Pergunte aos Mestres 38 – Fevereiro / 2017

Pergunte aos Mestres 38 – Fevereiro / 2017

Coração Avatar e Verdade Transmutadora

Purificação e Transmutação

Paz, Transformação e Amor.

pergunte-aos-mestresRELACIONAMENTOS SUPERFICIAIS

Olá queridos Mestres. Gratidão pelas suas belas mensagens que eu acompanho todos os dias. Queridos, gostaria de saber por que, que a rejeição me machuca tanto, principalmente na área de relacionamento amoroso. Há dois anos mais ou menos reencontrei um amigo de infância, no qual sempre fui muito ligada a ele. Depois de muitas conversas e querendo um reencontro (de ambas as partes) descobri que sempre fui apaixonada por ele e abri meu coração para ele, e ele simplesmente não foi muito honesto comigo, sem me dizer que estava com outra pessoa. Hoje não temos mais contato, mas o que mais me machuca, foi a falta de honestidade dele, e me sinto muito rejeitada diante disso, já que éramos muito amigos. Mesmo depois de tudo isso, ainda o amo muito. O que essa experiência quer me ensinar? Quero me curar de tudo isso e encontrar alguém de coração aberto, pois sei que tenho muito amor para oferecer. Muito obrigado pela atenção queridos Mestres!

Resposta:

Minha amada filha. Sou Rowena e venho a lhe dizer que os relacionamentos amorosos são bálsamos a nos abrir a nós mesmos. Por mais que busquemos algo bom no próprio relacionamento, sempre estaremos encontrando algo que está dentro de nós. Quando se envolveu com esse amigo você se esqueceu de observar os detalhes, de se atentar aos sinais que poderiam lhe mostrar o que seria. Mas estava tão inebriada com a possibilidade do encontro, que se esqueceu de perceber o que estava realmente a acontecer. As pessoas filha, de uma forma geral são superficiais, têm amizades ilusórias, relacionamentos levianos, porque no fundo não querem ir de encontro a elas mesmas. Então seguem a vida vivendo relacionamentos passageiros, amizades sem significado, pois ainda estão nesse estágio de superficialidade. Mas você filha, deseja algo mais profundo porque busca em si mesma essa profundidade. Quando busca por relacionamentos você não deseja algo superficial, mas algo profundo. Por isso filha, digo-te que o que sentes não é amor, mas vê ali uma possibilidade de encontrar sua própria profundeza, sua própria relação com você mesma. Olhe filha, aos detalhes desse encontro, dessa amizade e verá que não é amor, pois jamais te trará a profundeza do que deseja vivenciar. Isso foi uma mera ilusão que criou dentro de si mesma. Deixe a vida correr filha, deixa com que ela se desenvolva e nos próximos encontros aguarde por essa profundeza do olhar, da fala, dos gestos, não se entregue à superficialidade da vida, pois esse caminho não a conduzirá à felicidade. Enquanto isso veja o quão profunda é, e perceba que já é capaz de ter tudo na vida, de sentir e assim encontrar um relacionamento que reflita esse sentimento dentro de ti. Fique em paz.

Sou Rowena

RELACIONAMENTOS

Mestres, gratidão por fazerem parte do meu dia a dia e me encherem de paz. Há alguns anos estou na caminhada do despertar, me livrei da depressão e crises de pânico, consegui realizar um trabalho que me satisfaz. Apesar da evolução, acredito que ainda preciso trabalhar questões de relacionamentos, há alguns anos não me relaciono afetivamente com ninguém, e não sei como mudar isso. Em questão de amizade, a maioria dos meus amigos foi embora da minha cidade, ou estão casados, saio pouco, me sinto sozinha. Ainda não sei como mudar isso, encontrar outros parceiros de vida, seja outros amigos ou alguém afetivamente.

Resposta:

Filha querida. O que acontece contigo, é que devido aos sofrimentos pelos quais passou, acabou se fechando em ti mesma, e cultivando o medo de relacionar-se com o externo, com o receio de machucar-se, de perder novamente o seu centro e o seu equilíbrio e paz. Isso se dará gradativamente, minha querida. Mas pode trabalhar na limpeza de seu chacra do coração diariamente com a chama rosa para então abrir essa ferida que foi fechada com resquícios de medo e insegurança, mas que deve ser aberta e tratada para então ser limpa e liberada para que você abra uma nova realidade no seu futuro. Aplique a chama rosa no seu coração diariamente, perceba como suas emoções começarão a aflorar novamente, e nesse momento, querida, perceberá que já não mais reagirá como antes diante dessas emoções. Já se verá mais forte e confiante, e então o medo será liberado. Esse é o processo necessário para que a cura aconteça em ti minha querida, e se abra a novas conexões na sua vida, superando o medo de retornar ao passado. Fique em paz minha querida amada.

