Liberadas as Energias de Antigas Pirâmides… – 02.11.2014

Liberadas as Energias de Antigas Pirâmides… – 02.11.2014 

Nos tempos antigos, as primeiras pirâmides foram construídas em um sistema imenso de grade utilizando as energias da Terra. Era um sistema de vórtice de energia que alimentava todo o planeta, servindo então como combustível central, que era fornecido a todo o planeta, tudo nele, não só a energia, esta mesma energia era usada para a cura superior, a propulsão de todas as embarcações no ar, terra e água e era a mesma energia que estava lá na forma física evolutiva mais cristalino e mais avançada de toda a vida no planeta Terra.

No início havia 12 pirâmides maciças, feitas de cristal de quartzo claro. Elas eram ocas na lateral, com câmaras enormes e no meio um imenso tubo que continha um vórtice de energia se movendo para cima e para baixo em espiral, como a energia “kundalini” que se move para cima e para baixo na coluna vertebral e a energia dos chacras do corpo. Na maioria dos lugares havia duas pirâmides, uma apontando para cima e uma apontando para baixo, de modo a criar um enorme campo de energia igual a um merkaba, com o rodopiar do vórtice de energia no meio através do ápice das pirâmides.

Estas pirâmides foram usadas como canal para uma força de energia tecnológica central extremamente alta, que podia literalmente ser usada para melhorar todas as formas de vida e adicionar mais tempo de vida as pessoas nestes tempos antigos, permitindo uma maior harmonia entre o planeta e as pessoas, já que esta energia reforçava a vida e era livre de poluição.

Os antigos naquela época usavam não só esta energia, mas sabiam como aproveitar os Rios de Vida, que fluíam através do próprio planeta e que acrescentavam outro componente de energia que a humanidade esqueceu. Estes Rios de Vida eram literalmente adicionados ao combustível ou a ignição das energias do vórtice e utilizados.

Havia outro mecanismo que trabalhava como um para-raios do planeta, que era o som da Terra. A Terra tem sua própria frequência de som, que entra em sintonia com as maiores frequências cósmicas deste Universo, o núcleo Galáctico e também os Sóis Centrais, naqueles tempos a Terra estava ligada diretamente ao 12º Sol central da 12ª galáxia e o som como para-raios da Terra foi aperfeiçoado em um tipo de antena que podia então transmitir essa ignição em massa da energia aos vórtices centrais de energia e de lá diretamente para as pirâmides, que por sua vez transmitiam esta energia para o resto do planeta.

Todos combinados em um sistema de energia em massa mantendo o planeta abastecido de energia, que fornecia energia para residências, estruturas, edifícios e tudo o que precisava usar esta energia. Como ela funcionava com a Terra e estas pessoas sabiam como usar esta energia, elas não prejudicavam o planeta de forma alguma, nem prejudicavam qualquer forma de vida.

Eu tenho mais detalhes sobre estes imensos templos piramidais no meu livro “Por Que Eu Nasci Na África” – que está sendo editado, mas o que eu quero questionar aqui é porque a Terra tem tido inversão dos polos, porque grandes porções de Terra têm sofrido imensas mudanças, algumas partes da Terra têm afundado no mar e algumas se elevado acima do mar, por isso, se olharmos para um mapa do planeta de um bilhão de anos atrás, o planeta inteiro seria visto muito diferente do que é atualmente.

Inversão de polos nem sempre significa que os polos norte e sul trocaram de lugar. Às vezes a Terra simplesmente se inclina até certo grau e as massas de terra, água e substâncias gasosas se ajustam as mudanças.

Meteoritos e cometas atingiram o planeta no início e durante a primeira civilização quando as guerras galácticas ainda reinavam e Marduk (*) se explodiu neste sistema solar, indicando que mudanças imensas ocorreram na Terra durante esse período.

(*) Nota Gilberto – Indico um bom livro para maiores informações: “Conexões ET – Através de Olhos Alienígenas” de Wesley H. Bateman, Telepata da Federação. O livro em inglês você encontra disponível na internet. A extinta Revista Amaluz editou vários capítulos e disponibilizo uma “montagem” feita por uma pessoa não identificada Aqui.

Consequentemente estas primeiras pirâmides foram literalmente enterradas sob a influência das mudanças cósmicas e da Terra naquela época.

No entanto, elas nunca foram desativadas, como aconteceu com as pirâmides posteriormente construídas, notadamente aquelas no Saara (que não foram descobertas ainda) e aquelas em outros lugares na Europa, Bálcãs e Américas e, claro, aquelas que afundaram sob o mar.

Parte da minha busca pessoal nos últimos anos foi para encontrar as pirâmides no hemisfério sul, ou melhor, para me reunir com elas e depois gravar a história não contada do mundo. Portanto, o trabalho com estas energias e campos de energia trouxe um entendimento totalmente novo sobre o planeta Terra e como isso se encaixa no todo maior cósmico.

Tem sido uma viagem fascinante em si mesma, porque já encontrei coisas imensamente interessantes cuidadosamente escondidas na paisagem. A linguagem do som em si foi dada voz as rochas semelhantes a gongos, muito cuidadosamente colocadas frente a frente em círculos e mais importante é o que foi registrado nos mitos e nunca entendido que os mitos são baseados na verdade, ainda que em forma de redemoinhos escondidos.

Como as pirâmides estão ficando mais e mais ativadas, os campos de energia dos vórtices estão subindo e isso está empurrando, na verdade, nos puxando para a 5ª dimensão agora em um ritmo acelerado, onde vamos ter que nos ajustar a vida em uma frequência muito mais elevada e força de vida de imensa velocidade.

Os Rios de Vida já foram também reativados e isso está trazendo enormes mudanças absolutas para o Planeta Terra a medida que as antenas se reativam e a reconexão com o 12º Sol agora se torna realidade.

©Judith Kusel

Origem: judithkusel

Fonte/Tradução – A Luz é Invencível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s