Os Quatro Pilares como Molde Cosmológico: A História e a Ciência – 04.03.2015

Os Quatro Pilares como Molde Cosmológico: A História e a Ciência – 04.03.2015

A Lei do Tempo e a Reformulação da Mente Humana – 11ª Parte

A Cosmologia é um ponto de vista da Metafísica, com enfoque na natureza do Universo e que reconhece múltiplas dimensões. A diferença da ciência moderna, é que a Cosmologia tem que vê-la não somente com o reino fenomênico, mas também com o reino espiritual/experencial. A História Cósmica é uma Cosmologia completa. Do ponto de vista da ciência moderna, a Cosmologia é um ramo da astronomia que tem a ver com a natureza e estrutura original do mundo natural. Do ponto de vista da História Cósmica, não se pode separar o estudo do Plenum Cósmico da Cosmologia.

A Cosmologia da História Cósmica tem alguma semelhança com os primeiros sistemas de pensamento (platônico/pitagórico). De acordo com a teoria platônica havia sólidos que existiam no reino ideal, e a partir dos sólidos toda a natureza manifesta da criação era criada. A Cosmologia da História Cósmica envolve princípios e estruturas de desenho de sistemas inteiros, que posteriormente evoluem por meio de estruturas matemáticas sólidas platônicas e da ordem sincrônica.

A História Cósmica é um princípio de sistema completo, e é o centro do campo, a matriz de inteligência que existe independentemente de qualquer humano individual. A História Cósmica é uma transmissão holomental, com o propósito de expandir a espiritualidade pela adoção da abertura da espiritualidade galáctica, baseada na consideração da Terra como um sistema galáctico inteiro.O modelo de 4 pilares, como também o Tríplice Modelo do Universo e o modelo simultâneo do Universo, permitem-nos apresentar os 3 diferentes aspectos da História Cósmica como a cosmologia de um novo sistema, baseado na visão do ordenamento sincrônico que é genuinamente holonômico. O externo está no interno e o interno está no externo. Envolvidos pela ordem sincrônica, os portais para o reino imaginal são amplamente abertos repentinamente.

O 4 pilares perfazem uma imagem arquetípica para ser meditada, afim de se começar a experimentar e permitir que os diferentes níveis de realidade, que estão contidos em nossa psicobiologia cósmica, permitir-nos um meio de auto-transcendência. O estudo destes pilares é uma atividade transcendental, já que são eles realmente um molde de memória do reino imaginal telepático, que tenta despertar diferentes níveis da História Cósmica e da memória contida em nós mesmos.

A História Cósmica incorpora a ideia do humano como um microcosmo, um reflexo do macrocosmo/universo ou o próprio Cosmo. Os princípios do microcosmo, incorporando a informação da História Cósmica na psicossomática, constituem uma ideia do ponto de vista esotérico. A História Cósmica participa em um pensamento e visão esotérica e sintetizadora da ordem sincrônica. Ela é uma reformulação dos ensinos secretos ou da História secreta passada por processo de iniciação, e então liberadas na arena da alma do mundo, para seu rejuvenescimento e nutrição espiritual.

OS QUATRO PILARES

1 – VISÃO

A Visão da História Cósmica é o campo inteiro de inteligência, emanado de um centro de informação, que define o Universo/Cosmo como o campo de inteligência evolutivo.

2 – MEDITAÇÃO

A História Cósmica provê um objeto de meditação, porque é vasto e impossível de compreender, embora tudo que experimentemos seja uma função dele, incluindo a natureza da nossa própria mente.

3 – CONDUTA

Em conformidade com o Caminho da Conduta, é conduzida a prática do Caminho de Exercer o Poder. A História Cósmica é um caminho de comportamento e organização de informação, que segue diferentes etapas de desenvolvimento. Em qualquer situação devemos saber com quais funções e etapas de desenvolvimento estamos tratando e como se relacionam com a História Cósmica.

4 – FRUTO

O alcance da atenção e da Consciência Cósmica como um estado mental perdurável. Nesse ponto, teremos entrado na comunidade da inteligência galáctica. A História Cósmica facilita a atenção e a Consciência Cósmica, entre todos os seres.

Combinando esta cosmologia com os 4 pilares temos;

A História é a VISÃO; A Ciência é a MEDITAÇÃO; A Filosofia é a CONDUTA; A Espiritualidade é o FRUTO.

Para expandir-se nisto, a História Cósmica é a visão do Ciclo do Advir e o Ciclo do Retorno. A Ciência Cósmica é a meditação da História Cósmica (conhecendo como as coisas chegam a existir e a retornar). A Filosofia Cósmica é a conduta da História Cósmica baseada no significado e interpretação.A espiritualidade Cósmica é o fruto da História Cósmica, para que a meta seja a absorção meditativa da divindade Consigo Mesma.