Sou Rowena

SONHOS

Mestres. Mantenho um relacionamento de quase quatro anos, entre idas e vindas. Dentro desses quatro anos, passamos por algumas dificuldades financeiras e temos nossa autoestima muito baixa. Há algum tempo, tive um sonho com meu companheiro, onde estávamos em outro século e eu o feria brutalmente. Gostaria de saber se esse sonho tem alguma relação com nossas experiências nessa encarnação. E gostaria também de uma orientação, pois nos gostamos muito. Gratidão por tudo!

Resposta:

Amada filha. O carma de vocês já não mais existe. O sonho que tiveste respondeu uma pergunta que fizeste, e veio para mostrar a ti que sim, havia uma experiência anterior onde conviveram juntos, e por isso tantas idas e vindas, como dizes filha. Mas o que venho dizer-lhe é que não existem mais restrições entre vocês, e que podem permanecer juntos ou não, buscando a evolução individual de cada um, filha. Perceba que não há algo que ligue vocês além da vontade de estarem juntos nessa encarnação. Estão livres para seguirem em paz. Mas eu lhe pergunto: A paz é presente no relacionamento de vocês, filha? Se sim, fiquem em paz sabendo que tem algo a construir juntos e que será um relacionamento de respeito e liberdade, onde cada um permitirá que o outro siga o próprio aprendizado e crescimento, estando ao lado como um bom companheiro de jornada, a apoiar. Mas perceba filha, que o propósito da sua vida, o qual tem buscado, é de sua própria evolução. Então permaneça na busca da sua verdade, e siga a sua vida para manifestá-la, acima de todos os relacionamentos que surgir querida, pois és livre. Fique em paz minha querida.

Mestra Pórtia

SONO

Mestres. Há muito tempo venho me sentindo muito sonolenta e indisposta, parece que nunca durmo o suficiente, permanecendo com sono o dia todo e isto me atrapalha em minhas tarefas, pois às vezes não consigo me concentrar. Eu não tenho dificuldades em dormir a noite, mas me sinto sempre cansada, gostaria de entender se há algum problema e se está relacionado com alimentação, com o fisiológico, emocional ou mesmo espiritual, em alguns dias essa vontade de dormir vem com dores de cabeça. Como posso melhorar? Gostaria de uma orientação para eu poder me sentir melhor e mais disposta. Gratidão.

Resposta:

Minha filha. Está dedicando demasiada energia para algo que não está alinhado com a sua natureza. A cada momento em que deixas a sua verdade de lado para encaixar-se ao meio, causa um desequilíbrio em seu corpo físico, emocional e espiritual, que sentes como sono e dores de cabeça. Estás envolvida em rotinas que trazem experiências que caminham contra aquilo que acreditas como certo, ou como verdade descoberta dentro de ti mesma. Passe a observar as experiências às quais está inserida filha, perceba os momentos em que começa a surgir tal sensação. Qual pensamento tem em mente nesse momento, se é de contradição a algo que tens que fazer, ou mesmo a forma que está observando a sua vida. Às vezes filha, criamos o nosso próprio sofrimento quando decidimos olhar para as experiências como algo que não nos agrada, esquecendo-nos dos aprendizados que estão ali inseridos. Comece a permanecer mais atenta às experiências buscando o aprendizado, mantendo-se desconectada da energia de sofrimento, mas apenas observando como uma boa aluna a aprender com aquelas situações da vida. Isso tornará a vida mais leve, e poderá manifestar a sua verdade em seu meio e em qualquer ambiente que for inserida, minha amada. Fique em paz.

Mestra Pórtia

VELHAS ENERGIAS E RAIVA

Amados Mestres, obrigada pela oportunidade. Posso fazer duas perguntas? Senão, respondam a que for melhor para mim. A primeira pergunta é como ser mais calma, pois sou uma pessoa muito nervosa e luto todos os dias para combater isso, e quase todos os dias vou dormir muito triste por não ter ganhado o dia. Leio todas as respostas e perguntas aqui postadas, e tive um pressentimento que a resposta para a minha pergunta seria liberar velhas energias, me amar. Por favor, o que devo fazer? A segunda pergunta é sobre o curso Multidimensionalidade, eu fiz o curso físico até por mais tempo pedido e não tive nenhuma lembrança, apesar de já ter feito viagens astrais e podido dar uma mãozinha em alguns casos para os meus amparadores. Seria bom para mim, continuar com o curso do El Morya ou procurar outra coisa? Arcanjo Miguel e El Morya, amo, amo, amo. Gratidão infinita.

