Chaves para o Autoconhecimento: O Caminho para a Cura – 2ª Parte – 17.05.2015

Chaves para o Autoconhecimento: O Caminho para a Cura – 2ª Parte – 17.05.2015

Quem está no Caminho do autoconhecimento sabe que pode usar o seu tempo livre e as suas atividades como oportunidades de aceleração da sua própria evolução espiritual. Se estiver trabalhando, pode usar o tempo de trabalho para fazer com que a luz e as energias de cura e as energias do amor lhe percorram o corpo. O amor incondicional é a mais prodigiosa energia de proteção e cura. Essas energias do amor, da luz e da cura, vão elevar-nos e manter-nos energizados. podemos também enviar as energias para o exterior afim de que elas possam servir continuamente aqueles com quem entramos em contato. Sempre é possível praticar a Presença e ser infundido por Suas energias. Deveremos ter momentos do dia para ficar em silêncio, para meditar e se renovar sozinho ou em grupos com o mesmo objetivo: ASCENSIONAR. Mas, a conexão com a Fonte é um processo que pode e deve ser invocado em todas as situações e em todos os momentos. Enquanto fazemos nossas tarefas diárias ou quando estamos no trânsito, na rua, em filas e atividades cotidianas, podemos e devemos permanecer conectados o máximo que pudermos. Dessa maneira, já não haverá “estar em meditação” e “não estar em meditação”. A própria vida será considerada, sentida e vivenciada como uma grande meditação em ação.

(Nota pessoal: Ao abrirmos nossos corações e mentes, todas as respostas aos grandes mistérios serão encontradas dentro de nós. É preciso que nos retiremos dos nossos sistemas de crenças atuais e criemos novos sistemas de crenças, pois a mente está estruturada para evoluir e formar nossas experiências baseadas naquilo que ordenamos. Nossa mente não é o nosso senhor; nós somos os senhores das nossas próprias mentes. A mente é apenas uma ferramenta a ser usada para criar a realidade, e nada mais. Trabalhando conscientemente com as ondas de energia e luz que  entram na nossa Terra, somos capazes de perceber e compreender que a transformação deste planeta baseia-­se na cura e poder das nossas mentes.)

Autoconhecimento

EQUILÍBRIO ENTRE O MASCULINO E O FEMININO

No post “O desenvolvimento do princípio autoconsciente”, citamos as tabelas para trabalharmos com as energias masculina e feminina, enfatizando as qualidades de uma e de outra, bem como dando dicas para trabalharmos a parte negativa de ambas. Este é um trabalho interior de grande ajuda, pois o equilíbrio entre estas energias e a fusão delas de forma positiva, é um grande requisito para o autoconhecimento e a ascensão. Estes dois princípios estão vinculados com a necessidade de equilibrar os 4 corpos  e estabelecer uma relação apropriada com a nossa criança interior em firmeza e amor. Trata-se de aspectos essenciais, da própria engrenagem espiritual. Estes princípios masculino e feminino estão presentes em tudo e se manifestam em todos os planos. Estudando as tabelas do post supracitado, podemos identificar aonde estamos demasiado YIN ou demasiado YANG, mas, não julguemos a nós mesmos. Simplesmente, nos perdoemos e estabeleçamos um programa ou “plano de batalha” de cura de atitudes, afim de fazer as correções de caráter apropriadas na nossa personalidade.

