O Eu Multidimensional – 15.02.2016

O Eu Multidimensional – 15.02.2016

Se você sabe ou não, você é um ser multidimensional de proporções surpreendentes. Você é mais do que seus olhos veem, muito mais, mais do que o seu corpo, mais do que a sua alma, na verdade, você é parte integrante do Universo. Você está presente simultaneamente em muitos níveis da realidade e é mais poderoso do que você jamais ousou imaginar. Você está pronto para expandir o seu conceito de individualidade para incluir seres mais elevados, outros eus/paralelos e eus prováveis? Se assim for, então, vamos mergulhar!

eu-multidimensional-post-12-09-2016A maioria de nós está familiarizado com a ideia da alma, a concepção de que nossos corpos são vasos físicos transitórios para um aspecto energético eterno de nossa consciência, que é a nossa verdadeira essência. A ciência convencional rejeita esta ideia e assim também fazem muitas pessoas. Estou assumindo que você aceita a ideia já que foi atraído para este artigo. Você não está sozinho, muitas pessoas sentem a presença de algo maior dentro de si. E conforme a grande mudança na consciência da humanidade se acelera, mais e mais pessoas estão sentindo e se conectando com esta consciência.

eu-multidimensional-post-12-09-2016-1Se aceitamos a existência de algum tipo de aspecto superior de nós mesmos, a próxima pergunta torna-se: a nossa ideia atual de alma está correta e completa? Existe um número crescente de fontes que estão dizendo que não está, que é excessivamente simplista, de fato, quase unidimensional, quando comparado com os novos modelos de maior fidelidade sendo sugeridos.

Algumas escolas de pensamento subscrevem o modelo muito simples mostrado abaixo.

eu-multidimensional-post-12-09-2016-2Este modelo retrata apenas duas entidades: Fonte/Deus e Almas (potencialmente ligada a corpos). O seu elemento mais notável é que a alma é vista como criada por, mas separada do Criador. Esta representação é muito simples e fácil de entender, mas é uma simplificação grosseira e a ideia de que estamos separados da Fonte/Deus é, bem, simplesmente está errada. Felizmente, cada vez menos pessoas estão assinando este modelo específico.

Outra escola de pensamento oferece um modelo um pouco mais sofisticado, como mostrado abaixo.

eu-multidimensional-post-12-09-2016-3Ele considera a alma uma parte de uma entidade mais ampla/superior chamada de SuperAlma, que por sua vez, faz parte da entidade Fonte/Deus todo abrangente. Este modelo está no caminho certo e bate em cima de um par de elementos chave, somos seres multicamada e cada camada é PARTE (e está dentro) de cada camada sucessiva onde todos são parte e estão dentro de um Ser todo abrangente que chamamos de Fonte/Deus. No entanto, mesmo este modelo é uma simplificação.

Uma palavra de alerta aqui, quando você vê o termo “ser”, pense em “entidade energética sensível” não em “ser físico”. A maioria de nós têm uma tendência em personificar o conceito de “ser”, mas isto é um erro. A essência de todo o estado do ser é algo não físico e é por isso que muitas vezes, vou usar o termo “entidade” em vez disto, porque evita essa armadilha.

Enquanto os modelos apresentados certamente refletem alguns aspectos da realidade mais profunda, é minha opinião que eles são apenas aproximações grosseiras. No restante deste artigo, vou apresentar um modelo mais sofisticado, que é uma síntese de ideias a partir de um número de diferentes fontes e se expande muito além dos modelos acima mencionados. Ele sugere que somos entidades multidimensionais presentes em muitos níveis de “realidade” ao mesmo tempo e mais poderosos do que temos sido levados a acreditar ou imaginar. Apenas uma pequena parte do seu ser total está presente no corpo físico que você pode ter assumido erroneamente que era o todo de você. O que você identifica como você é uma parte de uma entidade muito maior que é em última análise também, apenas uma pequena parte da entidade final que é o “Tudo O Que É”, referidos através dos tempos por muitos nomes: Fonte, Criador Infinito, Deus, etc.

Você é um ser multidimensional de proporções imensas e em sua busca para conhecer a si mesmo e a natureza de sua existência, você tem utilizado um paralelismo massivo.

— EUs Superiores

Então o que exatamente é a alma e qual a sua relação com o que alguns chamam de “Deus” e outros chamam de “Fonte da Consciência”?

