Vossos Irmãos e Irmãs Galácticos – 25.04.2017

Vossos Irmãos e Irmãs Galácticos – 25.04.2017

Queridos amigos da Terra,

É um real prazer estar com vocês nesses momentos de alegria – momentos finais – vocês todos sabem.

Assim a Terra recebe grandes quantidades de radiação, em ondas sucessivas, provenientes de várias fontes. A Via Láctea, tal como vocês a conhecem, se alarga neste momento, ela se expande. Mostrando assim aos seus cientistas que eles ainda estão longe de conhecer os segredos e engrenagens, no entanto bem presentes depois de numerosas eras.

A Terra, correndo o risco de desagradar vocês, não é o que sempre acreditaram. Não é o centro do universo, como muitos ainda acreditam. É um pequeno planeta entre bilhões, a ter sido semeado pelos mestres geneticistas para portar a vida sob muitas formas; dando todas as liberdades às suas criaturas, elas mesmas em expansão.

A vida nunca é limitada ou contida nos Mundos Livres. Ela explora, ela cavalga, ela  borbulha, turbilhona, às vezes se dá ares de Apocalipse a fim de quebrar as cadeias que foram colocadas sobre ela já por muito tempo.

Queridos filhos da Terra, essa que vos protegeu e nutriu, desde vossa chegada neste mundo, não pode mais manter os seus compromissos. Ela sofreu demais com seu próprio distanciamento da Fonte. Ela deve, como vocês, quebrar essa casca, esta chapa de chumbo que a confinava, porque seu coração – em expansão, à imagem do resto do universo – aspira a recuperar o seu lugar de origem na Fonte. Vocês não conhecerão jamais todas as leis que regem este Universo local, é impossível, uma vez que elas também são parte de um todo maior, movendo-se em aparente desordem aos vossos olhos por vezes atordoados com a grandeza de alguns fenômenos observados por vossos cientistas.

Vocês por pouco não destruíram tudo e instauraram o caos nesta ordem se nós não tivéssemos intervindo. Vocês exploraram forças que os ultrapassam. Vocês violaram as leis universais de proteção da Vida!

Silêncio…

Nós não vos deixaremos atuar como inconscientes e irresponsáveis por mais tempo. Vocês atingiram o ponto de não retorno. O limite da tolerância está chegando ao fim. Você compreenderam, não é?

No fundo do vosso coração, este Amor que também quer se expandir, vos empurra e vos transporta para estados ainda não explorados. Vocês vivem o retorno à Fonte Universal, para muitos, a vossa Ressurreição. Nós não poderíamos arruinar todos os esforços despendidos por vários séculos por causa de um punhado de excêntricos, encrenqueiros e desrespeitosos. Não, jamais! A Terra é muito preciosa na Vida que Ela carrega: vossa Vida. Vocês estão assim longe da verdade, queridos seres em expansão.

Vocês são os e as que transpassaram os véus de confinamento. Vocês tiraram a cabeça da lama fedorenta que vos retinha. Agora vocês lutam para não recair…

Silêncio…

Mas estamos aqui para lhes oferecer a ponte, a sustentação necessária à sua Ressurreição. A Terra está liberada já há algum tempo. Vocês estão realizando-a em vossos seres, por sua vez, não podendo mais tolerar a falta de respeito pela Vida que vocês São.  Assim, cada um se encaminha, em seu próprio ritmo, para o regresso ao UM.

O despertar massivo das consciências está efetivado. Vocês se dirigem massivamente em direção à saída, para voltar a seus lugares de origem. Assim, suas famílias se apressam para vos acolher em grande número para o banquete final! Isso vai ocorrer muito em breve, porque as forças de compressão não nos deixam outra escolha, se quisermos preservar a Vida. Mas não lhes queiram mal, eles são simplesmente objetos de uma manipulação ainda mais insidiosa. Vocês, como eles, foram parasitados por essas forças predatórias.

Agora chega a hora de fecharem a porta atrás de vocês e dizerem adeus a este mundo que está morrendo e que sufoca. Ele vos oferece um despertar massivo de consciências. Hoje chega o momento de entrega e vocês estão todos juntos nesta aventura. Nada mais pode vir mudar os planos, é impossível!

Então, queridos filhos da Terra, alegrem-se! Sejam vibrantes de Amor por seus irmãos e irmãs ainda adormecidos, por todos aqueles e aquelas que ainda não estão prontos para dar o passo. Porque vocês entendem, não é, que não há tanto tempo assim vocês estavam na mesma situação que eles? Vocês devem alegrar-se com o seu progresso e não usá-lo para escravizar, por sua vez, os mais fracos ou os mais pobres. Porque vos é solicitado um esforço final, vejam vocês, o de colocar o Amor em todos os lugares e já não reproduzir os comportamentos confinantes, aqueles que vos fizeram sofrer tanto. É assim que a humanidade passa, nesses momentos, o exame final…

Silêncio…

Serão vocês aqueles capazes de perdoar, ou aqueles que reproduzem o comportamento de seu carrasco? Um desafio, não é?

Porque vocês terão compreendido que não há nada deixado ao acaso nesse Plano final. Cada alma, ou ser, é pesado em sua consciência. Onde está o Amor em vocês e em que nível?

Assim serão colocadas em curso as profecias. Já começou, o processo está em pleno andamento. Vocês veem isso em todos os lugares, os sinais são mais que evidentes. Eles vêm sacudir sua consciência e também seu corpo para viver a vossa Verdade. Cada um se coloca em sua verdade ao sair desta experiência  de afastamento da Fonte.

Mas acreditamos na vossa capacidade de ação coletiva centrada no coração, a fim de conduzir a maior quantidade nas alturas do Espírito. Vossa força reside na coletividade, no poder da quantidade. Vocês vencerão assim os últimos odores do confinamento, desejosos de vos fazer cair no lado escuro da força – para usar uma expressão popular.

Queridos Filhos da Terra, queridos irmãos e irmãs na Unidade, não deixem que nada venha perturbar a paz do seu coração. Vocês estão bem equipados para cumprir o fim da missão. Nós contamos com a vossa Benevolência e vosso Amor para provar um último confronto com as forças adversas que querem mantê-los em suas redes, vocês sabem. “Perdoai-os, porque não sabem o que fazem”, tais foram as palavras do maior mestre que andou neste planeta. Compete a vocês agora efetivar o seu perdão, queridos corações. Vocês são dignos, nós sabemos.

Assim, as tribulações se fazem sentir mais e mais. Não olhem demais para o caos, ele está aí para uma última chance de sacudir e sensibilizar as consciências. Então, se vocês têm consciência disso, permaneçam em vosso Coração, na Sua Paz, para a Glória do UM.

Nós vos deixamos provisoriamente em aparência, mas permanecemos unidos em Nosso Coração Unificado.

Vossos irmãos e irmãs galácticos do fim dos tempos. Até breve, no coração do UM.

***

Tradução do Francês: Nice Henz Luz

Fonte: http://www.etresenevolution.com/2017/04/25/__trashed-3/

Fonte – Últimas Leituras para os Filhos da Luz

Anúncios

3 respostas em “Vossos Irmãos e Irmãs Galácticos – 25.04.2017

  1. Pingback: Vos CONFRÈRES ET CONSŒURS GALACTIQUES | ÊTRES EN ÉVOLUTION

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s