Pergunte aos Mestres – 62 – Abril / 2017

Pergunte aos Mestres – 62 – Abril / 2017

Congregação de Paz e Transformação

Purificação e Transmutação

Paz, Luz e Amor.

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site: http://www.pazetransformacao.com.br/. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.

PORQUE DÓI O FINAL DE UM RELACIONAMENTO?

Pergunta:

Queridos Mestres, já faz um bom tempo que venho sofrendo, o gatilho maior foi um relacionamento que durou alguns meses e que me trouxe muita dor, e não estou aguentando mais, pois não consigo enxergar o que esse sofrimento quer me dizer, gostaria de saber se tenho alguma conexão energética com essa pessoa, e peço a vocês Mestres, para me ajudar a enxergar o porquê desse sofrimento e como transmutá-lo. Gratidão.

Resposta:

Filha. Tudo que faz parte da matéria física está suscetível a ter sensações da matéria. E por isso você está sofrendo. Pois iniciou um relacionamento baseado na alegria da matéria, nas restrições que são apenas manifestações da matéria. O apego a algo da matéria e o seu consequente processo de desapego gera dor. Pois assim é como as coisas da matéria funcionam. O sentimento puro por alguém, conectado ao coração do qual não se espera nada em troca e não se cria expectativas na mente material, não é acompanhado de sofrimento e de dor, mesmo que em uma perda, pois não foi um sentimento criado a partir da ilusão da matéria. Assim como tu estás sentindo essa dor, está despendendo forças a algo que não contribui para a sua própria evolução. Está inserida na sua própria realidade de ilusão, a mesma que criou para iniciar o relacionamento que durou pouco. Comemore filha, por tal relacionamento ter durado pouco, pois o sentimento e a união foram criados apenas como manifestações dos seus medos. Perceba nessa fase quais são os seus medos. Esqueça o relacionamento e o abençoe com gratidão por ter lhe mostrado isso. Mostrado que você não é a ilusão do apego da matéria que criou. O desapego da ilusão material é doloroso sim, mas perceba que é uma dor criada por você mesma para você mesma, como alguém que cria o próprio sofrimento. Você percebe filha, que é alguém que cria o próprio sofrimento, sem a ajuda de mais ninguém? Ao perceber isso, irá se libertar. E não repetirá as mesmas lições. Fique em paz filha. Salve!

Pai José de Aruanda e Mestra Pórtia

DIFICULDADE EM DISCERNIR MENTE/EGO/CORAÇÃO

Pergunta:

Amados Mestres, gratidão pelo apoio nessa jornada. Estou num processo de autoaceitação plena e de autoamor incondicional que tem sido muito empoderador e revelador, sobre quem eu sou e minhas sombras. Mas cheguei num dilema: como equilibrar esse acolher pleno do meu ser com a minha evolução, com as mudanças que preciso realizar para ser um instrumento divino na Terra, para o bem maior? Tenho buscado mais silêncio e conexão com meu coração e com meus instintos, mas ainda sinto dificuldades de discernir mente/ego/coração. Tenho evitado me julgar e me criticar quando não sigo os padrões de comportamento considerados ideais, tenho evitado me sentir culpada por não ser como eu achava que devia ser, e desejo me livrar dessas ilusões. No fundo acho que estou seguindo meu coração, mas será que estou muito indulgente comigo mesma? Tenho me entregado demais aos meus desejos mundanos? Que labirinto sutil e delicado é a evolução! Gratidão a todos os trabalhadores da luz que nos permitem esses esclarecimentos inestimáveis.