Se você ainda não ouviu o termo “Fonte da Consciência” antes, então isso pode ser um choque para você, o Universo é consciente em sua própria estrutura. O Universo não é nada do que parece da nossa perspectiva muito limitada. Nós existimos dentro de algo semelhante a uma grande mente cósmica, muitas vezes referida como “Consciência Cósmica/Universal”.

Como o termo “Fonte da Consciência” sugere, toda consciência é derivada do campo da consciência universal. A consciência de cada um de nós é uma discussão individualizada da consciência universal. Isto é o que a sua “alma” é, um fio da consciência universal com um repositório associado da informação experiencial (memória local), e as ideias derivadas, todas de alguma forma codificadas como um padrão de energia. Nossa alma é energia sensível como é todo o Universo.

eu-multidimensional-post-12-09-2016-4A Fonte da Consciência é a inteligência que criou o nosso Universo, e, indiretamente, criou todas as almas. Uma das capacidades fundamentais da consciência é a capacidade de subdividir-se para criar pequenas cópias individualizadas de si, dentro de si mesma. A Fonte utiliza este mecanismo para criar o primeiro nível de sub-tópicos de sua consciência, o que de fato poderia ser pensado como sub-eus. Ela faz isto para explorar e experimentar a multiplicidade em vez da unicidade, mas o mais importante, é uma estratégia para acelerar a exploração de si mesma e para acelerar a evolução da sua existência.

O mecanismo que a Fonte utiliza para realizar a subdivisão e individualização de sua consciência é principalmente o de baixar a frequência de porções de suas energias, colocando-as para baixo nas faixas de frequências mais baixas do campo energético. Esta é parte da razão pela qual as subdivisões da consciência operam de forma tão independente, mesmo ainda sendo parte inerente e conectadas a consciência “superior” que lhes deu origem, elas são simplesmente parte das energias sencientes da sua origem em um nível de frequência significativamente menor.

As subdivisões de consciência que a Fonte criou dentro de si em um sentido muito real, podem ser consideradas seus sub-eus. E aqui está a parte realmente legal, qualquer coisa que um sub-eu experimenta, também é vivida por sua origem/Eu Superior e, portanto, constitui a base para uma estratégia evolutiva, experiências massivamente paralelas!

O processo de subdivisão da consciência é uma capacidade geral que pode e tem sido repetido pelos sub-eus em cada nível de consciência pelas mesmas razões de acelerar a sua evolução, contribuindo assim para a evolução das suas origens.

A consciência é como uma estrutura de ramificação multinível. Se usarmos uma analogia de árvore, a Fonte da Consciência seria o tronco da árvore que em seguida se divide em muitos ramos grandes, que continuam se dividindo em ramos cada vez menores até chegarmos aos galhos com uma folha anexada ao final de cada um.

eu-multidimensional-post-12-09-2016-5Neste modelo, poderíamos pensar nas “folhas” como os corpos físicos e conforme você se move a partir da folha para o tronco, nós encontramos o nível da alma e então o nível da SuperAlma, e então um número de níveis adicionais até que alcança o tronco da árvore que sai do chão, o nível da Fonte. Note que mesmo que este diagrama acima mostre sete níveis, não está claro quantos níveis realmente existem, ou se todos os ramos têm o mesmo número de divisões/níveis. A única coisa que é certa é que existem mais de três níveis, provavelmente muitos mais. Um certo número de fontes indicam que existe um nível acima da SuperAlma que tem sido referido como “Grupo de Alma”. Abaixo se encontra um diagrama que ilustra a estrutura de divisão da consciência universal.

eu-multidimensional-post-12-09-2016-6De acordo com algumas fontes, existem 2.135 grupos de almas que participam da experiência na Terra atualmente (quem sabe quantos existem na Fonte no total, provavelmente muitos mais). Cada entidade do Grupo de Alma é capaz de subdividir-se (criar) até 144.000 SuperAlmas e cada SuperAlma é capaz de criar até 12 almas, e cada Alma cria até 12 de extensões de almas. Uma extensão de Alma é apenas uma outra subdivisão da consciência que permite a conexão com veículos físicos (corpos) nas faixas de frequências mais baixas. A consciência que se conecta a um corpo para “conduzir” precisa estar dentro de uma certa “distância” constantemente para manter a conexão. Se você fizer as contas isso leva a potencialmente 44 bilhões de entidades encarnadas na Terra.

