Mensagem dos Anjos – Vocês podem amar, sem gostar. Discernir sem julgar. – 16.08.2015

Mensagem dos Anjos – Vocês podem amar, sem gostar. Discernir sem julgar. – 16.08.2015

Através de Ann Albers – 16 de Agosto de 2015

A Luz está tentando emergir em tudo… Ame isto.

Na semana passada, nós falamos sobre encontrar o amor em todas as coisas e em todos os seres. Sabemos que isto não é fácil, porque esta não é a forma com que a humanidade está programada. Dizemos “programada” porque sabemos que a sua verdadeira natureza é ver a Luz em cada alma e em cada situação, mas é o seu condicionamento cultural que lhes ensina a se protegerem e a sobreviverem.

Anjos1Isto é compreensível e, às vezes, humanamente necessário. As crianças que são também muito confiantes poderiam facilmente se encontrar em apuros e, no entanto, queridos, como adultos, vocês podem discernir sem o julgamento, amar sem gostar e escolher se concentrar na luz em um indivíduo, ainda que escolham se afastar. Vocês terão uma vida bem mais feliz e mais poderosa se vocês se esforçarem para fazê-lo.

Há uma grande confusão entre julgamento e discernimento. Assim, quando alguém estiver agindo de uma maneira com que não concordem, nós dizemos: usem o discernimento! Decidam quem e o que pertence à sua vida. Afastem-se de indivíduos ofensivos, tão logo possam, ou se não puderem se afastar, pelo menos, tomem uma decisão de permanecer em sua própria energia positiva, em vez de sucumbirem ao desejo do indivíduo para uma companhia em sua infelicidade. Ignore-os, envie-lhes luz, esforcem-se por se lembrar de que até mesmo nesta alma ferida ou inconsciente, há uma centelha de divindade.

Da mesma forma, há uma grande confusão entre “amar” e “gostar” em seu planeta. O amor, no céu, significa simplesmente reconhecer a centelha divina no outro. Gostar significa ter sentimentos afetuosos em relação ao outro. Vocês podem amar a alma sem mesmo ter que gostar da personalidade ou do comportamento. Amem a luz que há nela, não importa o quanto esteja fraca ou escondida. Escolham acreditar em sua presença. E, no entanto, vocês não têm que ter sentimentos calorosos em relação a um indivíduo. Vocês não têm que querer estar perto dele. Vocês não têm que concordar, aceitar, ou mesmo ter algo a ver com alguém que não gostam, mas, por favor, queridos, não odeiem. Amem a luz nele, porque não importa a dificuldade com que esta luz esteja tentando emergir, é a mesma luz que há em vocês. Quando vocês se concentram nesta luz, podem, energeticamente, atiçar as chamas de sua alma.

Assim, quando dizemos que encontrem o amor, não estamos lhes pedindo que sintam afeto por alguém, nem que tenham todos em sua vida. Não estamos lhes pedindo que suportem os comportamentos que não ressoem com a sua alegria. Não estamos lhes pedindo que permaneçam em situações que os magoem, ou que sejam desconfortáveis ao seu espírito. Estamos simplesmente sugerindo que se sentirão melhores, mais poderosos e mais na integridade com o seu próprio espírito se puderem dizer: “Bem, não importa o que alguém esteja fazendo, há luz em sua alma tentando emergir, e eu posso amar esta luz.”  Queridos, então, vocês começarão a ver a humanidade como os anjos.

Deus os abençoe!

Nós os amamos muito.

Os Anjos

Fonte – www.visionsofheaven.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s