AutoConhecimento1

 NA BUSCA DO AUTOCONHECIMENTO, OUTRO MODO DE RELACIONAMENTO

A coisa mais importante que temos de nos lembrar, é que quando estamos neste processo de autoconhecimento, buscando um caminho espiritual, tentando nos equilibrar diante de todos os desafios da vida, começamos a não aceitar mais determinados tipos de relacionamento, seja familiar, seja de amizade ou amoroso.(Nota pessoal: Buscamos autenticidade, sinceridade, confiança, alegria, cumplicidade, identidade espiritual, objetivos de vida voltados para o bem da humanidade, caráter, firmeza e no caso amoroso, sexualidade superior, voltada para o amor entre duas pessoas basicamente, onde o sexo é  um complemento que se torna maravilhoso, quando estão ambos integrados nas premissas anteriores). Passa-se a priorizar outras coisas na escolha do parceiro/companheiro, e antes disso, o sexo passa a não ter o menor sentido espiritual. O mais importante neste processo, é que começamos a valorizar as coisas que realmente tem valor e compartilhamos almas/destinos espirituais, e não somente corpos (Nota pessoal: O mais importante  não é encontrar defeitos, mas buscar motivos para amar, não utilizar os pontos fracos de cada um contra o relacionamento, comunicar-se nestes casos é como respirar, nada deve ser deixado para depois, nem usar de subterfúgios, já que o relacionamento é baseado na alma de cada um, no modo de agir de forma espiritual e de valores, e aí, todos temos nossas falhas a serem trabalhadas com amor entre os parceiros). Os interesses mundanos desaparecem neste tipo de relacionamento, ficando apenas o sentimento em si. Esta é a forma de se relacionar, de alguém que está buscando seu caminho espiritual, empenhando-se em autoconhecer-se e conhecer o outro, tudo baseado somente no amor puro e não só no amor sensual.

AUMENTANDO O QUOCIENTE DE LUZ

Aumentar o quociente de luz, é fundamental para manifestar nossas conquistas no campo do autoconhecimento. Podemos concentrar um grande quociente de luz através da concentração nela pela meditação. Toda luz e toda a energia do universo, estão à nossa disposição. Há uma grande flutuação no nível de luz no interior do sistema de 4 corpos e em diferentes momentos de nossa vida diária. Meditando, se alimentando de forma correta e purificadora, ouvindo música de boa qualidade, adquirindo o hábito de leituras espirituais, vigiando os pensamentos e as emoções para não sair do controle, tudo isso aumentará o quociente de luz, consideravelmente (Nota pessoal: O segredo não está em somente aumentar esse nível e sim mantê-lo estável e subi-lo aos poucos. É isso que exige esforço e dedicação. Cada pensamento e cada palavra nossa, afetam essa quantidade de luz.).

AutoConhecimento2

RECONECTAR OS DOZE FILAMENTOS DO NOSSO DNA – NOSSO PATRIMÔNIO ESPIRITUAL

Durante anos a ciência reconheceu que temos dois filamentos físicos ativos de DNA. Além desses, temos 10 filamentos energéticos que estiveram adormecidos no Ser Humano durante séculos. Estes filamentos adormecidos de DNA foram descobertos pelos cientistas que, não sabendo qual seria a função deles, identificou­ os como DNA “lixo”. O ácido desoxirribonucleico (DNA) é um ácido nucleico que contém todas as instruções genéticas utilizadas no desenvolvimento e funcionamento de todas as coisas viventes. A função principal do DNA é o armazenamento de informações em longo prazo. O DNA é frequentemente comparado a um conjunto de projetos, já que ele contém as instruções necessárias para construir outros componentes de células. Os segmentos de DNA que carregam as informações genéticas são chamados genes, mas outras sequências de DNA têm propósitos estruturais ou estão envolvidas na regulamentação do uso das informações genéticas. Portanto, o nosso DNA é o nosso projeto pessoal e, como tal, contém toda a nossa informação mental, física, emocional e Espiritual. O Ser Humano original tinha 12 Filamentos de DNA trabalhando ativamente e mantendo a função total do Humano como um Ser Espiritual.

Como consequência desta perda, nós passamos a viver em uma sociedade espiritualmente deficiente e as nossas capacidades intuitiva e curativa foram reduzidas drasticamente. Outro resultado dessa perda é que nós acessamos e usamos apenas uma pequena parte dos nossos cérebros. O corpo humano é a coisa mais valiosa que jamais possuíremos. Ele armazena e mantém uma abundância de informações, sabedoria e conhecimento sobre todos os aspectos de nós mesmos, do nosso mundo e de toda a vida. Combinações de inteligência são armazenadas no interior do Ser Humano, e uma grande quantidade de dados é armazenada dentro do corpo (Nota pessoal: Dentro dos nossos corpos, estão as fórmulas necessárias para reproduzir outras formas de inteligência por todo o Universo).

