10 Fatos importantes sobre a vitamina K que você precisa saber – 17.04.2017

10 Fatos importantes sobre a vitamina K que você precisa saber – 17.04.2017

A vitamina K é uma vitamina lipossolúvel que é mais conhecida pelo papel importante que desempenha na coagulação do sangue. No entanto, a vitamina K também é absolutamente essencial para a construção de ossos fortes, prevenção de doenças cardíacas e uma parte crucial de outros processos corporais. De fato, a vitamina K é por vezes chamada de “a vitamina esquecida”, porque os seus principais benefícios são muitas vezes ignorados.

Evidências recentes sugerem que a vitamina K é um adjunto da vitamina D, e se você é deficiente em uma delas, nenhuma das duas irá funcionar de forma ideal em seu corpo. Como você pode já saber, a vitamina D é um dos jogadores principais da sua saúde geral.

De acordo com um dos maiores pesquisadores do mundo em vitamina K, o Dr. Cees Vermeer, assim como ocorre com a vitamina D, quase todos são deficientes em vitamina K. A maioria de vocês obtém vitamina K o suficiente de sua dieta para manter uma coagulação adequada do sangue, mas não o suficiente para protegê-lo de uma variedade de outros problemas de saúde.

Neste post, vou discutir 10 razões significativas pelas quais é tão importante se certificar de que você está consumindo uma quantidade suficiente de vitamina K. A tabela a seguir resume os potenciais problemas de saúde que podem ser associados a uma deficiência de vitamina K.

Calcificação arterial, doença cardiovascular e varizes Problemas de saúde cerebral, incluindo demência (cujos aspectos estão sob estudo)
Osteoporose Cáries
Câncer de próstata, câncer de pulmão, câncer de fígado e leucemia Doenças infecciosas como a pneumonia

1. Três tipos de vitamina K – Qual é a melhor?

Os três tipos de vitamina K são os seguintes:

1. A vitamina K1, ou filoquinona, é encontrada naturalmente em plantas, especialmente vegetais verdes; a K1 vai diretamente ao seu fígado e ajuda a manter a coagulação do sangue saudável;

2. A vitamina K2, também chamada menaquinona, é produzida pelas bactérias que alinham seu trato gastrointestinal; a K2 vai direto para as paredes dos vasos sanguíneos, ossos e tecidos excluindo o fígado;

2. A vitamina K3, ou menadiona, é uma forma sintética que eu não recomendo; é importante notar que ocorreu toxicidade em crianças que tomaram a vitamina sintética K3 injetável.

A vitamina K que eu recomendo para a suplementação é a vitamina K2, que é natural e não tóxica, em até 500 vezes a IDR. A vitamina K2, que é produzida em seu corpo e também produzida por alimentos fermentados, é uma forma superior de vitamina K. Aumentar o seu K2 ao consumir mais alimentos fermentados é a maneira mais desejável de se aumentar seus níveis.

O alimento mais rico em K2 natural é o natto, que é uma forma de soja fermentada consumida na Ásia.

2. A vitamina K2 protege seu coração

A vitamina K2 ajuda a prevenir o endurecimento das artérias, o que é um fator para doença arterial coronariana e para a insuficiência cardíaca. A pesquisa sugere que a vitamina K2 pode ajudar manter o cálcio fora das paredes de suas artérias e de outros tecidos do corpo, onde ele pode causar o dano.

Os últimos estudos mostram que é a vitamina K2, em vez da K1, em conjunto com a vitamina D, que previne a calcificação em suas artérias coronárias, prevenindo doenças cardiovasculares.

3. A vitamina K2 ajuda a prevenir a osteoporose

A melhor maneira de se obter ossos saudáveis é com uma dieta rica em alimentos frescos, integrais, naturais, que maximizam os minerais naturais para que seu corpo tenha as matérias-primas que precisa para fazer o que foi projetado para fazer. A vitamina K2 é uma das mais importantes intervenções nutricionais para melhorar a sua densidade óssea.

Ela serve como uma “cola” biológica que ajuda a integrar o cálcio e outros minerais importantes na sua matriz óssea. Houve alguns estudos notáveis sobre os efeitos protetores da vitamina K2 contra a osteoporose:

. Vários experimentos japoneses mostraram que a vitamina K2 reverte completamente a perda óssea e, em alguns casos, aumenta a massa óssea em pessoas com osteoporose.

. A evidência combinada de sete testes japoneses mostra que a suplementação com vitamina K2 produz uma redução de 60 por cento nas fraturas vertebrais e uma redução de 80 por cento nas fraturas do quadril e outras fraturas não vertebrais.

. Pesquisadores nos Países Baixos demonstraram que a vitamina K2 é três vezes mais eficaz que a vitamina K1 na elevação da osteocalcina, que controla a construção dos ossos.

