dignos de serem filhos, imperfeitos, mas amorosos filhos de Deus.

Dentre todas as valorosas almas voluntárias, Jesus escolheu aquelas que poderiam ajudar aos necessitados bem como a si mesmo, e também escolheu elevadas almas de Luz para mostrar o caminho da humildade para aqueles que se seguiriam ao longo da missão, pois sabia-se que seriam longos e difíceis anos de sofrimento, até que a liberdade os resgata-se.

E assim, nós os pretos e pretas velhas, vivemos, sofremos, aprendemos e auxiliamos junto com todas as almas escravizadas.

Aprendemos magia, mandingas, encantamentos e simpatias. Aprendemos a nos comunicar com os espíritos, bons e maus. Ajudamos, protegemos e também éramos temidos pelos senhorios, que sabiam que nosso poder provinha também de outro mundo, do mundo dos espíritos, e por isso, muita dor foi evitada, muitas revoltas dos negros foram abafadas internamente pelos próprios negros, pois na maioria das vezes, dentro da senzala, a palavra final eram as sempre sábias orientações dos pretos e pretas velhas.

E hoje, muitos de nós, aqueles missionários nas senzalas, quando nos apresentamos perante os humanos, seja em reuniões espíritas, em canalizações e psicografia, ou em contatos com médiuns, optamos por usar nossa vestimenta de Preto e Preta Velha, não por orgulho, e sim por saber que dos humildes é que vem a força do entendimento e do Amor.

Aruanda é Nosso Lar, é onde almas afins se reúnem para dar continuidade à vida e obra de humildade, sabedoria e Amor que nosso Senhor Jesus Cristo trouxe para a Terra.

Pai João de Aruanda

Canalizado por Adriano Pereira – 27.09.2016

Fonte – Mestres Ascensionados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s