Pleiadianos / Christine Day – Março 2017

Pleiadianos / Christine Day – Março 2017

Olá,

O clima em Grand Marais tem estado ótimo! Temos tido muita neve e ainda assim a temperatura tem estado quente comparada com outros invernos. Tem sido maravilhoso assistir a vida selvagem deixando seus rastros na neve. Eles trouxeram à minha atenção os rastros de energia que cada um de nós deixa conforme nos movemos pelo mundo, e o quanto é importante pisar com leveza e conscientemente com nossa energia.

Vida consciente é um aspecto essencial, é como espalhar sementes no solo, o que plantamos colhemos para nós mesmos em tantos níveis.

Tenho olhado profundamente dentro do meu próprio coração e sentido a gratidão por minha vida e por todos os elementos e matizes de experiências que vêm em minha direção. Há um nível tremendo de energia nova vindo ao planeta para navegarmos através dela. Eu sei que eu tenho passado por uma metamorfose poderosa das minhas configurações energéticas, o que na verdade me ajudou a me sentir muito mais estabilizada e alinhada com a Comunidade Galáctica.

Eu sei que estamos nos dirigindo a novos níveis dimensionais, criando um período de transição ainda mais intenso. Mas, o que quer dizer isso? Precisamos focar ainda mais no coração/Espaço de Casa, permitindo nosso desenvolvimento de conexão evoluir ainda mais para dentro do coração. Precisamos deixar ir e confiar. Quantas vezes ouvimos isso? Muitas, eu sei, mas ainda é uma Verdade.

Agora estou focando em um processo mais profundo dentro de mim para habilitar-me a continuar a aprender sobre minhas idiossincrasias humanas, de forma que eu tenha uma apreciação crescente do meu aspecto humano. Sinto como se estivesse sendo preparada para sustentar uma nova plataforma para a humanidade. Eu sei que estamos entrando em tempos muito diferentes, e que cada um de nós é responsável por nós mesmos, construindo um novo projeto para nosso relacionamento interno.

Tenho ido em direção ao meu comprometimento de abrir-me a aspectos mais profundos do meu processo humano. É um caminho muito recompensador onde posso testemunhar a mim mesma sendo liberada em meu aspecto humano, e me encontro entrando em um lugar interno mais empoderado. Lembro de quando eu iniciei este processo de autointrospecção em minha vida pela primeira vez, e a razão pela qual minha vida finalmente fez sentido para mim. Foi como se cada experiência, mesmo que pequena, tivesse significado. Eu revisei cada dia e os eventos que se desenrolavam no dia para mostrar-me mais sobre minha própria dinâmica humana. Foi como se eu estivesse recebendo chaves essenciais de mim mesma, o que foi belo, repleto de compreensões e algumas vezes incrivelmente doloroso. Eu testemunhei algumas das minhas vulnerabilidades, meus medos, minha raiva, minha tristeza e algumas vezes sentimentos de desamparo.

Por mais que esse desvendar tenha sido difícil, eu experimentei um desenrolar constante de alívio e alegria. Fui capaz de sustentar a mim mesma com muita compaixão por tudo o que eu sofri e cheguei à compreensão das minhas próprias razões para ter criado essas experiências.

Desejo honrar cada um de vocês que está se dedicando a explorar o que está dentro de você das suas experiências passadas. Este é provavelmente o processo no qual mais valeu a pena eu ter embarcado. Por fim, este processo me liberou para viver plenamente e respirar e viver livremente o que era o desejo do meu coração. Ele me permitiu ser capaz de realmente saber o que o meu coração desejava e fui capaz de criar aquele desejo para mim.

Quando um nível da Separação dentro de você vai embora, você pode manifestar e ancorar o que você quer para si mesmo.

Os Pleiadianos continuam a nos falar da importância de diminuir o ritmo e respirar de forma que você possa sentir a si mesmo.

Para que você seja capaz de estar ainda mais consciente daquilo que está ao seu redor no momento. Isso permite que você se torne ainda mais conectado com o seu Eu, o aspecto humano e os momentos sagrados, e seja capaz de compartilhar esses momentos. Por exemplo, o Sol sobre você, o vento em sua face, o nascer do Sol, o nascer na Lua, uma bela flor, uma gota de orvalho sobre uma folha. Há muita alegria nesses momentos compartilhados. Quando todas as partes de mim estão compartilhando, um momento é verdadeira autodescoberta. Esse pode ser um momento de pureza muito elevada.

Cada um de nós está sendo chamado agora para desempenhar um papel mais profundo, a deixar ir e abrir-se para sua quietude interna do momento. É aí que estamos sendo chamados a Ser para que possamos agregar e entrar no “Estado de Receber” no momento. É assim que nosso Coração/Espaço de Casa irá expandir-se de dimensão com a frequência de Luz mais elevada que está entrando no planeta.

Não podemos nos mover plenamente em nosso processo de iluminação enquanto ainda estivermos num lugar de Separação. Não temos que fazer nossas jornadas com perfeição. Simplesmente temos que aceitar nossa imperfeição. Autoaceitação é a chave, sabendo que fizemos o melhor que pudemos em todos os momentos. O sofrimento surge através do nosso julgamento de nós mesmos e dos outros. Esse processo de introspecção trará você a um lugar de autoaceitação da sua humanidade.

Estejam dispostos a continuar Soltando para confiar em cada momento conforme ele se desenrola. Nós precisamos continuar a testemunhar o que está acontecendo e Soltar.

Amor e Bênçãos,

Christine

***

Mensagem dos Pleiadianos

Amados, nós os saudamos,

Hoje, neste instante você pode entrar num lugar de poder, para reclamar aquilo que é seu por direito. Este é o momento de bênçãos serem concedidas a você. Com as novas frequências de Luz fluindo para o planeta desde o final de fevereiro, você foi habilitado a entrar numa conexão para o Eu do Reino Superior. Nós lembramos você da importância de deixar ir as velhas tradições que você tem consigo mesmo para entrar em um relacionamento diferente com o seu aspecto humano. Construir um lugar mais profundo de respeito e amor por tudo o que você escolheu ser nessas experiências.

Autoaceitação é a chave para receber as bênçãos dentro desse reino em mudança em seu Plano Terreno. Através da escolha de “aceitar” você criou todas as experiências nesta encarnação, você sai do lugar de vitima e entra no lugar do criador. Seu Coração pode florescer para um novo aspecto do Receber. Você pode tornar-se a estação receptora de tudo o que o seu coração deseja. Você pode fluir com este novo paradigma que está nascendo agora em seu planeta. Esta é a sua hora de florescer dentro desta nova estrutura energética que está ancorando no Plano Terreno.

Fique bem em suas intenções. Solte e permita seu Coração ser, como uma flor abrindo-se para o Sol, abrindo-se para a Luz, para um novo nível de Receber todos os aspectos do Eu.

Bênçãos,

Os Pleiadianos

Fontes – http://www.christinedayonline.com/blog

http://christineday.wixsite.com/portugues

Tradução autorizada – Letícia Scarpa – leticia@leticiascarpa.com.br

Revisão – Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s