Sua força óssea depende de mais do que apenas cálcio. Seus ossos são realmente compostos de mais de uma dúzia de minerais. Se você se concentrar apenas no cálcio, você provavelmente vai enfraquecer seus ossos e aumentar o risco de osteoporose, como Dr. Robert Thompson explica em seu livro The Calcium Lie (A Mentira do Cálcio).

É mais provável que seu corpo possa usar o cálcio corretamente se este cálcio for derivado de plantas. Boas fontes incluem o leite puro de vacas criadas em pastos (que comem plantas ricas em cálcio), vegetais verdes folhosos, a polpa de frutas cítricas, alfarrobas e suco de clorofila, para citar algumas.

4. A vitamina K ajuda a prevenir o câncer

Vários estudos têm demonstrado que as vitaminas K1 e K2 são eficazes contra o câncer. Considere o seguinte:

. Um estudo publicado em setembro de 2003 no International Journal of Oncology, descobriu que o tratamento com vitamina K2 em pacientes com câncer de pulmão retardou o crescimento de células cancerosas, e estudos anteriores demonstraram benefícios no tratamento da leucemia. Em um estudo de agosto de 2003 publicado na Alternative Medicine Review envolvendo 30 pacientes com um tipo de câncer de fígado chamado carcinoma hepatocelular, que tomaram vitamina K1 oral, concluiu-se que a doença foi estabilizada em seis pacientes; sete pacientes tiveram uma resposta parcial; e sete outros tiveram melhorada sua função hepática. Em 15 pacientes, a protrombina anormal foi normalizada.

. Em 2008, um grupo de pesquisa alemão descobriu que a vitamina K2 oferece proteção substancial contra o câncer de próstata, um dos tipos mais comuns de câncer entre os homens nos Estados Unidos. De acordo com o Dr. Vermeer, os homens que tomam as quantidades mais elevadas de K2 tiveram aproximadamente 50 por cento menos câncer de próstata.

A vitamina K também se demonstrou benéfica na luta contra o linfoma não Hodgkin, câncer no cólon, estômago, nasofaringe e na boca.

5. Benefícios adicionais da vitamina K para a saúde

Como foi escrito na revista Life Extension de março de 2004, pesquisadores descobriram muitos outros efeitos benéficos da vitamina K, incluindo:

. A deficiência de vitamina K2 pode ser um fator para a doença de Alzheimer, e a suplementação de vitamina K2 pode ajudar na sua prevenção;

. A vitamina K2 melhora a sensibilidade à insulina; as pessoas que recebem mais vitamina K2 de seus alimentos são cerca de 20 por cento menos propensas a desenvolver diabetes tipo 2;

. A vitamina K tópica pode ajudar a reduzir hematomas;

. A vitamina K pode ter propriedades antioxidantes.

6. A vitamina K é uma vitamina lipossolúvel

Isto é importante porque a gordura presente na dieta é necessária para a absorção desta vitamina. Portanto, para que seu corpo absorva a vitamina K efetivamente, você precisa comer alguma gordura junto com ela.

7. Fontes alimentares da vitamina K2

Alimentos fermentados, como o natto, tipicamente têm a maior concentração de vitamina K encontrada na dieta humana e podem fornecer vários miligramas de vitamina K2 diariamente. Este nível excede em muito a quantidade encontrada em vegetais verde-escuros. Infelizmente, a maioria das pessoas não come muitos alimentos fermentados.

Adicionar alimentos tradicionalmente fermentados à sua dieta é uma obrigação, e embora não sejam amplamente conhecidos, os benefícios para a saúde destes alimentos são enormes. Os valores precisos de vitamina K2 para os alimentos são difíceis de encontrar.

Outros alimentos ricos em K2 incluem produtos lácteos puros, como queijos duros e macios, manteiga crua, kefir e chucrute. Perceba que o teor de K2 dos produtos lácteos pasteurizados e dos produtos das operações de alimentação de animais confinados, que compreendem a maioria das fontes comerciais, NÃO são elevados em K2 e devem ser evitados.

Se você ou sua família tem um histórico de osteoporose ou doença cardíaca, uma boa opção é adicionar vitamina K à sua dieta. Tenha em mente, você teria que comer mais de uma libra (453,59 gramas) de couve-flor diariamente para obter a quantidade necessária de vitamina K.

Claramente a couve e espinafre têm grandes benefícios nutricionais, mas se você já tem doença cardíaca, um pouco mais de vitamina K irá dar um pouco mais de segurança para garantir que seus vasos sanguíneos não irão se calcificar. Você também vai querer considerar a adição de vitamina K à sua dieta se você não comer muitos vegetais ou se estiver preocupado caso não esteja conseguindo vitamina K suficiente de seus alimentos, por qualquer motivo.

As seguintes condições podem colocar você em um risco aumentado de deficiência de vitamina K:

. Ter uma dieta pobre ou restrita;

. Doença de Crohn, colite ulcerativa, doença celíaca e outras condições que interferem na absorção de nutrientes;

. Doença hepática que interfere no armazenamento de vitamina K;

. Tomar medicamentos como antibióticos de amplo espectro, remédios para colesterol e aspirina.