Resposta:

Amada irmã, eu sou Clara. Estou aqui para trazer-lhe algumas palavras de minha experiência, como vocês me conheceram encarnada nesse planeta. Estive envolvida em situações de conflito, até o momento em que decidi ultrapassar todas as barreiras que me impediam de ser eu mesma. Estive a vida toda em paz comigo mesma, pois encontrei a minha verdade. O amar a si mesma querida, não compreende somente em estudar e preparar-se através de cursos, mas sim em encontrar dentro de si o propósito de servir. De que serviria a minha vida toda se eu não tivesse tido a oportunidade de servir? Foi através do serviço abnegado, da caridade, minha amada, que eu encontrei o amor por mim mesma e também despertei para a paz interior. Toda a raiva contida será superada, se canalizares a sua energia para algo bom, como a prática da caridade. Encontrarás através dela, gradativamente, a ti mesma e então o amor por si é o que trará essa paz. Fique em paz minha irmã querida.

Clara de Assis

VIDA PROFISSIONAL E SONHO

Mestres. Tenho os meus momentos de agradecimento pelo que sou, e o que tenho a meu dispor, e parece-me, receber algumas respostas para perguntas que formulo sobre a minha vida. Porém gostaria de saber se há algo mais que não estou a ver/perceber, e que pode ser significativo eu tomar consciência. A minha situação relativa a trabalho, e a não independência financeira, toda esta flutuação ao longo dos anos, tanta dificuldade para conseguir algo. Foi tudo culpa minha e dos meus medos? Não me estou a sujeitar como os outros? Sei que errei muitas vezes e penso que já acertei algum carma em relação a isso. Sei que aproveitei muitas migalhas porque era pão, até que agora quero definir mais o que quero atrair para a minha vida. Agradeço estar a dar uso à minha criatividade, e de alguma forma chegar a outras pessoas, mas desejo ser mais ativa, me envolver com trabalhos com significado mais palpável e abrangente. Embora sinta pressão para provar coisas e dar boas notícias cá em casa, e ao mundo lá fora, não é por isso que quero mais, quero porque sinto que tenho mais para dar, apenas não sei como. Depois dos 17/18 anos tem sido uma grande luta, parece que escolhi o caminho mais difícil, agora que recuperei algum norte o que me falta fazer? Qual a peça do puzzle que ainda não encontrei? Se for possível poderiam me revelar porque tenho tantos sonhos enquanto durmo? Penso que são de vários tipos. São limpezas a operar? Os com cristais são muito bonitos e também não sei qual o significado disso. Agradecida.

Resposta:

Querida filha. A resposta para todos os seus questionamentos é somente uma, equilíbrio. Tu estás em uma idade a qual tens contato com muitas informações de fontes diversas, e isso multiplica o trabalho da sua mente tentando compreender e processar tudo isso. Essa fase da vida de todos vocês, é compreendida de muitas descobertas e muitos anseios pelo futuro, e isso faz com que, muitas vezes alguns sejam levados a procurar drogas ou álcool. É esse sentimento filha, que leva os jovens a procurar formas de acalmar a mente, de reequilibrar, mas de forma errada. Silencie sua mente filha. Procure estar mais em contato com a natureza, meditar e relaxar. Dê um tempo nas informações que lê e que absorve. O contato com múltiplos grupos de informações diversas pode confundir a mente. Encontre a sua verdade. Comece a meditar e silenciar. Essa é uma fase onde está abrindo o contato de forma mais intensa com a tua verdade, pois o anseio em descobri-la é maior. Então aproveite essa oportunidade filha, para silenciar e encontrar a ti mesma, que é algo que tantos na sua idade não fazem e desperdiçam essa fase tão linda da vida. Portanto filha, o que precisas dar foco agora em tua vida é no silenciar da mente, na prática da meditação, em ter mais contato com a natureza e reduzir a quantidade de informações que chegam a ti. Perceberás em poucos dias, e desde o primeiro dia de prática, os resultados que a farão sentir-se melhor, dormir melhor e encontrar a sua paz. Fique em paz querida filha.

Mestre Lanto  

Canais: Thiago Strapasson (http://coracaoavatar.blog.br/) e Michelinha OM (http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/)

Colaboração: Ilza Barreto.

Fontes – Coração Avatar – Verdade Transmutadora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s