Um dos aspectos mais emocionantes do nosso processo evolutivo é a reorganização do nosso DNA. Raios codificados com luz Cósmica do Plenum Cósmico/Deus têm chegado à nossa Terra, estimulando as mudanças e reorganizando os nossos corpos Humanos. À medida que os filamentos codificados de luz são absorvidos no nosso ser, nosso DNA disperso está sendo reativado e reformado em novas hélices ou filamentos de DNA e está sendo reordenado em feixes. À medida que este “re­enfeixamento“ e esta reordenação progridem, nós criamos um sistema nervoso mais evoluído, que facilita que novas informações e novos dados entram em nossa consciência. Muitas das células adormecidas do nosso cérebro estão sendo despertadas e estamos sendo capazes de acessar o potencial total do nosso corpo (Nota pessoal: Conforme nossos corpos se preenchem com mais luz, nossas memórias também se abrem, e à medida que o nosso DNA evolui, nós evoluímos em Seres Multidimensionais conscientes).

AutoConhecimento3

A RELAÇÃO DOS 12 FILAMENTOS DE DNA E OS CHACRAS

Nossos 12 filamentos de DNA ativam e conectam­-se aos nossos 12 Chacras (7 FÍSICOS E 5 EXTRA FÍSICOS), portais de energia através dos quais acessamos nosso patrimônio Espiritual. Os 12 filamentos de DNA servem de ligação, através dos nossos 12 chacras, com a rede de energia externa aos nossos corpos. Os 12 chacras atuam como portais energéticos no nosso corpo, conectando-nos às forças vitais da existência. É através da abertura e ativação destes portais de energia que podemos começar a realmente conhecer a nós mesmos. Como agora todos os 12 filamentos de DNA estão se formando, qualquer questão que não tenha sido trabalhada e esclarecida pacificamente na nossa história pessoal, criará caos. Sentimentos e lembranças estão vindo à tona, oferecendo-­nos uma oportunidade de experienciar o tecido do nosso ser e revelando quem nós somos, através dos acontecimentos e crenças que estão intrincadamente tecidos em nós. Nossa tarefa é despertar, ativar e unificar todos os 12, criando a rotação dos 12. Esta rotação dos 12 filamentos de DNA e 12 chacras vai atrair para nós energias que vão se intermisturar e se mover através dos nossos seres, ativando e despertando os vários aspectos diferentes de nós mesmos. Isto disparará novas versões, entendimentos e significados de todos os acontecimentos em nossas vidas e no nosso mundo.

AutoConhecimento4

MUDANDO PARA A MATRIZ CRISTALINA

O Homem é essencialmente uma impressão de luz sobre uma tela biológica e essa identidade superior imprime-se nesta tela através de uma sequência organizada em ângulos retos de pontos cristalinos (retícula cristalina) que, no plano etérico profundo, informa o código genético da entidade residente, do tipo de entidade superior que é residente naquele corpo (Nota pessoal: O que significa que a imagem sagrada, real, entendida como um modelo indestrutível para o nosso Ser (e cada ser tem o seu), essa imagem está apenas ligeiramente impressa nestes corpos (físico, emocional, mental). O Homem é uma imagem de luz impressa na substância. Existe esta retícula cristalina, a que nós chamamos corpo gemátrico, no profundo mundo eletrônico do nosso Ser, que recebe a imagem em estado perfeito – imagem perfeita do que nós somos. Esta imagem tem um poder para se impor. A impressão da imagem sobre o suporte biológico é regulada pela vontade do espírito dentro de nós e é ele que aumenta o poder dessa imagem através dos corpos sutis, é ele que aumenta o poder de luz dessa imagem imprimindo-se nessa parte  cristalina que existe dentro de nós. Todas essas práticas espirituais da nossa série sobre o autoconhecimento ativam essa Matriz Cristalina cada vez mais e, aos poucos, vão substituindo a constituição dos nossos corpos carbonados pelo cristal desta Matriz, onde só assim poderemos existir em dimensões mais altas.