9. Quanta vitamina K2 você deve consumir?

Você pode obter toda a vitamina K2 de que você precisa (cerca de 200 microgramas) ao comer 15 gramas de natto diariamente, que equivale a meia onça. É uma pequena quantidade e muito barata, mas muitos ocidentais não gostam de seu sabor e textura.

Se você não se importa com o gosto do natto, a segunda melhor opção é um suplemento de K2 de alta qualidade.

Lembre-se, você deve sempre tomar o seu suplemento de vitamina K junto com gordura boa (coco, oliva, castanhas), uma vez que a vitamina é lipossolúvel e não será absorvida sem ela. Embora a dosagem exata ainda esteja para ser determinada, o Dr. Vermeer recomenda entre 45 mcg e 185 mcg diariamente para adultos. Você deve tomar cuidado com as doses mais altas se você tomar anticoagulantes, mas se você for geralmente saudável e não estiver tomando esses tipos de medicamentos, pode ser ingerida 150 mcg por dia.

10. Quem não deve tomar vitamina K?

Se você estiver grávida ou amamentando, você deve evitar uma suplementação de vitamina K2 maior do que a IDR (65 mcg), a menos que isso seja especificamente recomendado e monitorado pelo seu médico.

Se tiver sofrido um AVC, parada cardíaca ou for propenso a coagulação do sangue, você não deve tomar vitamina K2 sem antes consultar o seu médico.

Visão pessoal…

Vitaminas são moléculas orgânicas que funcionam em uma grande variedade de processos dentro do organismo. A função mais comum é como cofatores* para as reações enzimáticas. A característica distinguível das vitaminas é que elas geralmente não podem ser sintetizadas pelas células de mamíferos e, portanto, devem ser fornecidas pela dieta. A Vitamina K existe naturalmente como K1 (fitilmenaquinona) nos vegetais verdes e K2 (multiprenilmenaquinona) em bactérias intestinais.A Vitamina K2 (menaquinona) requer a presença de bile e suco pancreático e é sintetizada por bactérias no trato intestinal, porém não é absorvida com facilidade, indo direta para a parede dos vasos sanguíneos, ossos e outros tecidos, exceto o fígado. Por sua vez, a Vitamina K2 também apresenta algumas variações: MK 4, MK 7, MK 8 e MK 9. A MK 7 é extraída do Natto, um produto derivado da soja fermentada, cujo qual tem quantidades significativas de K2. Contudo, o seu odor e a sua textura, torna-o pouco tolerante, sendo preferível o seu uso na forma de suplemento nutricional. A sua ação terapêutica tem demonstrado excelentes resultados, graças a inúmeros estudos realizados, na redução dos distúrbios cardiovasculares resultantes de uma calcificação do endotélio, no equilíbrio ósseo e na diabetes tipo II. Verificou-se, igualmente, o seu potencial em associação com a Vitamina D3, na inibição da osteoporose e nos processos cancerígenos, melhorando a apoptose celular. Nos últimos anos temos constatado um número crescente de evidências científicas quanto aos benefícios das Vitaminas K2 e D3, sendo consideradas as vitaminas mais importantes da atualidade. As Vitaminas K2 e D3 são micronutrientes lipossolúveis pleiotrópicos, dotados de propriedades homeostáticas versáteis tanto ao nível dos órgãos, como dos tecidos e das células. As suas funções metabólicas e fisiológicas sobrepõem-se consideravelmente, no sistema ósseo e cardiovascular. A Vitamina K2 é considerada uma notável potenciadora da Vitamina D quando utilizadas de forma combinada. Inúmeros estudos têm evidenciado a forte interação das duas vitaminas no fortalecimento ósseo e na saúde cardiovascular. Fica evidente a importância da Vitamina K2 para o nosso organismo, pois sem ela a ação da Vitamina D poderia causar depósito de cálcio nas artérias ao invés de penetrar nos ossos. A combinação da Vitamina K2 e da Vitamina D3 desempenham um papel vital na absorção de cálcio promovendo uma qualidade dos ossos. Essa deficiência deve-se a uma vida modernizada em que a carência de luz natural, o uso abusivo de medicamentos e alterações da flora intestinal se destacam na incapacidade de absorção destas vitaminas e outros nutrientes vitais ao ser humano. Vamos suplementar com conhecimento e responsabilidade….

Inspiração…

Dr. Mercola’s Natural Health News, Products and Articles

Int J Oncol September 2003

Altern Med Rev August 2003

Am J ClinNutr April 2008

Life Extension March 2004

Livestrong March 31, 2011

Vitamina K2 – Benefícios da Vitamina K2 – Propriedades da Vitamina K2

Porque utilizar a Vitamina K2? – Centro de Pesquisa e Tecnologia

Vitamina K2 * – Nutrição Evolutiva

Recomendo…

Fonte – Monicavox

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s