Gigantes e bombas MOAB no Afeganistão – 15.04.2017

Gigantes e bombas MOAB no Afeganistão – 15.04.2017

(…) Nessa passagem (bíblica), os descendentes de Moab destruíram os gigantes na terra que os Moabitas queriam se estabelecer. Agora, o Pentágono usa uma bomba chamada MOAB, supostamente para destruir gigantes escondidos no sistema de cavernas do Afeganistão, se Quayle e outras fontes estão corretas. Isso não parece ser uma mera coincidência. (…)

Tradução de Contato Estelar:

Estaria o Pentágono usando bombas MOAB contra Gigantes no Afeganistão?

Is Pentagon using MOAB bombs against Giants hidden in Afghanistan?

Written by Dr Michael Salla on April 15, 2017. Posted in Exoarcheology, Exotheology, Featured

http://exopolitics.org/pentagon-moab-bomb-giants-afghanistan/

Em 12 de abril, a Força Aérea dos EUA lançou a maior bomba convencional do arsenal do Pentágono para eliminar terroristas do Estado islâmico, de acordo com relatórios oficiais do próprio Pentágono. No entanto, testemunhos de informantes sugerem outra razão para o uso da bomba MOAB. O objetivo não revelado é eliminar, capturar ou destruir gigantes escondidos no antigo sistema de cavernas do Afeganistão que possuem segredos tecnológicos que remontam às origens da civilização humana.

A “Massive Ordnance Air Blast Bomb” (MOAB), também chamada de “Mãe de Todas as Bombas” contém 9800 kg, aproximadamente, (21.600 libras) de explosivos e tem um raio de explosão de 1600 metros (uma milha de raio de comprimento). O “The Intercept” informou que a MOAB não foi usada pela administração Bush em 2003 devido a temores de danos colaterais.

O presidente Donald Trump parece estar cumprindo sua promessa de “bomb the shit” o EI – Exercito Islâmico (ISIS, no texto original). Mas é isso mesmo? Os terroristas do EI (ISIS) são o alvo real ou apenas uma fachada para um inimigo não revelado? Uma ameaça da qual Trump pode não ter sido informado a respeito, mas um outro objetivo do “Governo Profundo” (“Deep State”) é que está realmente por trás do ataque do Pentágono.

(Assista o vídeo direto no YouTube:)

https://www.youtube.com/watch?v=aWejiXvd-P8

Um número de informantes/denunciantes (whistleblowers) apresentaram histórias de gigantes escondidos no Afeganistão e em outros locais, onde eles estão atualmente despertando das “câmaras de estase” em que estiveram dormindo durante milhares de anos.

O informante/denunciante do programa espacial secreto, Corey Goode, foi um dos primeiros a divulgar publicamente a existência de “câmaras de estase” que mantêm gigantes perfeitamente preservados (em animação suspensa) a milênios.

Em uma entrevista de 4 de agosto de 2015, Goode informou que acessou os “blocos de vidro inteligentes”, como Corey os chama, (smart-glass pads, algo como Ipads, mas muito mais avançados em conteúdo e design) durante seu serviço (no Programa Espacial Secreto – PES) informações a respeito desses gigantes adormecidos e as tecnologia destas “câmaras de estase” que os preservam Goode disse (Gaia TV – Temporada 01 – Episódio 06):

Quando eu estava no programa, o Programa de Espacial Secreto, eu tinha tempo para navegar nestes blocos de vidro inteligentes (smart-glass pads) e havia muita informação. Inclusive informações sobre a existência de seres que se encontravam debaixo da superfície da Terra, debaixo … normalmente debaixo de montanhas, montanhas usadas como cemitérios … locais indígenas de enterros, que não estavam mortos, mas não estavam completamente vivos. Eles os chamavam de “seres em estase”. E descobriu-se que usavam uma tecnologia que já estava nestes locais desde muito tempo antes deles, de um grupo que eles chamavam de “raça dos antigos construtores”… Então, não era colocar os seres em “estase” da maneira que muitos de nós pensaríamos, como estar congelado. Mas apenas mudava a forma como eles experimentavam o tempo … eles provavelmente dormiriam por talvez 20 minutos, mas 30.000 anos ou algo assim se passaria…

Goode descreveu o tamanho dos seres encontrados nas câmaras de estase:

E eles viram (nas câmaras de estase) esses seres muito altos, ou seres humanos gigantes com barbas ruivas … Esses grupos altos, ruivos, de barba ruiva, estavam na Europa e na América do Sul e Norte. E ao que parece, ao mesmo tempo, antes da última Idade do Gelo aparentemente, eles governaram uma área muito grande.