APRENDENDO A APAGAR OS PENSAMENTOS INDESEJADOS

Um dos recursos mais importantes do caminho espiritual é aprender a apagar da mente, certos pensamentos e imagens, muitas coisas parecem fáceis, mas não são e outras, com o tempo e a prática, se tornam fáceis, quando no início, pareciam impossíveis. Como nossos pensamentos criam a nossa realidade, não basta criá-los, é essencial sermos capazes de apagá-los. Evocando sempre nosso Eu Superior e mentalizando nossa centelha divina, pedimos para que sejam apagados os pensamentos negativos que por ventura tentem/ou se fixem em nossas mentes. Visualize-se deixando ”ir os pensamentos” ou “apagando literalmente”, como uma tela que fica em branco, onde nada é visível (Nota pessoal: Lembremos que toda forma é feita de energia, inclusive/principalmente, os pensamentos. Sermos capazes de transformar energia e de remover os pensamentos, é sermos capazes de transformar também os sentimentos, as emoções e as ações).

CONSCIÊNCIA DIVINA E CONSCIÊNCIA HUMANA

A consciência divina é onisciente e onipresente sendo a criadora do toda existência. O Plenum Cósmico/Deus é uma consciência subsistente e todo ser subsistente não é mais que UM, logo, as consciências diversificadas foram causadas pelo ser subsistente que é perfeito. As consciências diversificadas são eternas e também criadas por ELE. A relação entre as consciências individuais e a consciência suprema se funda em seis visões diferenciadas.

1 – Primeira visão:

Para o homem pensar (abstrair) são necessários dois níveis de consciência: consciência agente e consciência passiva. A consciência agente se baseia nos dados sensíveis produzindo ideias, a consciência passiva possui a função de receber os dados sensitivos e conservá-­los. Recolhe os dados através das sensações e as sensações são recolhidas através da consciência passiva. A consciência agente, com base nos dados sensitivos recolhidos pela consciência passiva, elabora os significados ou conceitos universais. A consciência humana é possível através do recebimento de informações através dos sentidos, constituindo um círculo de constante elaboração de ideias. Diante do conhecimento elaborado pela consciência passiva e consciência agente, a consciência humana não consegue conceitos verdadeiros, pois os sentidos dependem, em última análise, do sistema orgânico que se altera de indivíduo para indivíduo. A característica predominante da primeira visão, é que a consciência do mensurável e temporal é uma percepção limitada e condicionante.

2 – Segunda visão:

São três os níveis de consciência humana. Existem homens que possuem consciência do divino, outros percebem suas próprias consciências e outros percebem apenas as manifestações materiais. Os homens que apenas possuem a consciência material, devem ser dirigidos pelos homens que possuem a consciência do divino. A possibilidade de evolução está em seguirem as indicações daqueles que estão de posse da consciência divina. A característica predominante da segunda visão, é a indicação da existência de consciências que atingiram a percepção do Plenum Cósmico/Deus e estão no mundo material para dirigir/ensinar as pessoas no caminho da iluminação.

3 – Terceira visão:

O homem é, antes de tudo, consciência. O homem é consciência que está essencialmente à escuta da possível percepção do Plenum Cósmico/Deus. O homem é consciência, vive a sua vida em contínua tensão na direção do absoluto, em abertura para ELE. O homem se configura como ouvinte da palavra. A verdade é atingida através da abertura para a conscientização DELE. A passagem da consciência de potência é ato, somente ocorre devido à elevação da consciência individual ao supremo intelecto agente. A consciência em sua elevação, não perde a sua individualidade e sua personalidade singular. A característica predominante da terceira visão, é a consciência individual se elevar ao nível da consciência divina.

