A Inevitabilidade da Revolução Pacífica – 09.03.2015

A Inevitabilidade da Revolução Pacífica – 09.03.2015

Os tambores da vitória, da ordem do “Bolero” de Maurice Ravel, estão agora começando a aumentar. Em todos os lugares no nosso planeta, estamos agora vendo o despertar da humanidade se acelerar. Estamos vendo protestos maciços contra a corrupção e protestos para a propagação da paz. Estamos vendo a tirania, o encobrimento e as falsas bandeiras sendo expostas. E mais importante, estamos vendo movimentos convergentes que oferecem soluções para esses problemas que o mundo enfrenta.

Desde os protestos do ocupe Wall Street no final de 2011, o mundo viu aumentar continuamente os gritos por justiça, paz e igualdade. Vimos os protestos continuarem contra a Monsanto ao longo dos últimos anos, bem como protestos do grupo de hackers Anonymous por justiça, transparência e paz. Em 2012 ele foi sincronizado com os protestos anti-austeridade em toda a Europa. Em 2013, foi na forma de milhões tomando as ruas do Brasil. Também em 2013, vimos mais de oito milhões inundando as ruas do Cairo no Egito, quando os militares apoiaram o direito inato do povo a liberdade através da remoção do regime corrupto. Em 2014, na Catalunha, Espanha, vimos a maior manifestação pacífica da Europa quando mais de dois milhões de catalães saíram às ruas pela independência da Espanha. 2014 também viu a maior marcha do mundo em matéria de alterações climáticas, bem como a maior greve na história do Wal-Mart na Black Friday. No início de 2015, vimos mais de três milhões na passeata pela paz em Paris depois de um alegado ataque terrorista (FALSA BANDEIRA).

Embora a grande mídia tente desesperadamente continuar a manter a fachada de que está tudo bem entre o status quo e a elite bancária, na realidade o ovo da ilusão foi aberto e espalhou por toda a parte as sementes da verdade, da liberdade, da igualdade e da paz. O que nós estamos vivendo e testemunhando agora é o surgimento de uma nova Terra.

As pessoas estão repensando e questionando a forma como as coisas são feitas. Estamos vendo corações e mentes mudando a forma programada de pensar e de agir devido à propaganda elitista através de uma mídia manipuladora, seguindo para a auto-direção, a liberdade e a abundância. Todas as pessoas no planeta estão indo para o interior do seu coração e estão quebrando as correntes, se libertando e nós estamos vendo isto tendo impactos diretos e positivos em nosso mundo exterior. Esta unidade interna onde cada um de nós se sente e é livre em todos os sentidos, está fazendo o passado condicionado/manipulado ser transcendido e está criando uma convergência de corações, mentes, projetos, ideias e visões se manifestando agora para o bem maior de todos. Felizmente, não estamos sozinhos neste esforço de criação de liberdade interior e exterior.

Algo grande e positivo está acontecendo.

Nos últimos três anos aqui na Terra tem sido registrado um incremento da atividade solar, com um aumento do número de ejeções de massa coronal (EMC) sendo recebido pelo campo magnético do nosso planeta. EMC são explosões de eletricidade e energia na forma de elétrons e prótons, de acordo com a NASA. Esta ejeção auto-organizada e coerente de plasma geralmente leva entre 3 a 4 dias para chegar a magnetosfera da Terra, que se for grande o suficiente, pode causar distúrbios em sinais de rádio e sistemas de navegação. Curiosamente, essas EMC também afetam os seres humanos até o nível do nosso DNA.

Em 1984-1985, o Dr. Peter Gariaev e sua equipe de linguistas russos estavam estudando o DNA e as formas luz, som e frequências que interagiam com o DNA. Sua pesquisa levou a muitas e inovadoras descobertas que mudaram paradigmas, com uma delas mostrando que o DNA é capaz de absorver e emitir luz (fótons), ao longo da espiral de dupla hélice em forma geométrica sagrada. Eles descobriram que o DNA tem propriedades de um campo escalar/torção, que é “um vórtice auto-sustentável no éter/tempo-espaço sendo intrinsecamente não eletromagnético. Ao espiralar um vórtice pode excitar fótons ou (puxar) fótons virtuais para fora do tecido do espaço/éter e criar campos estáticos de torção/escalares aproveitando e armazenando luz dentro deles”. Literalmente, o DNA cria buracos de minhoca magnetizados no tecido do espaço-tempo”. O DNA atua como uma “conexão subterrânea entre áreas totalmente diferentes do Universo através do qual a informação pode ser transmitida fora do espaço e do tempo”.

O DNA atrai estes pedaços de informações e os repassa para a nossa consciência. “Eles descobriram que, com a presença de luz (fótons) ativando o DNA a evolução pode ocorrer”. Novos neuro-caminhos podem ser criados. Os nossos padrões de pensamentos podem ser reformulados para formas que melhor nos servem. Nós podemos mudar a forma como lidamos com uma situação. Nós podemos mudar o que somos. Com a presença de fótons sempre no meio de nós através do Sol, o nosso DNA está constantemente puxando esta luz e continuando a mudar e evoluir. Podemos pensar em uma explosão solar como um impulso de luz do Sol Esta luz extra equivale a uma atualização maior na evolução do nosso DNA e, assim, de quem somos.