De acordo com Stephen Quayle, que escreveu vários livros sobre gigantes, forças militares de elite norte-americanas foram posicionadas em todo o mundo, incluindo o Afeganistão, para localizar os gigantes. Ele cita pessoal militar de elite que falou com ele sobre batalhas com os gigantes.

Durante uma das entrevistas de rádio de Quayle no (programa de radio) “Coast to Coast AM”, um de seus informantes militares ligou e contou ao público (ao vivo, no “Ar”) sobre um incidente no Afeganistão envolvendo um encontro mortal entre um gigante de 12 pés (3,7 metros, aproximadamente) e Forças Especiais dos EUA. O informante alegou que o gigante matou nove membros de uma equipe de elite enviada para capturá-lo, e foi necessário a chegada de uma segunda equipe para matar o gigante.

Ouvi histórias semelhantes de outro agente de Forças Especiais estacionado na McDill Air Force Base, que serviu no Afeganistão e tem conhecimento da guerra secreta para capturar ou matar gigantes. Estou (Dr. Salla) encorajando este agente a apresentar seu testemunho por meio de umterceira pessoa.

Quayle usa fontes bíblicas para apoiar sua análise de gigantes e o que eles significam para a humanidade na era atual. Basicamente, ele os vê como os “Nephilim” bíblicos, que são a prole de “Anjos Caídos” (“Fallen Angels”) que se procriaram com a Humanidade (da Terra) como mencionado no Livro do Gênesis:

4 Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama. Gênesis 6:4 (https://www.bibliaonline.com.br/acf/gn/6/4)

Existem várias passagens bíblicas que se referem a gigantes (Nephilim) e as guerras travadas contra eles pelos antigos Israelitas.

31 Porém, os homens que com ele subiram disseram: Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nós. 32 E infamaram a terra que tinham espiado, dizendo aos filhos de Israel: A terra, pela qual passamos a espiá-la, é terra que consome os seus moradores; e todo o povo que vimos nela são homens de grande estatura. 33 Também vimos ali gigantes, filhos de Anaque, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos, e assim também éramos aos seus olhos. Números 13:31-33 (https://www.bibliaonline.com.br/acf/nm/13/31-33)

Os Nephilim / gigantes, de acordo com Quayle, foram previstos ressurgir durante os tempos finais, e restaurados ao poder pela corrupta elite global que mantêm conexões de sangue com os Anjos Caídos.

Em um artigo anterior, descrevi como os “Anjos Caídos” descritos na Bíblia eram na verdade refugiados extraterrestres que estabeleceram uma colônia na Antártica há aproximadamente 60.000 anos. Os extraterrestres, originalmente de Marte, estabeleceram a sua colônia na Antártida apoiando-se na tecnologia da “raça dos antigos construtores”, que tem milhões de anos de idade de acordo com Corey Goode.

Os Anjos Caídos / refugiados extraterrestres (“Pre-Adamitas” de acordo com Goode) estabeleceram colônias em todo o mundo, incluindo o Oriente Médio. Eles usaram a engenharia genética para criar descendência híbrida, os Nephilim / gigantes, que foram colocados em posições de autoridade para governar como (representantes, procuradores) “proxies” para estes refugiados extraterrestres na Antártida.

A fonte suprema de poder dos gigantes Nephilim eram as avançadas tecnologias extraterrestres possuídas por seus progenitores, os Anjos Caídos / Marcianos / Pré-Adamitas.

Em uma estranha ironia, talvez intencional, a Bíblia se refere a uma tribo descendente de Moab – filho de Lot, que lutou contra gigantes chamada de Emim. O Livro de Deuteronômio diz:

(10 Os emins dantes habitaram nela; um povo grande e numeroso, e alto como os gigantes. 11 Também estes foram considerados gigantes como os anaquins; e os moabitas os chamavam emins.

12 Outrora os horeus também habitaram em Seir; porém os filhos de Esaú os lançaram fora, e os destruíram de diante de si, e habitaram no seu lugar, assim como Israel fez à terra da sua herança, que o Senhor lhes tinha dado) (Deuteronômio 2:10-12)

Nessa passagem, os descendentes de Moab destruíram os gigantes na terra que os Moabitas queriam se estabelecer. Agora, o Pentágono usa uma bomba chamada MOAB, supostamente para destruir gigantes escondidos no sistema de cavernas do Afeganistão, se Quayle e outras fontes estão corretas. Isso não parece ser uma mera coincidência.

