Glucarato de Cálcio – O que ele pode fazer pela sua saúde… e contra o Câncer… – 07.03.2017

Glucarato de Cálcio – O que ele pode fazer pela sua saúde… e contra o Câncer… – 07.03.2017

Cálcio-D-glucarato, é o sal de cálcio do ácido D-glucárico, uma substância produzida naturalmente em pequenas quantidades pelos mamíferos, incluindo seres humanos. O ácido glucárico também é encontrado em concentrações mais elevadas em frutas e legumes, como laranjas, maçãs, uvas e vegetais crucíferos. Estudos revelaram que a suplementação oral de cálcio-D-glucarato inibe a beta-glucuronidase, enzima produzida pela microflora do cólon e envolvida na fase de desintoxicação do fígado. Uma atividade beta-glucuronidase elevada está associada com um risco aumentado para vários tipos de câncer, particularmente câncer hormônio-dependentes, tais como mama, próstata e câncer de cólon. Outras aplicações incluem a regulação do metabolismo estrogênico e agente de redução de lípidos.

Calcio-D-glucarato

— Por que as pessoas usam Calcio-D-Glucarato?

Cálcio D-glucarato é muitas vezes apontado como uma solução natural para a prevenção de certos tipos de câncer. Porque o cálcio D-glucarato é pensado para diminuir os níveis do corpo do hormônio estrogênio, os defensores afirmam que tomar cálcio D-glucarato pode ajudar uma série de cânceres hormônio-dependentes de luta (como o câncer de mama, próstata e cólon).

Além disso, o cálcio D-glucarato é dito para ajudar na desintoxicação.

— O perigo dos Xenoestrógenos

O estrógeno é um hormônio que controla funções orgânicas como a reprodução, o crescimento e a manutenção do metabolismo e é fabricado em maior quantidade no corpo da mulher. Ele também está presente, em uma forma manipulada pelo homem, em anticoncepcionais e em medicamentos usados no tratamento de reposição hormonal.

Os xenoestrogênios também são produzidos em laboratórios. A diferença é que esse é um dos compostos que mais trazem riscos a saúde. Ele é fabricado a partir da reação entre o gás cloro e os hidrocarbonetos do petróleo e é utilizado em produtos químicos industriais de alta toxicidade, como o Bisfenol-A (BPA), o bisfenil policlorado (PCB), as dioxinas e os ftalatos. Podemos encontrá-los nos mais diferentes lugares, de conservantes de alimentos a protetores solares, passando por inseticidas, pesticidas, preservadores de madeira, plásticos e detergentes de laboratório.

— A Saúde da mulher

Diversos estudos já começam a desenhar os efeitos colaterais da exposição aos xenoestrogênios. Um deles é a endometriose, doença que se caracteriza pela presença de células endometriais na corrente sanguínea, e que pode causar dores abdominais, problemas urinários e intestinais e até a infertilidade.

Uma dessas pesquisas, liderada pelo Departamento de Saúde de Nova York, associa os filtros UV que levam Benzofenona, suspeito de ser um disruptor hormonal em sua composição, à endometriose. Outro estudo relaciona a incidência da doença em mulheres italianas em idade reprodutiva expostas ao PCB.

Pesquisas apontam também para a possibilidade de que haja hereditariedade de doenças ovarianas causadas pela exposição a estrógenos ambientais. Em um estudo realizado por instituições ligadas ao governo norte-americano, camundongos foram expostos a soluções que continham BPA, inseticidas, fungicidas e dioxinas.  Em uma análise das gerações seguintes, as doenças desenvolvidas pela geração anterior também acometiam os novos ratos.

Pesquisadores começam a apontar o xenoestrogênio como um dos responsáveis pela síndrome do ovário policístico e também pela puberdade precoce e aumento do risco de desenvolver câncer de mama. Podemos encontrar o estrógeno ambiental em produtos de higiene pessoal que contêm ftalatos.

