O Caminho de Compostela – Mistérios Históricos e busca Espiritual – 16.06.2015

O Caminho de Compostela – Mistérios Históricos e busca Espiritual – 16.06.2015

– “O Caminhante faz o Caminho – Prólogo

O Peregrino do Caminho de Santiago de Compostela sempre encontra muitas “distrações” durante sua Jornada. A proposta é que sejamos mais do que meros viajantes. Que a partir de uma linguagem cuidadosa neste post, possamos despertar ao Peregrino moderno um novo olhar para os Sinais do Caminho. Os sinais podem se apresentar de várias maneiras, e para que não nos “percamos no labirinto” utilizaremos O Jogo da Oca – jogo labiríntico, utilizado como bússola dos peregrinos do Caminho de Santiago. A Oca pode ser um Cisne, lembrando-­nos o cisne de Júpiter e Leda, assim como na mitologia egípcia de Geb, o herdeiro do trono de Hórus… eram consideradas como mensageiros entre o céu e a terra. Para os celtas, também era um mensageiro do outro mundo… ela é simbolizada através de sua pata, com três traços, como o tridente de Poseidón, o Deus do mar… Em vários locais do Caminho de Santiago de Compostela encontraremos esse sinal nessa rota iniciática, mas é preciso estar Atento aos Sinais do Caminho. Os labirintos sempre exerceram uma estranha fascinação desde a Antiguidade. O Caminho de Santiago de Compostela é um exemplo perfeito de um labirinto, que foi percorrido por milhões de peregrinos e que continua atraindo, ainda hoje, muitas pessoas. Por quê? Talvez porque seja seu sinuoso caminho percorrido uma metáfora da própria vida? Você já caminhou alguma vez por um labirinto? Podemos afirmar que quando se caminha por um labirinto, temos a sensação de que o passado e o futuro desaparecem, e se sente intensamente o presente. Continuar lendo