Isis, Deusa da Riqueza, Casamento e Sabedoria, com suas asas estendidas

Além disso, o nome ISIS refere-se a uma antiga deusa egípcia amplamente adorada em todo o antigo Oriente Médio como uma entidade benevolente. Não seria um demais vê-la entre os Anjos Caídos / Refugiados Extraterrestres ou Nephilim / gigantes que influenciaram os assuntos humanos através de tecnologias avançadas que os fizeram parecer como deuses para a humanidade na época.

Em um artigo de abril de 2016, escrevi longamente que as motivações dos gigantes são muito mais complexas do que os relatos bíblicos sugerem. Alguns dos gigantes, de acordo com várias fontes citadas no artigo, eram benevolentes e nem todos eram tiranos sedentos de sangue pretendendo subjugar a humanidade.

Isis pode ter sido uma gigante benevolente ou refugiada extraterrestre que tinha acesso a tecnologias avançadas e queria ajudar a Humanidade evoluir positivamente. Isso sugere uma agenda oculta por trás do uso do acrônimo ISIS para descrever o grupo fundamentalista islâmico por trás de terrorismo global.

(E isto já foi também, no caso, não sugerido mas afirmado por Cobra em uma entrevista anterior)

Estamos atualmente repetindo a história onde os seres humanos estão atacando gigantes para controlar território e conhecimento antigo (tecnologias)? Este parece ser este o caso no Afeganistão com o uso recente da MOAB contra os supostos terroristas ISIS (do exercito islâmico).

(Muitos não usam mais o termo ISIS para se referir a EI, mas foi o termo usado neste texto original e com o objetivo de fazer uma ligação com a deusa Isis)

Se a minha análise está correta, então o que estamos testemunhando no Oriente Médio em termos da guerra contra terroristas os do ISIS, é uma fachada para uma guerra secreta contra gigantes, alguns dos quais são seguidores da antiga deusa ISIS.

O ataque de 6 de abril do Pentágono contra a Síria também podem ser parte desta guerra secreta travada contra os gigantes. Na fronteira entre a Síria e o Líbano está o Monte Hermon, que foi descrito como a principal base de operações dos Anjos Caídos / refugiados extraterrestres.

(Tradução livre:) E aconteceu que, quando os filhos dos homens se multiplicaram, naqueles dias nasceram para eles belas e belas filhas. E os Anjos, os filhos do Céu, as viram e as desejaram. E disseram uns aos outros: “Vinde, escolhemos para nós esposas, dos filhos dos homens, e geramos para nós mesmos, filhos.” … E eles eram, em tudo, duzentos e desceram sobre Ardis, que é o cume do Monte Hermon. E chamaram a montanha de Hermom, porque nela juravam e amarravam-se uns aos outros com maldições. (Fonte)

Mt Hermon é onde os Nephilim tinham seu centro de poder para o Oriente Médio, e onde presumivelmente grande parte de suas tecnologias avançadas estavam ocultas.

Consequentemente, o impulso renovado para que os EUA entrem na guerra civil Síria não é devido a preocupações humanitárias, como afirmou o Presidente Trump. Em vez disso, o verdadeiro objetivo é que as forças militares dos EUA entrem na Síria e localizem as antigas bases usadas pelos Anjos Caídos / gigantes, e obtenham controle sobre as tecnologias extraterrestres que estão escondidas lá.

Claramente, o aumento de atividade militar dos EUA no Afeganistão e Síria é uma questão de grande preocupação global devido à perda de vidas inocentes. O que acrescenta a tal preocupação é a evidência de que gigantes, alguns dos quais podem ser benevolentes, estão sendo secretamente alvo de captura ou destruição.

As informações que os gigantes têm sobre as antigas civilizações humanas, tecnologias avançadas e vida extraterrestre merecem ser divulgadas publicamente o mais rápido possível e não retidas para promover o interesse das forças armadas dos EUA e das elites globais que buscam monopolizar as informações para seus próprias agendas ocultas.

© Michael E. Salla, Ph.D. Aviso de direitos autorais

Artigo diretamente relacionado publicado em 8 agosto de 2015: Aqui ou Aqui.

Esta tradução de Contato Estelar pode ser publicada, republicada em blogs, sites, etc.

Tradução e postagem de Contato Estelar.

Fonte – Contato Estelar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s