— Evitando os riscos

O BPA é encontrado em conservantes de alimentos, plásticos rígidos e nos papéis termossensíveis utilizados nos comprovantes e recibos de banco e de cartão de crédito e no papel de fax.(!!!!) Evite alimentos enlatados, e substitua produtos como tábuas de corte e embalagens de alimento por tábuas de madeira e recipientes de vidro. Para evitar a contaminação por PCB, que está presente em carnes, peixes e derivados de leite, através do processo de bioacumulação, é preciso tomar alguns cuidados. O PCB, quando não descartado corretamente, chega a rios e lagos, onde contaminam peixes e microorganismos. Ao se alimentar desses animais, ou beber a água desses rios e lagos, o animal ou o ser humano, também se contaminam. Uma alternativa é se alimentar mais de frutas, legumes e verduras orgânicas. Os ftalatos são responsáveis pela maleabilidade de produtos feitos de plástico. Fique atento para a sua presença em brinquedos, cosméticos e revestimentos de piso. Para não se expor às dioxinas, evite produtos de papel branqueados artificialmente como alguns tipos de filtro de café, toalhas de papel e absorventes internos, assim como preserve distância dos processos de incineração que possam conter dentre os componentes o plástico do tipo PVC. Prefira sempre alimentos orgânicos e, na medida do possível, evite recipientes plásticos para armazenar alimentos, sobretudo no processo de aquecimento destes.

— Indicações e Benefícios do Cálcio–D-Glucarato

Mecanismo de Ação: As propriedades desintoxicantes e anticancerígenas do Cálcio–D-Glucarato são atribuídas à sua capacidade de aumentar a glucuronidação (método que os organismos usam para auxiliar na excreção de substâncias que não podem ser utilizadas como fonte de energia) e a excreção de compostos potencialmente tóxicos. Durante a fase da desintoxicação, substâncias cancerígenas e hormônios esteroidais são conjugados com ácido glucurônico no fígado, sendo excretado nas fezes, conseguindo-se, assim, que mais estrogênios e toxinas sejam eliminados do organismo.

O Cálcio D Glucarato também inibe a beta-glucuronidase, enzima produzida no intestino a partir de bactérias, que inibem o processo de desintoxicação hepática.

Cálcio-D-glucarato_1

— Estudos científicos:

1. Câncer de Mama – Vários estudos demonstram o uso de Calcio-D-Glucarato isolado e/ou em associação na inibição da carcinogênese mamária em ratos. Cálcio-D-Glucarato inibe a atividade da proteína tirosina quinase, resultando em uma progressão mais lenta do ciclo celular. Além disso, também foi demonstrado que o Calcio-D-Glucarato aumenta a excreção de substâncias cancerígenas através da glucuronidação.

2. Câncer do Cólon – Pesquisadores realizaram estudo de eficácia do Cálcio-D-Glucarato em ratos com câncer de cólon induzidos por azoximetano e obtiveram como resultado redução de 60%, tanto na incidência quanto na multiplicidade do tumor. A hipótese é de que a proliferação de células malignas foi suprimida pela inibição da beta-glucuronidase.

3. Metabolismo Estrogênio – A inibição da beta-glucuronidase permite que o corpo elimine hormônios, principalmente estrogênio, antes destes serem reabsorvidos pelo organismo. A administração oral de altas doses de Cálcio-D-Glucarato demonstrou redução de 23% dos níveis de estrogênio sérico em ratos. O câncer de Mama é um tipo de câncer dependente de estrógeno e, por este motivo, existem vários estudos em andamento nos EUA.

4. Redução do Colesterol – Estudo prévio realizado em humanos demonstrou que Cálcio-D- Glucarato reduziu significativamente os níveis séricos de colesterol total (12%), LDL colesterol (até 28%) e triglicérides (até 43%). Esta redução pode ser atribuída ao fato do Cálcio-D- Glucarato melhorar a circulação entero-hepática, resultando, portanto em um aumento da excreção dos ácidos biliares e redução da biossíntese do colesterol.

— Outras fontes de cálcio e ácido Glucárico

Você pode aumentar a sua ingestão de cálcio e ácido glucárico ao incluir determinados alimentos em sua dieta. Por exemplo, alimentos ricos em cálcio são os vegetais folhosos escuros verdes, e cereais integrais enriquecidos com cálcio. Enquanto isso, o ácido glucárico disponível está nos seguintes alimentos:

. Maçãs

. Brócolis

. Couve de Bruxelas

. Repolho

. Couve

. Laranjas

. Abóbora

De acordo com um relatório de 2003 publicado em Integrative Cancer Therapies, o consumo de frutas e vegetais naturalmente ricos em ácido glucárico “oferece uma abordagem de prevenção do câncer promissor.” Os autores do relatório notam que glucárico pode ajudar a proteger contra o câncer, inibindo a beta-glucuronidase.

— Outros produtos naturais ; Eles ajudam a reduzir o nível de estrogênios

Os alimentos e suplementos também são úteis para reduzir o nível de estrogênio. Abaixo, oferecemos uma lista de substâncias que podem ser incorporados na dieta.

O zinco- Este mineral é importante para a função hormonal adequada. Nos homens, os valores de zinco diminuíram consideravelmente ao longo dos últimos 20 anos. Isto pode responder a vários fatores, incluindo um elevado grau de stress ou consumo de alimentos cultivados num solo desprovido de nutrientes.

