Saul – Relaxem, permitam que a vida flua – 04.05.2017

Saul – Relaxem, permitam que a vida flua – 04.05.2017

O Amor não desiste das pessoas! Como todos sabem Só o Amor existe, mesmo que não aceitem reconhecê-lo, de modo que desistir d’Ele é fingir que não estão vivos, é fechar os olhos e adormecer, se recusando, assim, de reconhecerem a Realidade. E isso é o que a humanidade tem feito por eras e eras, carregando-se com autojulgamentos extremamente negativos, enquanto envolvida em seus jogos, enquanto, imersa na ilusão de que construiu para experimentar a separação.

A experiência da separação foi para, apenas, ser momentânea e, na verdade, foi, quando o estado de irrealidade foi encerrado num instante depois de ter sido imaginado existir. Mas a humanidade, vocês, foram cativados e fascinados, livres para brincarem com a ilusão e causarem caos e confusão no que estavam, totalmente, em desacordo com a Realidade: Totalmente diferente de tudo o que já haviam encontrado, estranho, emocionante e desafiador.

E, então, se perderam no sonho que criaram, incapazes de encontrar o caminho para casa. Algo como entrar num um palco de Halloween ou numa sala de cinema e se encontrar numa quase completa escuridão, envoltos em teias de aranha, com coisas estranhas voando e roçando em seus rostos e puxado seus cabelos. No início foi divertido, entretanto assustador! E, então, aquilo pareceu se tornar cada vez mais real, enquanto, vocês aterrorizados, entraram em pânico e começaram a atacar tudo ao seus alcances.

E é desse triste e infeliz sonho que vocês estão acordando. E, enquanto fazem isso, os resquícios do sonho, ou mais realisticamente do pesadelo, fluem através de suas consciências com sons e imagens estranhas e inquietantes. Não se debrucem sobre eles, são apenas distrações egoístas e indesejadas, distrações de seus processos de despertar, então basta deixá-los ir.

E poderiam pensar neles como suas questões centrais – Dor e sofrimento do passado profundamente enterrados em suas psiques, não reconhecido ou negado por serem são tão dolorosos – que estão emergindo em suas consciências para que possa libertar. Não só tais sentimentos, como a si próprios e das energias negativas com as quais se alimentam.

Todo mundo está lidando com esse material antigo e enterrado, como parte do processo de despertar. Mantendo suas raivas, amarguras, ódio e ressentimentos que representam, mantém vocês no pesadelo tentando resolvê-los. Apenas reconheça-os, perdoando aqueles que acreditam serem os causadores ou vocês mesmos e deixem-nos ir. São sentimentos que só ficarão com vocês, se continuarem debruçados sobre eles – segurando-os enquanto pensam neles, atribuindo culpa àqueles que acreditam serem responsáveis por suas dores – para logo em seguida que surgirem, serem liberados ou dissipados.

Deixá-los ir, irá lhes trazer uma enorme sensação de alívio, algo como quando um carro de polícia, vindo com todas as luzes e sirenes ligadas, aparecendo atrás de vocês numa estrada… E que, então, passa rapidamente por vocês, em sua ação, indo atender uma outra ocorrência. Ao contrario desta breve sensação, uma sensação de alívio que será duradoura, será sentida, porque, não estarão mais carregando o fardo, o peso daquela antiga bagagem. Bagagem da qual nunca precisaram, mas que escolheram carregar.

São todos filhos amados de Deus no processo de despertar do pesadelo de separação e irrealidade que se apresenta, de forma bastante diferente e independente a cada um de vocês, porque estão tentando provar que estão separados e sozinhos.

Se o que cada um estiver experimentando for diferente do que todo mundo está experimentando o que, certamente, parece ser o caso – obviamente, sua experiência é muito mais intensa e dolorosa do que a qualquer outra pessoa – então, não resta dúvida em suas mentes que são seres separados. E, seres separados têm de se levantar e cuidarem de si mesmos – cuidado nº 1 – coisa que ninguém mais irá ou poderá fazer, mesmo seus parceiros mais queridos.

