Academia de Ascensão: Os Caminhos do Empata – Parte 1 – 27.11.2014

Academia de Ascensão: Os Caminhos do Empata – Parte 1 – 27.11.2014

A água compõe a maior parte do corpo humano. Também compõe 71% da superfície da Terra, para não mencionar as nuvens e vapores no ar. Fisicamente, é essencial para a vida e fornece uma grande quantidade de manutenção, cura e equilíbrio para todo o ecossistema. Espiritualmente, ela age como um arquétipo para o fluxo de energia emocional através do plano astral e sistema energético humano.

No caminho do empata, nossa consciência move sua atenção para longe das noções de separação, proteção e estabilidade, inerentes a Terra inspirado no caminho do sentinela. Em vez disso, nós movemos a consciência para a fluidez, equilíbrio e emoção do elemento água. As habilidades presentes no caminho do empata são todas sobre o fluxo, o sentimento, a cura e a direção da energia de uma maneira positiva e harmoniosa.

O empata entende através da sua ligação emocional à vida, que cada ser é parte de um oceano, um corpo contínuo, fluido de consciência que energeticamente afeta todos os outros aspectos de seus movimentos individuais.

Este oceano que estou falando é do plano astral, onde todas as nossas emoções e pensamentos interagem dinamicamente para se manifestar no plano físico. Com essa perspectiva em mente, o empata procura criar conscientemente um equilíbrio uniforme entre todos os indivíduos, proporcionando um ambiente emocional positivo para este corpo fluido estar em harmonia com o todo.

Antes de embarcar neste caminho, por favor, recite o juramento do empata para solidificar suas intenções e iniciar-se nesta escola de aprendizagem:

“Comprometo-me a ser uma onda de cura de energia positiva a todos os que me rodeiam, a ser receptivo às perspectivas e sofrimentos dos outros, mantendo uma torrente toroidal compassiva que flui infinita do meu espaço do coração aberto. Comprometo-me a encarnar essas intenções puras perfeitamente como um empata”.

Mantenha seu diário do caminho junto! (Se você não tiver um ainda, agora é um bom momento para começar um!)

Respiração

A respiração humana tem muitas funções espirituais, especificamente no trabalho de energia e modalidades de cura. Isso ocorre porque a própria ação de inspirar ou expirar realmente concentra a sua consciência em uma polarização particular de seu gênero de energia.

O que isto significa é que a nossa inspiração vai focar nossa atenção na ideia da energia feminina (puxando, tendo, a intuição receptiva) e a expiração irá focar nossa atenção na ideia da energia masculina (empurrando, dando, enviando). É por isso que usamos a respiração durante o exercício de blindagem para reunir e trazer a energia, projetando-a então.

A respiração é a personificação do fluxo toroidal, em que nós puxamos energia de Luz pura da Consciência Universal para purificar e equilibrar todo o nosso sistema de chacra, ao mesmo tempo expulsamos as estruturas de crenças antigas e energias estagnadas para a Terra para serem transmutadas.

Acessar a energia universal para recarregar sua fonte pessoal é muito mais simples do que se poderia pensar. É preciso apenas um pouco de conhecimento do sistema de chacra e a crença de que a distância é uma ilusão.

Comece se aterrando e fazendo uma blindagem. Então, inspire pelo nariz e expire pela boca não forçando a respiração em nenhum momento, permitindo apenas que o seu peito infle e desinfle naturalmente. Antes de realizar a técnica, pratique este foco na sua respiração natural por 20 min, observando seus pensamentos passarem, mas não se associe a eles. Finalmente eles vão começar a se acalmar, a quantidade de tempo necessária é diferente para cada um.

Depois que você se sentir confortável com o foco na respiração, comece a imaginar enquanto inspira que você está trazendo a energia da Luz cósmica a partir de um corpo celeste que representa a Fonte Universal. Traga essa energia para o seu chacra coronário e deixe-a fluir através do resto do seu corpo, você se reabastece. Sinta Gratidão por esta abundância de energia.

