Liderança Necessária Agora e no Futuro – Parte Três

Liderança Necessária Agora e no Futuro – Parte Três

21 Julho, 2016 por

(Nota Gilberto – Leia a 1ª Parte e 2ª Parte)

Liderança-Post-09.08.2016-3-1— Líderes Fortes e Gentis Irão Indicar o Caminho a Seguir

Nesta terceira parte da discussão sobre a necessidade atual de as pessoas aceitarem a sua capacidade muitas vezes escondida de assumir a liderança, a necessidade que existe agora de que as incríveis pessoas que têm estado de certa forma “à espera nas sombras” para poderem avançar e assumir os seus legítimos papéis em todas as áreas da vida, decidi que Jesus Sananda ou Yeshua precisa de ser ouvido sobre este assunto. Como Ele foi o convidado muito recentemente (30 de Abril) no “Uma Hora com um Anjo”, foi fácil encontrar alguns conselhos recentes de Yeshua sobre este assunto e sobre o tema do processo de ascensão que muitos neste planeta estão atualmente a experienciar.

Nesta discussão com o Steve Beckow, Jesus fez questão de nos explicar o quanto somos fantásticos. Ele salienta que, embora façamos esforços para nos tornarmos mais iluminados espiritualmente de uma maneira ou de outra, estamos bem como estamos agora mesmo e que devemos deixar de ser tão exigentes conosco ao julgarmos demasiado cada um dos nossos pensamentos, palavras ou ações. Ele diz:

Liderança-Post-09.08.2016-3-2”Antes de começarmos, quero falar com o brilho magnífico, a glória, o esplendor de cada um de vocês; não com quem irão se tornar ou com quem já foram, mas quem são neste momento em que nos reunimos para ter esta conversa sobre como vocês brilham.

Muitas vezes vos ouvimos – todos vos ouvimos, mesmo quando pensam que não – eu ouço-vos dizer, “Em que é que me vou tornar? Como serei diferente? Como serei? Como me vou sentir? Quais serão os meus talentos e capacidades? Como irei experienciar a plenitude do meu verdadeiro Eu inter-dimensional?

Deixem-me por favor trazer-vos de volta a quem são e quem já são agora. Não se trata nem nunca se tratou de vocês se tornarem pessoas diferentes. Estão a transmutar-se, a transformar-se, a mudar, a crescer, a aumentar as vossas frequências, as vossas vibrações?

Tudo isto acontece e vocês estão a fazê-lo de forma muito constante e consistente, incorporando também nessa consistência os saltos quânticos. E já repararam nisso em si mesmos; num dia sentem-se atolados na lama e no dia seguinte estão a dançar em Vénus.”

Depois quando Jesus continua aqui, Ele refere-se ao “ancoramento, expansão dentro de nós da Onda de Amor da Mãe que continua a afetar persistentemente o despertar de todos em Gaia até que sejamos libertados.”

“Por isso realço antes de sequer começarmos esta discussão mais abrangente – a perfeição divina de quem sempre foram e de quem são agora – a vossa chave é ancorar, expandir, ancorar, expandir, receber, entregar e ancorar.”

Esta discussão de 30 de Abril de 2015 entre Jesus e o Steve está bastante focada na determinação da diferença entre os termos Ascensão e Iluminação. O que está a acontecer agora em Gaia nunca aconteceu desta forma. Até agora, há tão poucas pessoas que conseguiram ascender para consciências dimensionais superiores ao mesmo tempo que ainda existiam num corpo físico aqui em Gaia e agora isso vai mudar radicalmente. Após o Evento, haverá inúmeras pessoas prontas para passar por este processo de ascensão. As pessoas receberão também informação adequada no sentido de se sentirem equilibradas neste processo. No próprio dia do Evento, quando o Flash do Evento partir da Fonte e rapidamente nos atingir aqui em Gaia, vamos todos “sentir” esta forte energia espiritual amorosa e será muito emocionante. Não precisam de se preocupar, embora possam haver alguns momentos de confusão temporária. Toda a gente vai experienciar esta situação a algum nível, independentemente da sua anterior crença no sobrenatural. Muitos terão as chamadas experiências de Ascensão neste dia e, seja qual for a forma de as pessoas sentirem esta energia no dia do Evento, isto vai transformá-las para sempre. Agora sabemos que a Mãe Divina/Pai Universal nos tem preparado de forma amorosa e consistente nos últimos 2-3 anos com o Tsunami de AMOR para esta experiência do Evento e para a nossa nova existência numa Gaia 5D.