Resposta:

Minha filha, saudações! Alegra-nos sua pergunta, pois mostra sinceridade daquele que deseja ancorar o equilíbrio em sua vida. Isso que sente é um processo comum quando iniciamos nossa abertura à presença Eu Sou. É quando o antigo começa a ser transmutado para implementação do novo. Mas gostaria que soubesse que na vida tudo sempre está bem. E não dizemos isso só para vos aliviar, mas sim essa é a verdade da vida. Dizemos que está, porque o que vivência é um processo onde começa a se desprender do antigo e ancorar o novo. É natural esse conflito interior em sua vida. Não há nada de errado. O que precisa fazer é deixar de se encaixar em padrões. Não há padrões, filha. Mas existem sentimentos humanos que começam a ser limpos e que não devem ser bloqueados para que se encaixe nesse ou naquele padrão. Os sentimentos humanos estão aí para serem vividos e sentidos. As emoções humanas conduzem-nos ao nosso próprio interior, assim como você faz nesse momento. Não se preocupe tanto. Solte e deixa que o processo de purificação flua com leveza. Apenas continue com essa intenção de purificação e transmutação das restrições que no mais tudo virá naturalmente. O que te peço é para que deixe que o processo se desenvolva naturalmente. Esteja em paz.

Sou Serapis Bey

Querida filha. A simplicidade na estrada da evolução é a plena realidade. Vocês compreendem de forma equivocada o processo evolutivo e ascensional, criando métodos, desafios e batalhas interiores. Mas a verdade minha filha, é que o processo é simples. Apenas o silenciar da mente e o entregar-se às experiências trará a sua purificação. A entrega às experiências da encarnação com a mente silenciada a permitir ouvir o coração, trará a possibilidade de tomar para si todo o aprendizado que está contido nessas experiências. E por isso poderá seguir em frente leve e liberta de qualquer cobrança. A experiência material e o viver na matéria de forma verdadeira e presente, é o seu objetivo, minha filha. Faz parte do jogo. E por isso, a liberdade é apenas de não cobrar de si mesma um resultado imediato. Pois você se propôs a estar aqui a viver a experiência e não a fugir dela. Por isso minha filha, o verdadeiro aprendizado, é apenas viver de forma leve e conectada ao coração, que fará com que entenda tudo o que ocorre contigo, que compreenda o motivo de tais experiências se apresentarem a você e despertarem tais sentimentos. Esse é o viver a vida de forma íntegra e verdadeira. A vida minha querida, é apenas uma experiência, e por isso, não subestime a capacidade de evolução que ela oferece. Atente-se a cada minuto e observe apenas com o coração. A mente querida filha, é apenas algo que desvia você da conexão com o seu interior, e é um obstáculo que virá a superar com a experiência. Pelo amor à vida e ao planeta. 

Sou Kuthumi

PORQUE NÃO ME PERMITO SER FELIZ?

Pergunta:

Bom dia, amados Mestres. Nessa semana decidi aproveitar a energia do fim da quaresma para mergulhar em dores profundas. Acho que vocês sabem que me refiro à sensação de rejeição que é uma constante na minha vida. Entendo que seja minha própria rejeição. Minha não aceitação. Tenho tentado constantemente trabalhar esse aspecto, mas sem sucesso, ou talvez tenha, mas por ser algo tão profundo ela ainda exista. Não aguento mais sentir isso, levantar com esse vazio, esperar por algo que não chega. Sentir

essa solidão. Essa sensação de abandono. Esses sentimentos tão ambíguos. Como trabalhar isso? Como resinificar? O que eu preciso entender? Como eu posso me acolher? O que de tão duro carrego em meus registros que não me permito ser feliz? Que culpa é essa? Por que não posso reivindicar meu direito de abundância no amor, na prosperidade em tudo? Quanto mais adentro, mais sem saída me vejo. Quero me perdoar por qualquer mal que tenha causado, consciente e inconscientemente. Quero verdadeiramente me acolher e aceitar aquilo que sou. Quero me responsabilizar pelas minhas escolhas. E assumir minha missão. Sem medo. Gratidão, Amados!