Lembre-se, a mente subconsciente responde no astral ao simbolismo e emoção da crença da inspiração. Também tenha em mente que a distância da viagem desta energia de Luz na verdade não existe, imagine que aparece instantaneamente acima de sua cabeça.

Com a primeira inspiração leve esta energia de Luz para o seu chacra raiz e imagine-a curando, equilibrando e alimentando de energia o chacra. Com a expiração imagine a negatividade, bloqueios e qualquer tipo de densidade desarmônica deixando o chacra e seu corpo inteiramente. Imagine um buraco que leva diretamente para a Terra sugando toda a energia que você expulsar, mantendo simultaneamente a intenção para que seja purificada, polarizada e reciclada em energia nova e produtiva.

Faça isso para cada chacra consecutivo, execute um número de respirações para cada um. Uma maneira fácil de direcionar essa energia mental é, enquanto inspira conte 1, e na expiração diga o chacra que você está trabalhando. (1, raiz, 2, raiz, 3, raiz). Certifique-se de visualizar onde ela vai e simultaneamente dirija a sua respiração com ela realmente acontecendo nessa área específica do seu corpo. Faça isto para cada chacra uma quantidade igual de respirações, em seguida, faça uma respiração para todo o sistema de chacras simultaneamente o mesmo número de respirações.

Esta técnica é extremamente versátil e pode curar, bem como melhorar qualquer número de questões energéticas, que estão relacionadas com os planos físicos, emocionais, mentais ou espirituais. Sugere-se que você faça isso todos os dias, o seu desenvolvimento psíquico e espiritual vai realmente beneficiar-se dele em todos os níveis. Eu reforço muito a importância deste fato.

Este é um modelo para estruturar a sua prática do trabalho de respiração:

Aprendiz: Faça uma sessão de 30 minutos todos os dias por uma semana.

Adepto: Faça uma sessão de 30 minutos todos os dias por 3 semanas.

Mestre: Para o posto mestre, vamos nos basear no conhecimento de um dos Mestres Ascensionados mais respeitados de todos os tempos:

“Escute vós, ó homem, ao passo que eu dou o segredo para que vós também não sinta o gosto da mudança. Uma hora a cada dia deve se deitar com tua cabeça apontada para o lugar do polo positivo (norte). Uma hora a cada dia deve se deitar com tua cabeça apontada para o lugar do polo negativo (sul). Embora a tua cabeça esteja apontada para o norte, mantenha a consciência do teu peito à tua cabeça. E quando a tua cabeça está apontada para o sul, mantenha a consciência do peito até os pés.”

“Mantenha esta prática uma vez em cada sete dias que vai manter o teu equilíbrio com toda a tua força. Sim, se fores velho, teu corpo, a tua vontade e a tua força serão transformadas como a de um jovem. Este é o segredo do conhecimento dos Mestres, pelo qual eles adiam os dedos da morte. Não desprezes a seguir o caminho que tenho mostrado, porque quando tu ultrapassar uma centena de anos de abandono significará a vinda da morte.”

“Ouvi, minhas palavras e siga o caminho. Mantenha o teu equilíbrio e o teu viver na vida.” – Thoth.

Em outras palavras, faça a técnica de respiração que você está fazendo, mas execute-a deitando com a cabeça voltada para o norte. Comece respirando diretamente no chacra do coração por 15 minutos, mantendo a sua consciência dentro dele, como se estivesse olhando para fora do seu peito. Em seguida, vá para a garganta, testa e o chacra da coroa com 15 minutos em cada um.

Vire 180 graus a sua cabeça apontando-a para o sul e comece novamente no chacra do coração, se movendo para baixo, indo a partir do plexo solar, ao sacro, até o chacra raiz, passando 15 minutos em cada um. Lembre-se de levar sua consciência em cada um como foi nos chacras superiores. Isso aumenta significativamente o fluxo de energia para estas áreas.

Mudras

Mudra significa “selo”, “marca” ou “gesto” em sânscrito, originário de budistas, de meditação ioga e tradições hindus. O Mudra é uma ferramenta para focalizar a consciência em um conceito ou vibração particular e quando a energia é conscientemente dirigida para esse conceito um Mudra está sendo associado a ele, que vai continuar a construir sobre esta energia quanto mais ele for usado.

