Seraphis Bey – A despersonalização – 06.05.2016

Seraphis Bey – A despersonalização – 06.05.2016

Canal – Luciana Attorresi – 06.05.2016

Amados filhos do Supremo Criador, eu Sou Seraphis Bey.

A vida que vocês conhecem e acreditam que exista, vos ensinou que vocês são aquilo que demonstram ou aquilo que vocês pensam ser. Vos ensinaram também que tudo tem uma forma. Então se vocês estão nervosos, o vosso corpo demonstra com os movimentos no rosto, contração dos músculos do corpo, batimentos cardíacos acelerados, etc, e quando tudo isso está acontecendo:

MestreSerapis BeyVocê está nervoso, você está com raiva. “Mas quero perguntar, é você que está nervoso, com raiva ou é possível que isso, esse estado, não seja você?”

Muitos não vão conseguir entender essa mensagem, porque não conseguem separar o que é a pessoa e o que é o Ser.

Eu usei acima um exemplo negativo, de baixa frequência, mas na verdade pode ser qualquer estado, até mesmo de alegria. Você está alegre, mas não é você, isso é um estado da tua pessoa, pois para o teu Ser, alegria é outra coisa, é o eterno conforto e confiança. Para o vosso Ser isso não é um ”Estado“, a alegria apenas é.

É impossível separar o Ser desta alegria profunda, o que para a pessoa que habita em você pode ser difícil de entender e até mesmo de encontrar, essa alegria dentro de si. Isso porque vocês buscam alegria na pessoa, jamais no Ser, por isso que se a pessoa não está com um sorriso no rosto, ”ela não está contente“. Essa é sempre a vossa impressão.

A pessoa é o conjunto de características humanas, ditado pelas crenças possibilitadoras e limitantes que fazem parte dela, por isso que as emoções, os sentimentos, nesse caso são transitórios, uma hora está alegre e a outra está triste, porque o estado necessita de um motivo para acontecer.

Já o Ser simplesmente é, sempre alegre, sem nenhuma alteração, é a aceitação sem limites. Isso faz com que o Ser seja forte e inabalável, já a pessoa é vulnerável, como uma bexiga na tempestade, para onde o vento soprar, é para lá que ela será levada.

Existe um caminho para se unir essas duas partes, o Ser e a pessoa, mas é preciso que vocês deem o primeiro passo, que é a conscientização de que vocês não são as vossas emoções, vocês não são a vossa aparência, vocês não são o vosso modo de falar, sentir ou de fazer as coisas.

Vocês não são nada daquilo que se reflete neste mundo. Vocês são o nada, o vácuo quântico que existe dentro deste corpo, desta consciência. Alegria que existem em vocês é esse vácuo, onde todas as coisas são realmente criadas, quando digo para unir as duas partes de maneira harmoniosa, estou dizendo para unir aquilo que estiver na mesma frequência energética.

Então, unirá raiva com alegria do Ser é impossível, pois estará sempre em desalinhamento. Unir insegurança, medo, preocupação, não aceitação e etc. Com o Ser também não será de nenhum modo útil, para quem quer se tornar o mestre de si mesmo.

Alegria externa, a confiança, a segurança, aceitação e etc., são em perfeita harmonia e essa alegria externa se torna um veículo para que a alegria interna consiga emanar para o Universo o que ela deseja fazer.

Essa alegria externa apesar de ser parte da pessoa e não do Ser, é benéfica e traz de volta para as vossas vidas a maestria e vos faz um mestre nesta dimensão, que é aquilo que vocês desejam.

Jamais vocês irão conseguir se tornar mestres se vocês não entenderem que a despersonalização deve ser feita, separar a pessoa do Ser e depois disso tudo aquilo que não estiver em harmonia com o Ser, deve ser abandonado.

A pessoa ou a personalidade, deve ser analisada, essa análise deve ser honesta e sincera, se não a despersonalização jamais poderá ser feita. Vocês não estão aqui para eliminar completamente a pessoa ou a personalidade, isso é impossível nesta dimensão, vocês estão aqui para se alinharem com vosso Ser, ou seja, dissolver tudo aquilo que não estiverem em harmonia.

Esse dissolvimento se faz no dia-a-dia, jamais será feito completamente de um dia para o outro, isso iria trazer muito sofrimento para vocês, e por isso é feito aos poucos, à medida que vocês vão se elevando, o dissolvimento começa.

Claro que existe a vossa parte, que é aquela de buscar essa elevação, buscar as soluções para que vocês não se sintam nervosos, irritados, com medo, com raiva, com inveja, como vítimas, etc., mas basta que a busca comece, para então começar a despersonalização.

O equilíbrio está ao vosso alcance, não se escondam atrás da frase “é difícil” ou “um dia eu aprendo”, pois se alguns conseguiram, é porque vocês também podem conseguir fechar a porta para o sofrimento que o desequilíbrio vos traz.

Estejam em harmonia, Ser e pessoa, e todas as portas se abriram na vossa frente. Sei que essa mensagem será muito útil para muitas pessoas.

Eu vos abençoou com o Raio Branco, cheio de equilíbrio e paz.

Eu sou Seraphis Bey

Fonte: Trabalhadores da Luz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s