Estão sozinhos e, a morte prova isso sem sombra de dúvida, porque no final todos morrem, não há retorno dela. E ninguém voltou para contar sobre isso. Não é uma maravilha que, coletivamente, tenham escolhido despertar?

A boa notícia é que dispõem de recursos ilimitados para ajudá-los em seu processo de despertar – ajuda em grande escala – porque, assim como todos nós nos reinos espirituais que estamos cuidando de vocês a todo o momento e atendendo a seus pedidos de ajuda e orientações, todos aqueles com quem você se encontram e interagem de alguma maneira em suas vidas diárias, naquele momento, estão em seus caminhos, irão ajudá-los, se estiverem abertos ao Amor que os rodeia constantemente.

Em termos humanos pode não parecer ajuda no momento em que ela ocorrer. No entanto, quando refletirem honestamente, depois verão que havia uma lição a ser aprendida para levá-los ainda mais ao longo de suas caminhadas de volta para casa. 

A todo o momento, estarão sendo ajudados, se optarem estarem abertos a esse propósito. Todavia, frequentemente, se distraem com noções preconcebidas de como a ajuda deveria aparecer e deixam de ver que ela está lá, justamente, porque estão tentando controlar suas vidas, em vez de aceitarem o que estiver surgindo. A vida sempre flui em seu próprio ritmo e vocês só precisam aceitá-la, em vez de tentarem mudá-la.

“Ir com o fluxo”, é uma abordagem muito sábia e iluminada para as pessoas tomarem e, quando fazem e aceitam o que surgir, acham o fluxo muito menos turbulento do que quando tentavam direcioná-lo, porque então há menos conflito e é o conflito que causa turbulência.

Deus está com vocês em todos os lugares, a todo o momento e Ele, a Fonte, Mãe/Pai/Deus, só deseja que estejam na alegria. Quando entregam suas vontades a d’Ele – na verdade, suas vontades estão alinhadas com Deus, porque todos vocês são UM com Ele – e aceitam o que surgir, irão lidar muito mais fácil e, efetivamente, com quaisquer questões e problemas que surgirem em suas vidas humanas diárias.

Sempre estão onde deveriam estar, porque projetaram o caminho a ser seguido com a assistência divina, antes de encarnarem como humanos. Estar, aparentemente, fora de seus caminhos ou divergirem deles, são apenas os resultados das tentativas de direcionarem suas vida na direção em que, egoisticamente, pensam que ela deveria estar se dirigindo.

E, quando param de tentar dirigir e controlar o fluxo de suas vidas e, em vez disso, apenas permitem, verão que ficará muito mais fácil de lidar com os problemas que surgirem para vocês, uma vez que terão muito mais energia, energia que, anteriormente, teriam usado para mudar o imutável e, no processo, esgotando-se, física e emocionalmente.

A tentativa de controlar o fluxo da vida, mesmo achando que sejam “suas vidas”, nunca irá funcionar porque permanecem quase que completamente inconscientes da multiplicidade de influências agindo sobre elas. Só existe uma vida! Ela é Deus, a Fonte, Mãe/Pai/Deus, do qual, cada única entidade consciente é uma parte inseparável e essencial.

Relaxem, deixem a vida a fluir – não parem e nem mudem de direção – e apreciem o que for aparecendo.  Escolham apreciá-la ou encontrar  problemas nela.  É tudo uma questão de escolha e, todos vocês têm experimentado uma vasta diferença de sentimentos pessoais e respostas emocionais que aconteceram, quando escolheram entre encontrar falhas com o que surgiu ou aceitaram apreciarem os momentos que vierem pela frente.

Não podem controlar o fluxo de vida, no entanto, podem controlar suas escolhas e respostas a ela! E essas escolhas afetam diretamente como se sentirão no momento. São seres muito poderosos, filhos divinos, então usem seus poderes para trazer paz e alegria. E, quando fazem afetam, diretamente, todos com quem interagem neste momento.

Também, às vezes, estão cientes de como seus estados de ânimo afetam os outros em suas vizinhanças. Portanto, escolha a alegria e se verão envolvidos muito positivamente com aqueles as suas voltas!

Com muito Amor, 

Saul.

Canal: John Smallman 

Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s