Liderança-Post-09.08.2016-3-3Lembrem-se que a experiência de todos será correspondente ao nível de consciência que tiverem atingido individualmente nesse momento. Não haverá qualquer exigência de que algumas pessoas tenham que se desenvolver a um ritmo mais rápido do que aquele com que estejam perfeitamente confortáveis. Cada pessoa em Gaia poderá fazer as suas próprias escolhas em relação ao seu processo contínuo de desenvolvimento espiritual.

Jesus realça de forma amorosa que a “Ascensão” não significa que devemos abandonar os nossos corpos físicos, mas que podemos continuar a nossa existência como seres ascensionados no mundo físico…

“Mas será que iremos, eu e vocês, celebrar a conclusão, o ancoramento deste segmento à medida que a humanidade evolui para um reino mais elevado e um estado mais elevado de existência? Oh sim, celebraremos juntos… O plano para a humanidade, para Gaia, para este sistema neste momento – e vocês devem entender que quando digo ‘neste momento’ falo num intervalo de tempo, não num dia em particular. Mas durante este período, ocorre a ascensão do planeta, dos reinos e, o mais maravilhoso, da humanidade, da humanidade que chega a um estado em que evoluiu e de certa forma voltou ao seu padrão original…

Há muitos, muitos degraus no vosso caminho, no vosso percurso de volta para a Mãe. Esta ascensão é monumental? Não apenas para cada um de vocês, mas para este universo ou esta galáxia e mais além. Por isso é um marco.

Vocês pensam que quando entrarem por esse portal, lá para dentro ou através do portal de ascensão, tudo muda. Mas questão é – será que se expandem, será que se transformam em amor? Sim. Então há uma mudança substancial e há uma expansão.

Mas a vossa essência fundamental do ser no planeta para criar, para construir, para desfrutar da Nova Terra – isso ainda é desejável e faz parte do plano para estar no plano físico… 

Depois da Ascensão o processo de Iluminação continua…

Mas é o processo através do qual procuramos a Fonte, o Todo, o Divino e o conhecimento do Divino interior que é por isso intrínseco.

Mas essa divindade e o ancoramento da iluminação nestes graus de que vamos falar é o ancoramento da divindade interior. Agora deixem-me ser claro, nós não queremos – e vocês são demasiado sábios meus caros – jogar um jogo de semântica. Divindade é amor.

Liderança-Post-09.08.2016-3-4Se estão conscientes e ancorados no amor, então estão conscientes e ancorados nos graus de divindade e de amor… Há sempre espaço e, para os que o desejarem, potencial para mais. Por favor não cometam o erro mental de presumir que se estão a realizar a vossa ascensão já atingiram a iluminação absoluta. Isso seria um entendimento incompleto.”

Jesus quer deixar muito claro nesta discussão que o processo de iluminação e ascensão não necessita de todo que nos tornemos em pessoas diferentes das que somos agora.

“…mas o que estou também a dizer é que não se iludam pensando que se estão a transformar em pessoas diferentes, quando as pessoas que são agora já são perfeitas.”

Depois o Steve coloca a Jesus outra questão:

SB: Ocorreu-me que talvez nos pudesse dizer o que nos espera entre este momento e o da ascensão; que tipo de eventos internos, inicialmente, iremos vivenciar nesta última parte do percurso? Pode falar-nos sobre isso?

J: Sim, e isso está a acontecer dentro de vocês e fora de vocês.

SB: Ok.

J: Agora dependendo da vossa perspectiva, como sabem, alguns são mais conscientes internamente e certamente mais sintonizados com os vossos trabalhos interiores, enquanto outros estão mais focados no exterior. Ambos são importantes. E aqui há também o que a Mãe chama de “Terceira Onda”, havendo também – oh, chamar-lhe aumento é um termo muito ligeiro – mas Ela está também a multiplicar os seus dons de clareza, de pureza, de graça.

Vocês sentem isso internamente e sentem-no de duas formas, não sendo estas necessariamente passo um, passo dois. Há um ir e vir e um processo de equilíbrio até que cheguem em centro do vosso ser. Por isso o que estão a experienciar é uma maior integração, uma integração mais profunda, não só de vidas passadas, de diferentes aspectos do vosso ser, mas uma integração mais profunda, uma solidez, apreciação e compreensão mais profunda de quem são, de quem realmente são.”

Depois Jesus fala sobre o processo de limpar coisas antigas que ainda carregamos conosco e “frustração e irritação e decepção ou desilusão – o que quiserem. E isto irá surgir, e irá surgir com vocês mesmos e com os outros. O objetivo é simplesmente observar, participar se e quando apropriado, libertar e manter não só o vosso sentido de humor, mas também o vosso sentido de equilíbrio. O equilíbrio é essencial”

Ele explica que estamos a experienciar as coisas de forma diferente, a senti-las de forma diferente e que estamos a vivenciar mais do que é o AMOR.