Ao mesmo tempo, as mãos e os dedos têm centros de energia muito importantes que podem ser usados em vários tipos de trabalho de energia. O Mudra pode ser usado como uma espécie de sigilo orgânico sempre ligado a um circuito, que proporciona uma ligação maleável para a energia ser expressa, transmutada, ou absorvida.

O que muitos ainda não entendem é que a eficácia real de um Mudra depende inteiramente da direção das energias sutis do usuário, do seu sistema de crenças e associações com os sinais da mão. Você pode optar por adotar um sistema particular de Mudras, mas você vai acabar ficando confuso mais tarde, quando você observar outro trabalho com Mudras.

Sistemas conflitantes podem ambos funcionar, porque os utilizadores recorrem a diferentes pontos de vista sobre a consciência como um todo e isto realmente reformata como a energia funciona no seu corpo. Lembre-se de que os arquétipos e crenças existem acima do plano astral e formam seus fenômenos, assim como o astral forma a nossa percepção emocional do físico. No final, Mudras são uma maneira eficiente de concentrar nossas intenções na criação de uma atmosfera especial de vibração interna e externamente.

Para começar você deve identificar qual é sua mão ativa e qual é sua mão passiva (também conhecido como mão dominante de que gênero de energia). Isto é de modo que exista um fluxo de energia de uma maneira que não seja interrompido e tortuoso.

Comece a inspirar pelo nariz e expirar pela boca. Ao inspirar, procure atrair a energia através do seu chacra da mão passiva. Ao expirar a energia projete para fora pelo seu chacra da mão ativa. Pratique isso por cerca de 10 minutos por dia.

Depois de você sentir que compreendeu o suficiente seu fluxo de energia, tente juntar as mãos em posições diferentes e use a respiração para direcionar a sua energia a partir do lado da mão ativa para a passiva, depois para o chacra do coração, retornando para a mão ativa. Primeiro mantenha suas mãos como se estivesse batendo palmas juntos em pé para orar ou cumprimentar alguém com um “Namaste”.

Realmente deixe ir e perceba como se sente. Que tipo de energia surge dentro de você quando você alterna os Mudras? Você pode continuar a meditar com estilos diferentes para experimentar de que forma eles trabalham para você, ou você pode optar por criar o seu próprio sistema inteiramente.

Se você decidir fazê-lo, certifique-se de que os sinais são herméticos em seu simbolismo e ressonantes com todas as suas outras estruturas de crenças. Se você estiver seguindo as ideias apresentadas no “Academia de Ascensão”, associando cada dedo, do mindinho ao polegar com a Terra, Água, Fogo, Ar e Éter será mais fácil de se trabalhar. Isto é porque o próprio sistema de chacras tende a usar esta progressão particular de energia.

Se você acha que deve mudar Ar e Fogo, sinta-se a vontade para fazê-lo, uma vez que ressoa com a estrutura de energia universal hermética, em oposição à estrutura de energia humana iogue. Respeitando um desses sistemas, você terá acesso a arquétipos que foram reforçados e cultivados há milhares de anos, então eles são definitivamente muito eficazes !

Finalmente, use o que você acha que é certo para você.

Aqui está uma lista de algumas outras tradições de Mudras, que podem ser eficazes em muitas formas de prática espiritual:

E aqui está uma maneira de controlar sua progressão na utilização de Mudras:

Aprendiz: Medite com 3 Mudras diferentes 15 minutos por dia (total) durante 3 dias e registre as sensações internas, visuais, pensamentos etc.

Adepto: Medite com 6 Mudras diferentes 15 minutos por dia (total) por uma semana e registre as sensações internas, visuais, pensamentos, etc.

Mestre: Medite com 10 Mudras diferentes, sendo um deles de sua própria criação, por 10 minutos por dia e registre as sensações internas, visuais, pensamentos, etc.

Empatia

Emoções produzem campos de energia reais ou formas de pensamentos no plano astral em torno dos indivíduos que os criam. O trabalho de um empata é sentir estes campos e formas enquanto busca harmoniza-los e equilibra-los.