 1 – A HISTÓRIA – (VISÃO)

Esta é a forma mais simples, mais universal de organização, e é útil quando se vê a realidade como uma sequência de eventos. Entretanto, quando se considera a realidade a partir de um ponto de vista mental biopsíquico, então deve-se considerar as categorias de organização que são de outro nível e melhor definidas pelo pensamento condicionado. A História Cósmica demanda princípios ordenadores multidimensionais sincrônicos, que refletem as etapas da mente quando evolui do supermental para o supramental. No supramental passamos além de todas as presentes limitações da mente e da consciência para as maiores expansões do cérebro galáctico e os níveis ascendentes da História harmônica pura. A investigação e compreensão da História Cósmica, inevitavelmente levará á um estado elevado de Consciência Cósmica e ela não poderá ser vista á parte da História Humana e da História da Natureza, o que seria negar que há princípios universais (o humano não está á parte da natureza). Deve-se entender que todas as funções da natureza são tanto tridimensionais quanto quadridimensionais. Quando entendermos isso, veremos que os seres humanos estão envolvidos no profético realinhamento das dimensões. A História Cósmica é a narração da História da harmonia como uma criação multidimensional, e é necessária devido á condição máxima da desordem atual em nosso planeta. Devemos criar uma ordem máxima para consertar a desordem gerada pela espécie humana e isto tem de ser feito  para o fim deste ciclo e início da era de Luz e Vida.

2 – CIÊNCIA (MEDITAÇÃO)

A ciência examina as mudanças que ocorrem para ir de um estágio de desenvolvimento à outro, o que distingue uma etapa de desenvolvimento de outra. Em outras palavras, a ciência analisa “coisas”, como pontos particulares, dentro de sequências de horizontes eventuais de variadas escalas dimensionais. A ciência é como a conhecemos. A História explica como e porquê a ciência acontece, incluindo suas etapas de desenvolvimento. Como são organizados cientificamente os diferentes níveis e ordens? A definição e descrição da Ciência Cósmica é bastante radical em comparação com as definições usuais da ciência materialista tradicional e esta não  inclui o Plenum Cósmico na equação. Obviamente é desastroso fazer uma descrição e análise do Universo como se nenhum outro fator estivesse envolvido no material e/ou nos fatores humanos. A ciência material é dirigida, em sua maioria, pelo ego humano, obsediada com sua própria fama. A Ciência Cósmica constrói uma cosmologia centrada no Plenum Cósmico, que parte do ponto inicial da criação do Universo, e então constrói; enquanto a ciência ocidental começa com o que vemos, e então passa a trabalhar baseada nisto até um ponto original – sem considerar nenhum fator divino. Por esta razão, a ciência ocidental está extremamente obstruída pelas mesmas minuciosas discussões em relação á natureza do Big Bang, ou se o Universo é entrópico, ou se é um Universo em expansão, ou um Universo em estado estável. Este tipo de assunto contamina a ciência moderna, sem mencionar o envolvimento desta com a análise e dissecação de tudo. Esperam, realmente, os cientistas ocidentais, descobrir a essência de uma matéria vivente colocando á parte seu artefato físico?

Quando entendermos o que realmente somos, a partir do ponto de vista da Ciência Cósmica, veremos que temos um quadro da realidade que é radicalmente diferente daquele que nos ensinaram. Com uma reflexão mais ampla sobre este tema, diremos: ”UAU!! É isso o que somos!!” E se somos isso, o que estamos fazendo nesta sociedade de baixa qualidade? Por que nos conformamos com isso? Que estamos fazendo? Qual o nosso destino cósmico? Se já está escrito dentro de nós, talvez, sejamos nosso próprio laboratório cósmico!

A Ciência Cósmica descreve o que está acontecendo dentro de nós. Isto porque transita de estruturas básicas à estruturas genéticas. O Humano representa a soma e o clímax dos processos cosmológicos e cósmicos específicos – o componente humano está sendo agora redefinido de partículas subatômicas para linhas elétricas de força – e esta nova percepção do ser humano nos abre infinitas possibilidades.

Próximos tópicos do post da décima segunda parte da série;

A LEI DO TEMPO E A REFORMULAÇÃO DA MENTE HUMANA;

FILOSOFIA (CONDUTA)  E  ESPIRITUALIDADE (O FRUTO)

A religião cósmica é o móvel mais poderoso e mais generoso da pesquisa científica. – Albert Einstein

Bibliografia para consulta

A Ciência e o mundo moderno Alfred North Whitehead
Ciência Espiritual – Gustavo Dauster
Conectando Ciência, Saúde e Espiritualidade – Carlos Eduardo Accioly Durgante
Sabedoria Espiritual – Daniel Marques

(Nota Gilberto – Leia Parte 1 – Parte 2 – Parte 3 – Parte 4 – Parte 5 – Parte 6 – Parte 7 – Parte 8 – Parte 9 – Parte 10).  

Divulgação: A Luz é Invencível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s