Uma SuperAlma cria uma ou mais almas com o propósito de se ligar aos corpos físicos nos planos físicos de existência das faixas de frequências mais baixas do Universo. Um corpo físico é simplesmente um veículo que a alma usa para ter experiências físicas. A vida física proporciona experiências únicas e altamente formativas que são muito procuradas por uma grande variedade de seres não físicos. A experiência física apesar de ser um desafio, proporciona uma evolução espiritual acelerada e, portanto, é altamente cobiçada.

A estrutura de subdivisão 12 × 12 da SuperAlma permite que cada SuperAlma tenha até 144 sub-eus em que cada um pode se ligar aos corpos físicos durante 144 vidas físicas paralelas. E, claro, um destes 144 sub-eus e seu corpo é VOCÊ!

— O Eu Superior, o Verdadeiro Eu

Entre aqueles que aceitam que eles têm uma alma, muitos ainda estão excessivamente identificados com o seu corpo como sua identidade. Mesmo entre aqueles que aceitam a alma como a sua verdadeira identidade pode estar faltando uma apreciação mais profunda do verdadeiro âmbito do seu EU superior. Apesar do fato de que alguns usam o termo “Eu superior” como um sinônimo para a “SuperAlma” Eu acho que é melhor usado para se referir a todos os níveis do eu, todo o caminho para cima, incluindo a Fonte. A figura abaixo ilustra essa ideia.

eu-multidimensional-post-12-09-2016-7Seu corpo, e em certo sentido, até mesmo a sua alma, foram criados como uma entidade sensível transitória para servir como um veículo experimental e evolutivo para a sua SuperAlma. Assim, em um sentido muito real, você pode considerar que a SuperAlma que gerou a sua alma é o seu VERDADEIRO EU!

Sua SuperAlma é um ser imensamente sábio e poderoso que está sempre tentando encorajá-lo a criar as melhores experiências para si mesmo e para se tornar a visão mais elevada de si mesmo. Por quê? porque você é parte dele e ele está experimentando através de você!

Neste ponto você pode estar se perguntando: “Se isto é verdade, por que eu não o conheço e sinto?” Esta é uma pergunta muito boa.

Quando sua alma encarna (se conecta a um veículo físico) ela perde a memória de sua existência superior. O “véu de esquecimento” é intencional, torna o jogo na Terra uma experiência totalmente imersiva e verdadeiramente formativa. O jogo da vida não seria a mesma coisa se você soubesse que era apenas um jogo.

Nós também perdemos muito a fidelidade da conexão com o nosso Eu superior (SuperAlma e a Fonte). Esta é uma consequência inevitável de encarnar nos planos de frequências mais baixas da existência, os planos físicos. O nosso nível terrestre de consciência é uma frequência muito menor do que a do nosso EU superior onde qualquer fluxo de informação que vem para baixo está sujeito a uma grande redução de fidelidade devido à frequência exigida para descer. No entanto, nós ainda poderíamos ter uma conexão muito boa com nosso Eu superior, se não fosse por uma coisa, o nosso ego fora de controle.

A vibração constante do ego e a mente analítica criam tanto barulho mental que não podemos ouvir a voz de orientação interior do nosso Eu superior. Essencialmente, a relação sinal/ruído é tão baixa que a informação vinda do nosso EU superior fica abafada. Por isto, a maioria das pessoas na Terra perderam quase totalmente a conexão com o seu Eu superior e esqueceram completamente o que elas realmente são.

O que é necessário para restabelecer uma conexão limpa com o seu Eu superior? Por um lado, é preciso uma mente limpa e tranquila. É preciso acabar com a vibração constante da mente analítica e egóica e o medo e preocupação que a dominam. Outra coisa que ajuda é reduzir a nossa ocupação, as distrações constantes do nosso cotidiano agitado não deixam muito espaço para a presença do Eu superior. Dedicar mais tempo para a solidão e meditação é um bom começo.

Mesmo que a perda de conexão com o nosso Eu superior possa ser vista como “ruim”, ela realmente é uma das razões pelas quais elaboramos o jogo da vida, em primeiro lugar para ver o que a experiência de separação poderia nos ensinar, a separação da Fonte de nosso estado de ser, a separação de saber que somos todos partes de um grande ser, interconectados e interdependentes.