Resposta:

Filha querida. Estás presa a pensamentos ilusórios de que tens culpa por se sentires assim, o que não é verdade. A verdade, minha querida, é que tu és um ser de luz resplandecente a viver uma experiência breve nesse planeta, que não passará de alguns segundos terrenos quando comparados ao que se entende como tempo no lugar de onde veio. Veio aqui minha amada, a viver a experiência. Sentir profundamente as dores que mais afligem a humanidade, e mostrar o caminho para transcendê-las. Não é fácil quando se está inserido na experiência, minha filha. Mas tu observaste o sofrimento e decidiu entrar e fazer parte dessa história de superação e libertação a qual a humanidade na Terra está passando. Você está aqui, minha filha, para lembrar a todos de que o sofrimento, a sensação de abandono, é apenas uma ilusão. Vocês têm esse sentimento devido a sua lembrança inconsciente da desconexão com o divino. Mas essa desconexão não é propriamente sua, minha querida, e sim da humanidade como um todo. Essa conexão está sendo retomada aos poucos, pois tu sabes bem que muitos milhares de habitantes do planeta ainda não compreendem o que é o espírito. Todos estão inseridos nessa experiência material pensando ser a realidade, mas tu sabes que não é. Tu sabes qual é a verdade do espírito. E o ancoramento dessa verdade em teu coração é que curará esse sentimento de dor e de abandono. Pois tu sabes que é parte do todo. Que não há nada que seja único. Que não há o eu personalidade. Que o eu personalidade é ilusório e criado apenas para que vivas uma experiência. Uma experiência onde mostrará o caminho da Unidade para todos. Mostrará que não há Um. Que há todos. E essa é a grande batalha da sua vida, minha filha, em prol de trazer essa verdade. Está tudo esclarecido a ti, minha filha. Apenas deixa-se envolver no sofrimento e no sentimento que assola a humanidade, justamente por estar inserida na experiência e fazer parte disso. Mas que não é a sua verdade é nem o seu fardo, minha querida. Desconecte-se desse pensamento apenas lembrando o que és e o que representa aqui nesse planeta. Traga para o seu interior a sua verdadeira identidade que é o todo, e lembre-se repetidamente disso minha querida, pois é justamente o desligamento dessa lembrança que traz essa sensação de vazio. Ative a chama da conexão com o planeta em seu coração. Irradie amor, derrame luz e caridade em todos, isso preencherá o seu coração, pois é a sua verdade. Fique em paz minha amada.

Mestra Pórtia

O PORQUÊ DO MEDO?

Pergunta:

Olá Mestres, eu gostaria de saber por que tenho tantos medos e desassossego e em minha vida. Obrigada.

Resposta:

O Medo é fruto da mente que se afasta da verdade do coração. Ao carregarmos uma vida com apego, aceitando as obrigações que nos são impostas, sustentamos o medo. Esse medo gera o desassossego de uma mente inquieta, que não se silencia. O medo vem de nossa teimosia, em não confiar na vida eterna. O Desassossego vem do medo que não nos deixa se silenciar. Confie na vida, aceite-a. Não permita que te imponham compromissos. Liberte-se para que a vida seja vivida segundo a vontade de Deus. E tudo estará mais simples. Esteja em paz.

Sou Hilarion

COMO É POSSÍVEL VIVER APENAS PARA SE DOAR?

Pergunta:

Amado Chico. Nesse dia que completa mais de cem anos da sua passagem pela Terra. Ensina-me, meu amado mestre, como é possível viver apenas para se doar. Como é possível encontrar motivação para viver a rotina de trabalhar e ganhar dinheiro, e não largar tudo para fazer apenas o trabalho de caridade? Como você conseguiu amado irmão, trabalhar e ainda assim doar-se na caridade?

Resposta:

Minha irmã querida. Todos nós estamos aqui a observá-los, você e o Thiago, no trabalho de amor que oferecem às pessoas. E observamos o quando dói em seus corações em terem que fechar o formulário com apenas 30 minutos de permanência aberto. Sabendo que tantas pessoas poderiam ser ajudadas se vocês conseguissem atender um número maior com mais tempo. Mas minha filha veja essa fase como apenas um treino. Vocês ainda estão finalizando algumas liberações que são necessárias para que tenham maturidade de seguir em frente rumando níveis mais altos da Congregação. Vocês ainda são aprendizes, e serão até o fim. Assim como eu fui, um aprendiz que encontrava no trabalho da caridade o meu próprio ar a respirar, pois a vida na matéria já era dura demais para olhar a ela, sem o amor da caridade. A caridade, estando presente nas vidas de vocês, traz a leveza e a entrega. Fará com que vocês vão se desprendendo cada vez mais do medo que os leva a ter uma vida dupla. Assim como eu também vivi minha filha, por grande parte da minha vida, a ter uma vida dupla. Onde trabalhava de dia, e me doava na caridade à noite. Entreguei-me de coração à caridade, e já não tinha mais vida pessoal, mas encontrei minha verdade ali. Aquilo era a minha vida pessoal. Estive por grande período da vida, trabalhando como vocês, mas desprendido dos problemas e das preocupações, o que tornava a rotina mais leve. Pois quando estamos inseridos no trabalho de amor e caridade, já não vemos mais problemas nas coisas pequenas. Sabemos as causas das dores e, portanto, não nos envolvemos nas consequências do sofrimento. Nos ambientes onde estão inseridos, meus filhos, vocês ainda têm um papel a desempenhar, que é mostrar o caminho do amor. Mostrar essa visão em relação à vida e a como levar a rotina diária. Mostrando como é deixar de lado aquilo que não leva à evolução do espírito, e ater-se apenas ao que importa ao coração. Esse aprendizado ainda faz parte da escola de vocês filhos, e por isso vocês ainda permanecem na experiência. No futuro vocês olharão para trás e irão compreender o quanto esse período foi importante para o crescimento de vocês e para torná-los o que vocês serão em breve. Mas para isso, atenham-se no momento presente. Observem as experiências assim como elas se apresentam, e aprendam a olhar com os olhos de fora da matéria para tudo o que é colocado diante de vocês. Trazendo a compreensão de como é a vida e da grandiosidade do universo. Com esse olhar, vocês podem trazer uma nova maneira de viver para vocês e mostrarem a todos como é a Nova Era. Fiquem em paz meus filhos queridos.

Sou Mestre Gregório 

COMO ME COMUNICAR COM MEU MESTRE DE ALMA?

Pergunta:

Bom dia a todos. Eu tenho uma amiga que estuda muito a espiritualidade, e ela me disse que cada pessoa tem um Mestre de Alma. Se isso é mesmo verdade, eu gostaria muito de receber uma mensagem do meu. Desde já agradeço.

Resposta:

Filha. O seu verdadeiro mestre somente poderá ser encontrado por você mesma, pois ele está contido no seu coração. Ele faz parte da sua essência. O seu verdadeiro mestre é a sua consciência que toma caminhos leves enquanto sua mente a leva por caminhos pedregosos. A sua vida amada filha, é a busca por unir-se a esse mestre que é você mesma, que é a sua divina presença Eu Sou. Haverá muitos outros mestres no caminho, alguns encarnados, outros seres de luz não encarnados no planeta, os quais você poderá receber ensinamentos através de vários meios, por leituras, estudo, conversas. Mas nenhum deles filha, substituirá o seu verdadeiro mestre interior, e estão aqui apenas para orientá-la nessa busca individual. Pois somente com o seu mestre interior obterá as respostas, o guia certo para a caminhada da vida e da sabedoria plena. Somente através da conexão com a divina presença Eu Sou que você perceberá o mundo e as experiências como uma escola, poderá se sentir um com o todo e fará nascer em seu coração o amor incondicional. Cada um trilha a estrada em direção a essa conexão que é marcada, pelo soltar de diversas crenças e ilusões que a matéria os afirma o tempo todo. A liberação da ilusão da matéria é a porta de entrada a essa conexão. A liberação no seu interior apenas. E a partir dali, perceberá como todos os seres que passaram pela sua vida, desde um Mestre Ascenso, um santo ou um guru, como até uma planta, um objeto e um animal, serão mestres que os guiaram nessa busca. Há um mestre sim minha filha, aquele que é necessário para que aprenda a lição do momento presente, e esse mestre em seguida dá lugar a outro, que pode se manifestar como o seu pior inimigo, ou mesmo alguém que amas. Todos são mestres, todos estão presentes em sua caminhada para lhe mostrar o caminho da sua conexão com o Eu Sou. Fique em paz filha querida.

Sou Kuthumi 

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Abril de 2017.

Colaboração: Ilza Barreto.

Fonte: www.pazetransformacao.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s