AutoConhecimento5

4 – Quarta visão:

No universo existem dois princípios: a matéria e a forma. A matéria é inerte e passiva e a forma é ativa sendo a consciência divina. A consciência divina penetra na matéria fecundando-­a e dando origem ao universo visível. A forma é inseparável da matéria, assim sendo, ELE está em tudo e tudo é o Plenum Cósmico/Deus, não existindo nada que não seja devido a fecundação do divino na matéria. ELE ou o Logos é a origem e é toda atividade e toda consciência. Assim sendo, tudo é divino e a consciência humana é também uma consciência divina, porque ELE é a única fonte irradiante de todo o universo. A característica predominante da quarta visão, é que tudo é ELE, não existe nada fora DELE, impossível existir alguma coisa que não seja emanação direta do absoluto.

5 – Quinta visão:

A consciência humana, elaborada pelo Plenum Cósmico/Deus, possui condições de conhecer tudo o que existe, tanto no campo material como no campo metafísico. não há nada que lhe seja interdito. A consciência humana possui condições de abarcar o universo, no entanto, esta abrangência de consciência humana somente é possível pelo querer divino, ou seja, pela graça ou revelação divina. Quando ELE se revela à consciência humana, o homem pode alcançar uma perfeição que transcende as nossas atuais forças naturais. A consciência humana, por si, não é capaz de elaborar verdades. Somente ELE pode iluminar a consciência humana com a verdade. A característica predominante da quinta visão é que a consciência humana para ter acesso à verdade, necessita da iluminação divina. O próprio  Plenum Cósmico/Deus doa uma percepção transcendental à consciência humana.

6 – Sexta visão:

A consciência humana somente percebe a verdade buscando-­a em seu próprio interior. A verdade está no interior da própria consciência. A consciência humana deve perceber as ideias divinas, não no exterior, e sim no seu interior. As verdades divinas estão impressas no interior da própria consciência e é o ato da consciência de trazer para o nível consciente, o conhecimento divino que está no nível inconsciente. A característica predominante da sexta visão, é a consciência penetrar dentro de si mesma para perceber a imagem eterna do Plenum Cósmico/ Deus, objetivando o encontro com a verdade eterna. A consciência é criada por ELE e seu objetivo é ter percepção DELE, sendo que a percepção do finito, transitório e mutável é um nível de consciência marginal, superficial e inferior

Nós, da “Luz é Invencível”, com esta nova série, pretendemos levar aos nossos leitores e interessados outras visões e reflexões sobre este tema tão necessário ao ser humano que é o Autoconhecimento e a cura para nossa vida em todas as áreas, principalmente nesta Era da Transição Planetária. Meditando sobre estes caminhos, seremos todos levados a mudar nossa maneira de pensar e agir, possibilitando à nossa mente e ao nosso espírito, uma maior abertura de pensamento e modo de vida, bem como o controle sobre as nossas emoções.

Continua…

“A principal missão do homem, na vida, é dar luz a si, distribuí-la e tornar-se aquilo que ele é potencialmente.” – Erich Fromm.

(Nota Gilberto – Leia Parte1)

Bibliografia para consulta

1 – O Despertar de uma Nova Consciência – Eckhart Tolle
2 – Momento de Despertar – Shakti Gawain
3 – Psicologia da Alma – Dr Joshua David Stone
4 – Um Curso em Milagres – Foundation for de Inner Peace
5 – Ascenção Cósmica – Roteiro para os Reinos Desconhecidos da Luz – Dr Joshua David Stone
6 – Sua Missão Ascencional – O seu papel no Plano Maior – Dr Joshua David Stone
7 – Ascenção Cósmica – James Tyberonn
8 –  O Processo da Iluminação Espiritual – Judith Blackstone
9 – A Matriz Sagrada – Gregg Braden
10 – Momentos de Reflexão – pelo espírito de André Luíz e Emmanuel – Chico Xavier
11 – Manuscritos – acervo pessoal 

Nota: Alguns livros estão na nossa Biblioteca Virtual.

Divulgação: A Luz é Invencível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s