Liderança-Post-09.08.2016-3-5“Estão a sentir uma maior sensação de amor. E a primeira qualidade do amor é definitivamente o amor-próprio.

Agora vocês não têm essa definição, oh eu acho que me amo mais hoje. É simplesmente ser inundado e flutuar em amor de tal forma que aquele sentido de diferenciação começa a desaparecer. Não é erradicar a unicidade, o esplendor de quem são, mas o amor passa a uma sensação de totalidade, de que fazem parte da matriz unificada de tal forma que sentem o amor pelos outros humanos, pelos reinos, pelas montanhas, pelos rios, pelo Divino, pelos vossos guias.

Mas essa é a chave, sentirem-se inundados de amor. Pensem nisso como no caso de uma máquina de lavar roupa; vocês passam pelos vários ciclos, tudo circula de uma vez, e vocês estão mesmo à espera é daquele último ciclo de centrifugação. O que vos sugerimos é que vocês já estão nesse último ciclo de centrifugação.”

Externamente – e uma vez mais a separação que estamos a usar para ter esta discussão é artificial. Mas continuemos.

“A vossa percepção e a vossa experiência real – porque é só nisso que se conseguem basear – bem como o vosso conhecimento do mundo exterior começa a mudar. Se estiverem nessa fase da limpeza então poderão ficar facilmente frustrados, agitados, desiludidos, etc. com a raça humana.

Mas de um modo geral o que está a acontecer é que a vossa percepção e a vossa experiência do mundo externo, quer esta se refira aos vossos vizinhos do lado, às pessoas na rua ou às pessoas no Iraque, se está a tornar mais amável, mais benevolente, mais compreensiva e mais baseada na paixão, na compaixão e na sabedoria.

SB: Pode dizer-nos porque é que o equilíbrio é essencial e qual a relação entre equilíbrio e amor?

J: Quando estão apaixonados, e não me refiro ao sentido romântico, embora isso seja um reflexo do fato de serem o amor, mas quando estão imersos no amor, na essência divina, então vocês, por definição, estão em equilíbrio. Assim que começarem a hesitar, distraem-se.

Miguel (Yeshua – Jesus Sananda refere-se aqui, claro, ao Arcanjo Miguel) usa este termo de forma muito intencional – quando se distraem pela limpeza interna ou pelo drama externo ou até pelos eventos do quotidiano, estão a vacilar para fora do amor e estão a hesitar, a cambalear para fora do equilíbrio.

Liderança-Post-09.08.2016-3-6

Quando vocês são o amor, quando incorporam e ancoram o amor, então estão na vossa posição de equilíbrio… porque não podem aceder à totalidade de si mesmos, da realidade interdimensional, do alinhamento com a Mãe/Pai/Fonte se não estiverem em equilíbrio. E como chegam ao equilíbrio – sim, nós sabemos que há muita discussão sobre a limpeza e a dragagem, mas na realidade o equilíbrio é mantido, não apenas por inércia, mas pelo amor…

Por isso quando vos dizemos – porque mesmo agora muito do que dizemos é alegórico – que o vosso coração se está a expandir, e que não é só energético, muitos de vocês sentem a pressão no vosso coração à medida que se expande, já que ele exerce pressão de dentro para fora, pois quer envolver todo o vosso ser. Não quer aquela sensação de delimitação e diferenciação.

Por isso passa a ser todo o vosso ser. Vocês não podem dizer, “O meu coração ama-te, mas a minha mente despreza-te.” Ele é todo o vosso ser. E deixem-me que vos diga – Eu amo-vos por inteiro; as partes, as peças, os aspectos que vocês desdenharam, ou ignoraram, ou sobre os quais não têm a certeza ou, ainda pior, dos quais têm vergonha – libertem.

Eu amo-vos por inteiro.

E amo-vos a todos com todo o meu ser, tudo o que fui e tudo o que algum dia virei a ser… Isso é amor, isso é equilíbrio…

SB: Estamos a aproximar-nos do fim da conversa, por isso queria perguntar-lhe se tem alguns comentários finais?

J: Vocês, todos vocês, amados ouvintes desta noite, estão a fazer um excelente trabalho. Vocês estão em ascensão. Já fizeram a maior parte do percurso.

Venham caminhar comigo, agarrem a minha mão e deixem-me mostrar-vos; deixem-me guiar-vos no resto do caminho. Eu estou convosco.

SB: Muito obrigado, Jesus.

J: Vão em paz com o meu amor. Até breve.