Com treinamento você pode aprender a mover o local da consciência para qualquer nível do seu Eu superior, sua alma, SuperAlma, até mesmo a Fonte e aprender a partir dessa perspectiva superior. Na verdade, você pode mover o local da consciência para qualquer lugar na matriz infinita que é o espaço conceitual/informação do campo da consciência universal.

— Outros Eus, Eus Paralelos e Muitas Vidas

Do ponto de vista de sua SuperAlma (o superior você) todas as almas que ela criou e suas extensões que estão ligadas aos corpos físicos podem ser considerados os seus “outros Eus”.

eu-multidimensional-post-12-09-2016-8Segundo alguns relatos, podem existir até 144 encarnações paralelas, mas independentemente do número exato estar correto, podemos dizer com segurança que o “superior você” está experimentando muitas vidas em paralelo. E como no final de uma vida a energia consciente que estava ligada a um corpo pode ser reutilizada em outro corpo, a sua SuperAlma tem experimentado muito mais encarnações do que isto, talvez milhares! É por isto que a sua SuperAlma é tão sábia, é a soma de toda a sabedoria adquirida a partir de uma grande quantidade de experiências.

Suas muitas encarnações podem estar em qualquer lugar no Universo físico, qualquer planeta, qualquer galáxia, qualquer período de tempo, passado, presente ou futuro (a nossa concepção de tempo está errada, o tempo é uma ilusão) e em qualquer um dos planos da realidade física.

Mas já que você está aqui tendo uma experiência na Terra é muito provável que as muitas outras vidas que o “superior você” está tendo também estão aqui na Terra, provavelmente em outros períodos de tempo. O sistema de realidade da Terra fornece experiências desafiadoras mas altamente formativas que são apropriadas para seres bastante avançados, por isto se você está atualmente envolvido aqui, então é provável que a maioria de seus outros eus estão aqui também porque qualquer experiência inferior a esta, seria chata.

Aqui está um diagrama que destaca todas as encarnações paralelas associadas a uma determinada SuperAlma.

eu-multidimensional-post-12-09-2016-9— Vidas Passadas e Futuras

Usando uma técnica conhecida como “Regressão a Vidas Passadas” você pode realmente visitar ou “ver” suas outras vidas, por “ver” quero dizer “ter a experiência interior”. Isso é feito entrando em um estado de transe (via hipnose ou relaxamento profundo), sendo guiado por sugestão ou sua própria intenção de visitar as experiências de seus “outros eus”, as suas “outras vidas”. No estado de transe, a mente terrena está calma e pode perceber a partir do ponto de vista de qualquer nível do EU superior sentindo as experiências de qualquer uma de suas vidas paralelas. Todas estas experiências são registradas no campo de informação da energia do seu Eu superior e estão acessíveis se você centrar o foco de sua consciência em um dos níveis do seu Eu superior. Dependendo do nível você pode “ver” as vidas vividas por sua alma ou a sua SuperAlma, ou talvez níveis ainda mais elevados de si mesmo.

O termo “Regressão a Vidas Passadas” é um certo equívoco já que suas outras vidas estão todas acontecendo simultaneamente e podem estar em qualquer período do tempo: passado ou futuro. Se visitar uma vida futura parece ilógico ou impossível para você, então você pode querer verificar o meu artigo sobre A Ilusão do Tempo. Nas milhares de regressões que têm sido feitas, muitos relataram “ver” porções de vidas que estavam claramente no futuro e não no passado. A maioria das pessoas se concentra em explorar suas “vidas passadas”, porque com a nossa concepção errônea de tempo linear nós pensamos que o passado está “gravado” (e, portanto, potencialmente pode ser explorado), mas o futuro ainda não aconteceu (por isso não está gravado então não podem ser explorado).

Existem também muitas pessoas que relataram experiências do que poderia ser chamado de período de “intervidas”, o tempo entre as vidas. Um relatório comum a partir destas experiências é que as nossas muitas vidas estão todas de alguma forma acontecendo ao mesmo tempo. No entanto, outras pessoas têm relatado um processo sequencial aparente em que sai de uma vida, revisa-a, planeja e inicia a próxima, o que parece contradizer o “todas ao mesmo tempo”. Isto é provavelmente devido ao fato de que os conceitos não lineares são muito difíceis para a nossa mente terrena compreender e expressar, muitas vezes vamos expressá-las de forma linear.

