Seu Único Problema é a Sua Própria Mente – 18.12.2014

Seu Único Problema é a Sua Própria Mente – 18.12.2014

Onde não existe o medo? Será que ele tem alguma existência física, você pode prendê-lo em sua mão? Mesmo com o julgamento, onde é que ele existe? E também sobre o ódio, o ciúme e todas as emoções negativas? Onde todas estas coisas “existem”? Não são todas estas coisas a causa da enorme dor e sofrimento das pessoas? Parece que compreender a natureza de sua existência é extremamente importante.

A resposta é óbvia, elas existem na mente, elas não têm existência fora da mente. Você pode ver as coisas acontecendo com violência ao seu redor, o que é uma expressão de raiva, mas a violência não é a raiva em si. Você pode ver as expressões das emoções negativas que acontecem no mundo, mas as próprias emoções negativas estão apenas na mente.

A mente é a fonte de todos os problemas, você pode acreditar que alguém perder o uso das pernas é um problema físico, mas a realidade é que o problema ainda está na mente. Há pessoas com deficiências físicas que amaldiçoam a cada dia que elas estão vivas e há pessoas com as mesmas deficiências que aprenderam a viver com elas e são muito felizes por causa disto. Fisicamente, é a mesma situação, mas mentalmente é muito diferente. É a diferença entre felicidade e miséria, simplesmente por causa de uma atitude mental. A forma como as coisas estão é a maneira como as coisas estão, é a mente que julga como sendo um problema ou não.

Desde que o sofrimento existe apenas na mente, parece óbvio que a mente é a fonte do sofrimento. Na verdade, a mente é a que cria todos os problemas, toda a ideia de um “problema” é um conceito dentro da mente. Nenhuma destas coisas deve ser muito difícil de aceitar, pelo menos mentalmente, mas parece que a aplicação deste conhecimento é algo com que as pessoas lutam. Digo isto porque a maioria das pessoas ainda está tentando resolver seus problemas usando a mesma coisa que criou os problemas, A SUA MENTE.

Quantas vezes você já ouviu falar que não pode resolver um problema usando o mesmo tipo de pensamento que criou o problema? No entanto, durante todos os dias, as pessoas tentam fazer exatamente isto. Esse tipo de criação inconsciente torna a vida muito difícil, você pode facilmente criar mais dois problemas para cada problema que “resolver”. A mente é que cria os problemas, ela não pode transcendê-los.

Todos os sistemas religiosos e espirituais, todos os sistemas políticos, econômicos, científicos e psicológicos, todas estas coisas que são usadas no mundo inteiro para nos controlar, se baseiam no uso da mente e tentamos usar a mente para resolver os problemas que a mente criou. Não vai funcionar, mas as pessoas tolamente colocam sua esperança em tal impossibilidade. Isto inevitavelmente resulta em mais sofrimento mental, eu recomendo perceber isto o mais rápido possível. A menos que as pessoas mudem coletivamente esta situação, os mesmos padrões, continuarão a ocorrer.

Eu não tenho nenhuma dúvida de que muitas das pessoas que estão lendo isso, estão à procura de entendimentos mentais. Essa é simplesmente a natureza do paradigma, a maioria das pessoas está vivendo a partir disto e é por isso que as pessoas têm tanta dificuldade em transcender a ilusão. As pessoas querem usar uma ilusão para tentar escapar de outra ilusão. É por isso que existe tanta espiritualidade, especialmente material da Nova Era, nada mais é do que fantasia. Se você tentar usar a mente para ver além da ilusão, você só está criando mais ilusões.

Se você não pode resolver o problema da mente com a mente, com o que deve ser então? Como a maioria das pessoas vive quase que inteiramente em suas mentes, isto parece ser um paradoxo. Nós temos todas essas práticas espirituais que são supostamente para resolver esta questão, mas as práticas espirituais e todo o conhecimento espiritual, ainda se baseiam de fato na mente. Eles podem ajudar alguns, mas não resolve o problema na raiz. É inerentemente limitado porque ainda é parte da mente.

É por isso que muitas vezes é repetido para sair da mente e ir para o coração. O coração não faz julgamento, de modo que o coração não tem nenhum problema. Você pode acreditar que o coração sofre, mas não é realmente o coração que sofre, são os desejos insatisfeitos da mente que criam o sofrimento. É a mente que cria a ilusão de separação e é a mente que chora a perda percebida, que é na realidade a mente sentindo pena de si mesma.

A mente pode criar a ilusão de cura, na verdade isso é o que é conhecido como o efeito placebo. Como a mente criou o sofrimento ela tem um enorme controle sobre o sofrimento. Se você realmente acredita em sua mente que alguma coisa vai fazer você se sentir melhor, as chances são de que vai aparecer algo para acabar com o sofrimento. Se você não entender que a mente é que criou o sofrimento, em primeiro lugar, isso pode levar a crer que a mente tem enormes poderes de cura. Naturalmente, os padrões que originalmente criaram o problema ainda estão lá e é provável que o sofrimento vá retornar de uma forma ou de outra.

Quanto mais você sair da mente, mais perto você chega de Deus. Este é o ponto da meditação, no entanto, isto é muitas vezes ignorado, as pessoas ficam todas envolvidas em técnicas e sistemas de meditação, mais criações mentais. Basta estar presente esta é a meditação mais eficaz, ainda que é muito simples para a mente. A mente precisa complicar as coisas, pois complicando a realidade é a forma da mente existir, em primeiro lugar.

Você não precisa se livrar da mente por completo, isto vai acontecer mais cedo ou mais tarde de qualquer maneira. A chave é parar de associar seu EU com sua mente. Sua consciência não se origina de sua mente, sua mente é apenas um assunto da sua consciência, um entre muitos. A chave é entender o uso da mente e também suas limitações. Se você quer escrever um livro, você precisa da mente, se você quer paz e felicidade duradoura, não use a mente para tentar chegar lá. Ela não consegue, só o Amor pode realmente satisfazer sua alma, por tentar encontrar a paz através da mente é que há tantos conflitos no mundo. A mente é a fonte dos conflitos, ela não pode compreender verdadeiramente a paz, ela só vê a paz dualisticamente, como a falta de conflito. A paz é muito mais do que isso.

Entenda que você precisa da mente para ser uma parte da sociedade. Sem a mente não há sociedade, a sociedade é uma das muitas invenções da mente. Eu não recomendo se desligar do resto da humanidade, então eu não recomendo tentar erradicar a mente por completo. Lutar com a mente só a reforça de qualquer maneira, pois os conflitos em si tem sua origem na mente.

O equilíbrio é encontrado quando não associamos o nosso EU com os pensamentos da mente, por eles já não estarem associados. Basta observá-los e deixá-los ir, não fique preso neles. Então você vai começar a expandir a sua consciência para os sentimentos mais sutis que normalmente são abafados pelos pensamentos altos, incontroláveis da mente. É quando vemos além da mente que o Divino é encontrado, onde o Amor verdadeiro, a satisfação e a paz são encontrados.

©will

Origem: soundofheart

Fonte/Tradução – A Luz é Invencível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s