Link para a transcrição completa:
http://goldenageofgaia.com/2015/05/09/transcript-jesus-sananda-on-ascension-and-enlightenment-april-30-2015/

Antes de terminar a 3ª parte deste artigo sobre liderança, gostaria de trazer novamente o Arcanjo Miguel para a discussão para voltar a abordar um pouco mais a palavra amabilidade. Se leram a segunda parte deste artigo de três partes, poderão recordar-se que o AM disse que amabilidade é o que é preciso. Tradicionalmente, o Arcanjo Miguel é conhecido por ter muitos guerreiros da paz entre os seus “apoios” e muitas vezes a palavra amabilidade poderá não ser o primeiro termo usado para os descrever. Steve pediu ao Arcanjo Miguel para falar sobre a amabilidade, talvez especialmente para os homens, e aqui está o que Ele disse.

AM: Amabilidade é fundamental. Pensem nisso de uma forma prática. Quando agarram alguém pelo braço, pelos colarinhos e sentem a pessoa e lhe dizem, “Ouve-me. Isto é o que vais fazer. Foi para isto que vieste.”; bem, isso será tão eficaz como o foi a terceira dimensão. É o velho paradigma.

Liderança-Post-09.08.2016-3-7

E é por isso que a persistência e a resistência são importantes, mas a amabilidade – é uma das qualidades da Mãe, do Feminino. Pensem nisso quando abordam alguém, não em falsa humildade, mas em amizade autêntica, genuína e de coração. Vocês dão-lhe a mão, tocam o seu coração, reconhecem quem essa pessoa é e dizem-lhe: “Vens sentar-te comigo e partilhar o teu coração, os teus pensamentos, os teus desejos? Deixas-me partilhar os meus? Posso partilhar as visões que recebi? E podemos fazê-lo no jardim da beleza, da doçura e da bondade onde não te sintas ameaçado ou controlado.” Então terão cooperação e não encontrarão resistência.

Demasiadas vezes no arquétipo masculino há uma sensação de que devem baixar a cabeça e escavar em frente – que é isto que fazem e sempre fizeram. E têm feito isto com as mais puras e doces intenções, “Vou baixar a cabeça e sustentar a minha família. Vou garantir que há comida na mesa. Vou proteger os meus filhos e filhas da violência.” Por isso não vos critico, e aqueles de vocês que viajam comigo para sítios sombrios de noite conhecem situações de agressividade, mas também já viram situações de tal bondade que mudaram a situação por completo num abrir e fechar de olhos.

O que vocês, enquanto guerreiros pacíficos, administradores centrais, curadores e professores, estão a aprender é que a amabilidade, para convosco acima de tudo, é um reflexo do amor da Mãe. Se não conseguirem ser bondosos e amáveis convosco, então não poderão ser amáveis nos relacionamentos. A amabilidade comporta uma sensação e uma energia de tal força amorosa que a resistência desaparece. Esta é a resistência que os humanos têm tido, e com razão, por lhes ser sempre dito o que fazer. Por isso dizemos sempre que sugerimos, orientamos. Nunca vos diremos o que fazer a não ser que seja para salvar as vossas vidas, e mesmo aí poderemos não dizer uma palavra.

A amabilidade é a chave. A bondade é a chave.

SB: Obrigado por esse ensinamento profundo, Senhor. Vou realmente refletir bastante nesse assunto. Quer acrescentar mais alguma coisa em conclusão?

AM: Sim. Gostaria de continuar esta discussão sobre mestria e liderança. E gostaria que todos vocês pensassem, sentissem, explorassem: “Qual é a minha mestria?” E que a aceitem com uma alegria tão incrível que vos faça saltar e dançar.

Vão em paz com todo o meu amor. Até breve.

O link para o texto completo pode ser encontrado aqui:
Transcrição: Archangel Michael – On Mastery and Leadership, April 16, 2015
Canalizado por Linda Dillon
© 2015 Council of Love, Inc.
http://counciloflove.com/

Este material canalizado está protegido por direitos de autor. Convidamo-lo a partilhá-lo na condição de ser partilhado na íntegra, sem alterações, sem cobrança inerente e com publicação do aviso de direitos de autor, creditação da canalização, link para o site e cópia deste aviso.

http://goldenageofgaia.com/2015/04/25/transcript-archangel-michael-on-mastery-and-leadership-april-16-2015/

Se quiser ler os três artigos num só sítio poderá visitar esta página criada recentemente no site Veritas:

http://www.veritasgalacticsweden.net/introduction/event-support

Este artigo foi originalmente publicado no PFC a 6 de Junho de 2016

Therese Zumi

www.veritasgalacticsweden.net

Read in: English

Fonte – Prepare for Change

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s