Empatia é a direção consciente ou inconsciente da atenção para esses campos e formas de energia astral. Esta é a pedra angular do trabalho de Luz de um empata, esta habilidade acabará por se tornar uma segunda natureza e é o precursor de todos os outros desenvolvimentos extra-sensoriais.

Se você sentir a energia de uma forma não tátil, como por meio de sons e visuais, continue a tentar esta técnica de qualquer maneira, de modo que você pode expandir todos os seus sentidos. Não vai doer para se tornar mais equilibrado e capaz em seus esforços psíquicos. Se você não sentir nada depois de uma grande quantidade de prática, deixe esta habilidade suspensa até que entremos no “Caminho do Vidente”, quando vamos mais uma vez lidar com desenvolvimento extra-sensorial.

Antes deste método, passe uma semana se perguntando qual é a sensação de ser outras pessoas, sentir o que elas sentem. Coloque essa intenção para o Universo e permita que seu corpo energético reorganize seus receptores sensoriais. Tente observar a linguagem corporal das outras pessoas, sem julgamento, apenas com a intenção de sentir o que elas estão sentindo.

Comece com uma sessão de respiração no inicio do dia ou logo antes da sua prática de empatia. Assim que a sua mente trouxer a sua consciência para o seu chacra cardíaco. Inspire e expire profundamente e, naturalmente, permita que a energia flua para esta esfera verde brilhante. Envie sua consciência, isto é, aos olhos astrais através do qual você observa a si mesmo, no silêncio do espaço do coração como se estivesse dentro dele olhando para fora.

Simplesmente permaneça em seu Amor e compaixão pelos outros, no centro do peito. Deixe sua mente livre de apego a qualquer pensamento e sente-se nesta quietude. Ouça e sinta certas tensões ou estimulação fora de você ou qualquer tipo de energia perturbada brotando dentro de seu estômago.

Às vezes você vai sentir isto como se fosse sua própria emoção, mas saiba que está no espaço do coração intuitivo, que elas não são suas. Siga estes sentimentos para a pessoa ou lugar que é a moradia desta energia emocional. Sinta mais profundamente, sem julgamento, sinta que tipo de emoção ela é e de onde se origina. Solte todas as suas expectativas sobre como isso vai se desenvolver e comece a permitir que as imagens e sensações fluam em sua mente.

Quando você achar que já teve o suficiente, respire fundo, traga de volta sua atenção para o seu corpo e proteja seu corpo de energia com um icosaedro. Esta forma é especificamente estruturada para o plano astral e proteção emocional, por isso é melhor neste cenário.

Você pode usar isto como uma diretriz para o progresso da empatia:

Aprendiz: Sinta uma emoção externa e confirme-a com alguém 10 vezes.

Adepto: Sinta uma emoção externa, responda internamente projetando Amor Incondicional e confirme-a com alguém 15 vezes.

Mestre: Sinta uma emoção externa (enquanto intui a razão da emoção), responda internamente projetando Amor Incondicional e confirme-a com alguém 20 vezes.

Como você pode ver, o caminho do empata tem uma abordagem muito diferente do que a do sentinela. Continue com a sua formação sentinela, mas tente integrar estas novas habilidades em suas práticas semanais, se você quiser se desenvolver de maneira mais proveitosa. Não interprete estas técnicas como muito fáceis, elas são fundamentais na prática espiritual e podem fazer uma enorme diferença no trabalho de energia.

No nosso próximo artigo estaremos cobrindo a criação de formas e técnicas de pensamentos baseado em cura para mudar a atmosfera vibracional do seu ambiente. Obrigado por se juntar a mim mais uma vez e se você ainda não tiver feito, por favor, adicione Urban Mystic (Ryan Boyd) no Facebook. Além disso, não hesite em me seguir no twitter @UrbanMystik.

E para você, leitor, desejo-lhe uma vida significativamente mais gratificante

Namaste.

©Ryan Boyd

Origem: thespiritscience

Fonte/Tradução – A Luz é Invencível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s