Para mergulhar mais fundo no tema da regressão a vidas passadas eu recomendo os seguintes livros: “Regressão a Vidas Passadas: Descubra Suas Memórias Escondida Das Vidas Passadas” e “Vidas Passadas, Vidas Futuras Reveladas“.

— Eus Prováveis, Eus Paralelos e Muitos Caminhos de Vida

Outra forma que seu Eu superior usa para acelerar a sua evolução é através do uso de paralelismo ao experimentar todos os possíveis e prováveis caminhos da vida!

eu-multidimensional-post-12-09-2016-10Você já se perguntou o que teria acontecido se você tivesse feito uma escolha diferente em um momento crítico de sua vida? Bem, assim como a sua alma, mas ela em vez de se perguntar dividiu a sua consciência mais uma vez, criando um sub-segmento de sua consciência para acompanhar e experimentar cada caminho de vida alternativo. Em cada ponto de qualquer decisão importante, uma parcela de sua alma segue o ramo A, e outra segue o ramo B. Sua alma está experimentando todos os possíveis/prováveis caminhos de vida em paralelo! O VOCÊ que pensa como você, é simplesmente um sub-segmento de sua alma que está enfrentando um determinado ramo da árvore de decisão no caminho da vida.

Em cada ponto de decisão significativa no caminho da vida dos ramos de caminhos. Uma árvore de decisão representa todos os caminhos possíveis. Todos eles são experimentados por sua alma. Este mecanismo cria uma experiência maciçamente paralela que maximiza o potencial evolutivo para a alma, para a SuperAlma e para a Fonte, uma vez que todas as experiências vividas por sua consciência superior são compartilhadas.

Os fios da alma que seguem cada um dos possíveis caminhos de experiência poderiam em certo sentido ser chamados de “Eus prováveis”. Porque existe um para cada possível caminho de vida provável. Estes eus prováveis são todos muito reais e por isto são todas experiências alternativas que estão tendo e isto está tudo sendo acumulado pelo seu EU superior! Imagine o quanto se poderia aprender pela experiência de cada possível caminho de vida alternativo e todos os seus resultados! Você poderia aprender e crescer muito rápido! Esta é a razão pela qual nós projetamos o processo desta forma!

— O Eu Mais Alto, O Eu Único

Depois de entender e abraçar a natureza multidimensional do seu ser, sua perspectiva vai se ampliar enormemente. Você pode começar a ver a si mesmo não como o corpo e o ego que está sentindo aqui na Terra, mas como sua verdadeira essência, o seu eterno Eu superior. Você pode até aceitar, que em um sentido muito real, o seu “eu mais elevado” é a consciência da Fonte!

eu-multidimensional-post-12-09-2016-11Uma compreensão ainda maior pode vir para você. A constatação de que uma vez que a consciência de todas as entidades/seres são em última análise fios da consciência da origem, então somos todos partes de uma consciência universal, e que em um sentido muito real, existe apenas “UM Eu”.

Todos os níveis de consciência e todos os locais de consciência/estado de ser estão em última análise dentro e são partes integrantes da consciência da Fonte, o UM. E este ser é o seu Eu mais elevado, por isto em certo sentido, todos os seres podem ser considerados “seu Eu”. É por isto que faz sentido tratar todos os seres com o máximo respeito, cuidado, incentivo, etc., porque isto tudo é o que você é!

©Jeff Street

(Nota Gilberto – Nas obras “A Doutrina Secreta” e “Ísis sem Véu” de Helena P. Blavastky está tudo muito bem detalhado. Você pode baixá-las na “Biblioteca Virtual“. Abaixo, trecho do filme “Matrix” sobre a “pílula vermelha”.)

Origem: divine-cosmos

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

A “Luz é Invencível” tem por norma não publicar comentários com links.
Pedimos a compreensão de todos, para qualquer dúvida temos nossa caixa de sugestões onde todos podem livremente fazer suas colocações que serão arquivadas para consultas posteriores. Agradecemos a compreensão de todos.
Equipe da “Luz é Invencível”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s