O óleo de linhaça – Este óleo vegetal contém ácidos gordos essenciais, alfa – ácido linolênico incluindo (um óleo ômega 3) e lignanas, um composto com propriedades anticarcinogenicas; também podem adicionar as sementes na sua forma original e/ou em cereais em um lanche.

Nota do Monicavoxblog: Antes de optar por uma suplementação de cálcio D-glucarato, consulte seu nutricionista e faça um check-up preventivo; todo e qualquer suplemento deve ser tomado com critério e por indicação de um profissional responsável e idôneo, comprometido com a saúde e a cura; uma mudança de hábitos se faz necessário para a prevenção de doenças em geral e vale aqui dizer que nada nem ninguém vai fazer por você o que você tem de fazer por você mesmo….

Nuno Cobra

Visão pessoal…

Até agora, a maioria das conclusões sobre os efeitos na saúde de cálcio D-glucarato vêm de pesquisas de laboratório e estudos de origem animal. Embora exista atualmente muitos estudos de ensaios clínicos que testam o uso de cálcio D-glucarato no tratamento de qualquer condição de saúde, a pesquisa preliminar sugere que mostra cálcio D-glucarato prometem como um agente anti-câncer.

Em um relatório de 2002 publicado em Medicina Alternativa Review, por exemplo, pesquisadores analisaram as pesquisas disponíveis sobre o cálcio D-glucarato e descobriu que ele pode inibir a beta-glucuronidase (uma enzima associada ao aumento do risco de vários tipos de câncer hormônio-dependentes, quando ocorre a elevada níveis). Além disso, um estudo de 2007 publicado na Oncologia Letters determinou que o cálcio D-glucarato pode ajudar a combater o câncer de pulmão. Em testes com ratos, os investigadores descobriram que o cálcio D-glucarato ajudou inibir o crescimento dos tumores cancerosos nos pulmões por reduzir a inflamação e indução de apoptose (um tipo de morte celular programada essencial para parar a proliferação de células cancerosas). Há também algumas evidências de que o cálcio D-glucarato pode proteger contra o câncer de pele. Por exemplo, um estudo de 2007 publicado no Journal of Pathology Ambiental, Toxicologia & Oncologia, descobriu que o tratamento de camundongos com cálcio D-glucarato ajudou a suprimir o desenvolvimento de câncer de pele através da indução de apoptose. Portanto, uma alimentação saudável e equilibrada é a chave para uma saúde de ferro. Os pesquisadores já descobriram que uma alimentação correta consegue evitar doenças graves, como o câncer. A verdade é que nosso comportamento alimentar, de modo geral, é efetivamente responsável por grande parte dos casos de câncer desenvolvidos. Para estar protegido, o ideal é comer um pouco de cada grupo alimentar,(funcionais-proteínas-vitaminas-fibras) sem restringir nenhum deles e eliminar os industrializados, gorduras saturadas e açúcares refinados. Equilibrar esses grupos saudáveis anteriormente descritos e comer com moderação é o segredo para reduzir as chances de desenvolver a doença… .vamos acordar para nos libertar….

Inspiração…

Dwivedi C, Heck WJ, Downie AA, et al. Effect of calcium glucarate on beta-glucuronidase activity and glucarate content of certain vegetables and fruits.

Biochem Med Metab Biol 1990;43:83-92. Walaszek Z, Szemraj J, Narog M, et al. Metabolism, uptake, and excretion of a D-glucaric acid salt and its potential use in cancer prevention.

Cancer Detect Prev 1997;21:178-190. Heerdt, AS, Young CW, Borgen PI. Calcium glucarate as a chemopreventive agent in breast cancer. Isr J Med Sci 1995;31:101-105.

Horton D, Walaszek Z. Conformations of the Dglucarolactones and D-glucaric acid in solution. Carbohydr Res 1982;105:95-109.

Walaszek Z, Hanausek-Walaszek M. D-glucaro-1,4- lactone: its excretion in the bile and urine and effect on biliary excretion of beta-glucuronidase after oral administration in rats. Hepatology 1988;9:552-556.

Selkirk JK, Cohen GM, MacLeod MC. Glucuronic acid conjugation in the metabolism of chemical carcinogens by rodent cells. Arch Toxicol 1980;139:S171-S178.

Tc]glucarato – Teses USP

Calcium D-Glucarate: Uses, Side Effects, Interactions

Recomendo…

Livros - Dietas - Cancer

Fonte – Monicavox

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s