DNANa verdade, a teoria do universo holofractográfico do físico pioneiro Nassim Haramein diz que a “estrutura e dinâmicas do espaço-tempo fundamentais são as do buraco negro”. Neste ponto de vista, qualquer alteração em uma parte, de fato, muda o todo. Isto é verdade para qualquer holograma. Cada parte contém o todo, e quando algo muda em uma parte do objeto, todo o objeto em seguida, muda também. Assim, vemos que cada vez que alguém em nosso mundo pensa, diz ou faz algo para melhorar a si mesmo em uma situação ou outra, a totalidade da humanidade é beneficiada.

Nós nos atualizamos. Nós mudamos. Nós evoluímos. Vemos também que, com a ajuda do nosso Sol, o nosso DNA e nossa consciência continua a mudar para oitavas superiores. E como o nosso DNA continua a mudar, toda a raça humana é impactada e beneficiada. Em outras palavras, a plataforma é empilhada em favor da humanidade para continuar crescendo e mudando de forma a servir o todo. A revolução pacífica contra os sistemas que reprimem e já não servem a humanidade é inevitável.

Reflexão em nosso mundo exterior.

“Onde estão estas coisas sendo refletidas em nosso mundo exterior?”, alguns podem perguntar. Existem aqueles que “sabem” falar desta revolução? A resposta é um sim inabalável. Uma figura notável é Benjamin Fulford. Benjamin é o ex-chefe do escritório da Ásia-Pacífico para a Forbes Magazine e tem mais de 20 anos de experiência como um escritor profissional e jornalista, além de vários outros prêmios. Ele renunciou ao cargo em 2005, porque estava revoltado com a “censura corporativa” e tem nos últimos anos escrito um artigo geopolítico semanal, que expõe a corrupção entre os vários representantes do governo e dos bancos, e o mais importante, vem discutindo o evolução positiva da aliança BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), que já aumentou para mais de 190 países com organizações governamentais, bancos e influência militar.

Em 18 julho de 2014, no mesmo dia o Acordo de Contingente de Reserva e o Banco de Desenvolvimento do BRICS foram anunciados e implementados, o chanceler russo, Sergei Lavrov, disse que o BRICS é uma aliança que vai “reformar o sistema financeiro internacional”. Muitos economistas acreditam que esta aliança, por causa da grande quantidade de ouro e prata que vários destes países têm importado, está planejando redefinir o sistema financeiro global, que será baseado em ouro, prata, outros metais preciosos e recursos naturais. (Algo que John F. Kennedy esteve muito perto de iniciar com o presidente Sukarno da Indonésia, através das contas de garantia globais).

Acredita-se que com o tempo, esta redefinição permitirá que todo o sistema socioeconômico do planeta mude para uma economia baseada em recursos, um termo cunhado pelo engenheiro social Jacque Fresco do Projeto Vênus. Neste sistema revolucionário, mas muito prático, todas as tecnologias serão implementadas ajudando a melhorar a qualidade de vida da população em nosso planeta, permitindo que as necessidades de alimentos, abrigo, roupas e atividades sociais sejam cumpridas. Isso também irá mudar nosso planeta para além do petróleo e de outras práticas da energias destrutivas, ajudando a transformar a saúde da nossa Mãe Terra.

Criando o mundo que queremos

Como o autor famoso, palestrante e físico Gregg Braden disse: “Nossas crenças têm o poder de mudar o fluxo de eventos no Universo, literalmente interromper e redirecionar tempo, matéria e espaço, e, em seguida, eventos que ocorrem dentro deles”. Nós temos o poder de mudar o planeta e estamos recebendo ajuda de muitas fontes conhecidas e pacificas. A mudança pode começar com um pensamento. Ela pode seguir com uma ação. Inspire alguém. Coma mais frutas e vegetais orgânicos e menos carne e produtos lácteos. Aproveite o sol, tanto quanto possível nos horários adequados. Inicie um movimento pacifico.

Transforme pensamentos negativos em positivos. Use palavras com cuidado e especificamente. Plante um jardim. Participe de meditações globais sincronizadas para a paz todos os sábados às 09:00 Horário de Brasília ou todos os domingos às 14:00 Horário de Brasília. Acima de tudo, sonhe grande e continue a ser você. Continue visualizando e sentindo as mudanças que você quer em sua vida pessoal, bem como para o nosso planeta. Cada um de nós tem um papel vital a desempenhar na criação de um mundo melhor. A única coisa que é certa é a mudança. Com esta visão de mundo e da verdade universal em mente, a revolução pacífica é realmente inevitável.

(Nota Gilberto – Na página principal em “Categorias”, você pode localizar artigos de Benjamin Fulford).

©Lance Schuttler

Origem: wakingtimes

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s